Reunião da Neuro-MIG em Lisboa

Anfiteatro da fCiências.ID

A Neuro-MIG visa o estabelecimento de uma rede de médicos e cientistas para o estudo das malformações do desenvolvimento cortical humano. Recentemente reuniram-se em Lisboa

AA

A comissão de gestão e os grupos de trabalho da European Network on Brain Malformations (Neuro-MIG) estiveram reunidos em Lisboa, em setembro passado. O encontro foi organizado pelo Instituto de Biofísica e Engenharia Biomédica (IBEB) de Ciências ULisboa, com o apoio da fCiências.ID -  Associação para a Investigação e Desenvolvimento de Ciências, em cujo anfiteatro decorreram os trabalhos.

“A reunião permitiu fazer progressos significativos em direção a uma harmonização da nomenclatura e protocolos de diagnóstico e à elaboração de artigos de revisão conjuntos”, refere Alexandre Andrade, professor do Departamento de Física, investigador do IBEB de Ciências ULisboa e um dos representantes nacionais desta ação COST. O outro representante nacional é Rita Nunes, professora do Instituto Superior Técnico da ULisboa. Ambos integram o grupo de trabalho que visa a uniformização dos critérios de avaliação imagiológica e o desenvolvimento de novos métodos para a aquisição e análise de imagens.

Durante o encontro de dois dias foi possível discutir os avanços recentes sobre a patofisiologia e a origem genética das malformações do desenvolvimento cortical, assim como questões relativas à partilha de dados e informações, disseminação e tópicos de investigação a explorar no decurso desta ação, iniciada em 2017 e com término previsto para 2021.

A ação COST CA 16118 ou Neuro-MIG visa o estabelecimento de uma rede de médicos e cientistas para o estudo das malformações do desenvolvimento cortical humano.

Segundo Alexandre Andrade, “o diagnóstico e acompanhamento destas malformações representam um desafio de grande monta devido à heterogeneidade de sintomas, causas e impacto na qualidade de vida da criança e dos seus familiares e requerem uma abordagem multidisciplinar”.  Por isso, a rede inclui médicos, geneticistas, biólogos, patologistas e neurocientistas, possibilitando a divisão das atividades em grupos de trabalho dedicados às vertentes clínica, imagiológica e genética e ainda às componentes de gestão informática, disseminação e de identificação de tópicos de investigação transversais.

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem de Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas