Projeto NEWSERA junta Portugal, Espanha e Itália

As qualidades da ciência cidadã

post it

A aprovação deste projeto ocorreu no verão do ano passado e foi a primeira vez que a FCiências.ID, a associação de direito privado, sem fins lucrativos, da qual faz parte, entre outras instituições, a Faculdade, teve esta tipologia de projeto aprovada

NEWSERA

O curso avançado “Strategies for citizen engagement in science communication” dinamizado pelo Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, e cujas candidaturas terminam em fevereiro de 2021, também conta com o apoio do NEWSERA, através do desenvolvimento de uma atividade de comunicação científica. Este curso avançado resulta de uma parceria com o CIUHCT e irá decorrer em março de 2021 de forma presencial ou à distância.Inspirado nos objetivos do NEWSERA, este novo curso avançado visa explorar formas de comunicar ciência a públicos não especializados, tais como decisores políticos, empresários, público em geral (incluindo alunos e professores) e jornalistas, através do envolvimento e participação dos cidadãos em atividades científicas.

Cristina Luís, investigadora do Departamento de História e Filosofia das Ciências e do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia (CIUHCT), é a responsável em Portugal pelo projeto “Citizen Science as the new paradigm for Science Communication (NEWSERA)”, coordenado por Rosa Arias, fundadora da Science for Change e que visa estudar como a ciência cidadã pode mudar o paradigma da comunicação da ciência na Europa.

“O NEWSERA analisa e avalia estratégias de comunicação de ciência complexas e multidirecionais, incluindo as digitais e não digitais, direcionadas aos vários atores da ‘quadrupla hélice’ (cientistas de carreira; sector público; indústria e empresas; ONG e sociedade em geral) que participam em vários projetos de ciência cidadã por toda a Europa, estudando de que forma a ciência cidadã pode mudar o paradigma da comunicação na ciência”, refere a cientista portuguesa.

O projeto iniciado em janeiro deste ano é financiado no âmbito do Horizonte 2020. A aprovação deste projeto ocorreu no verão do ano passado e foi a primeira vez que a FCiências.ID, a associação de direito privado, sem fins lucrativos, da qual faz parte, entre outras instituições, a Faculdade, teve esta tipologia de projeto aprovada. O orçamento atribuído à FCiências.ID é de 121.625,00€. O projeto junta outros parceiros de Itália e Espanha: nomeadamente a Universidade de Pádua, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia Espanhola, a fundação IBERCIVIS e a agência de comunicação de ciência Formicablu.

Equipa NEWSERA
Cristina Luís é a responsável em Portugal pelo projeto iniciado este ano e que é coordenado por Rosa Arias, fundadora da Science for Change
Fonte NEWSERA

Cristina Luís espera que este projeto ajude a demonstrar as qualidades da ciência cidadã, como um mecanismo de comunicação de ciência abrangente, amplo e poderoso e que pode permitir o aumento da confiança na comunicação científica e, consequentemente, na ciência em geral. O NEWSERA pretende abrir a ciência e a inovação à sociedade, consciencializando-a para as questões científicas. “Promover o pensamento crítico e reduzir a probabilidade de ocorrência de notícias falsas”, conclui Cristina Luís.

logotipo newsera
Logotipo

No passado mês de junho a equipa lançou um questionário, destinado a todos aqueles que desenvolvem projetos de ciência cidadã. O seu preenchimento ainda é válido, tanto mais que aqueles que o fizerem têm a possibilidade de participar nos workshops que irão ser desenvolvidos no âmbito desta investigação, que deverá terminar em outubro de 2022. Alguns desses workshops inclusivamente serão realizados na Ciências ULisboa.

“Numa altura em que cada vez mais se procura estreitar a relação entre a ciência e a sociedade a participação da sociedade na ciência, denominada ciência cidadã, é cada vez mais reconhecida como um elemento chave para o progresso científico. Neste sentido o projeto NEWSERA permitirá aumentar a qualidade da comunicação científica e o impacto da ciência na sociedade, contribuindo, não só para uma maior democratização da ciência, como para a total integração das práticas de ciência cidadã não só em Portugal como em toda a Europa.”
Cristina Luís

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Conferência por Jorge Carvalho (LNEG) no dia 29 de Novembro, no GeoFCUL

Encontram-se abertos concursos para recrutamento de um posto de trabalho de Professor Auxiliar na área disciplinar de Astronomia e Astrofísica, e de dois postos de trabalho de Professor Auxiliar, na área disciplinar de Engenharia da Energia.

 Projetados com o objectivo de monitorizar as condições do Estado do Tempo, os satélites meteorológicos são atualmente utilizados em muitas outras áreas do estudo da Terra; por exemplo, a partir de medições efetuadas pelo satélit

Camião de longo curso em via rápida

Existe uma enorme vontade de potenciar a economia baseada no conhecimento. O Ecossistema de Transportes ambiciona transformar Portugal num polo de referência, dinamizando projetos em inovação aberta, reconhecendo a oportunidade estratégica que se coloca.

A Unidade de Informática informa que desde hoje, dia 13 de Novembro de 2012 às 9h00, o Portal da FCUL está em IPv6.

Estão a ser enviadas, desde o passado fim de semana (3/11), mensagens de correio eletrónico para alguns utilizadores de contas fc.ul.pt com solicitação de preenchimento de formulários web ou respostas via mail com dados pessoais dos utilizadores.

Devido ao numero excessivo de mensagens falsas que nos últimos tempos têm chegado às caixas de correio dos utilizadores da FCUL, algumas delas dando a entender que são enviadas de endereços internos, fomos obrigados a tomar medidas mais restritivas em relaç

Boletim da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) integra Portal RCAAP

Alunos brasileiros

A Faculdade de Ciências recebeu cerca de 70 alunos de mobilidade, vindos do Brasil.

Aula aberta - Mestrado em Biologia Molecular e Genética

7 de Novembro, 11:00, sala 2.4.16

 

INFORMAÇÃO

Recent years have witnessed the emergence of new sequencing technologies that are revolutionizing the approach to public health problems.

Na FCUL existe uma unidade curricular designada Projeto Empresarial. Esta “cadeira”, comum ao ISCTE-IUL, prepara os alunos para a realidade empresarial e tecnológica. No total, cerca de 300 alunos já a frequentaram.

Carlos Rafael Mendes

A tese do antigo aluno da FCUL, Carlos Rafael Borges Mendes e recentemente premiada, contou com a orientação conjunta das professoras Vanda Brotas e Virginia M. Tavano.

Web of Science Book Citation Index - Trial para todos os membros b-on

Estão abertas as inscrições para a disciplina que promove o empreendedorismo - Projeto Empresarial. Todos os alunos de mestrado ou nos dois últimos anos de mestrado integrado podem candidatar-se até dia 16 de novembro.

A FCUL, bem como toda a Universidade de Lisboa está sem acesso à Internet desde cerca das 11:45 da manhã.

Professora Olga Pombo, autora do livro "O Círculo dos Saberes"

“Estou convencida que a imagem do círculo constitui um arquétipo, uma determinação conceptual prévia a toda a investigação”, defende Olga Pombo, docente na FCUL e autora do livro “O Círculo dos Saberes”.

Imagem ilustrativa do livro "O Círculo dos Saberes"

“A apresentação do livro seguirá um formato sério e discreto. O professor Shahid Rahman fará uma apresentação e apreciação do livro e eu agradecerei todas as suas palavras, sejam elas elogiosas, sejam críticas", afirma a autora Olga Pombo.

Trial para todos os Membros da b-on.

Pessoas a correr junto ao Marquês de Pombal

A primeira Corrida da Ciência aconteceu o ano passado por ocasião das celebrações dos 100 anos da FCUL. A edição deste ano integra-se na 2.ª Edição do AmbientALL – Universidade em Movimento.

O concurso de programação destina-se a alunos universitários e este ano junta 16 equipas, oriundas de oito instituições universitárias portuguesas. A equipa da FCUL chama-se BigO(1).

Imagem da professora Maria José Boavida

“Colega amiga”, “orientadora empenhada e humanista” e “investigadora solidária”, assim se recorda Maria José Boavida (1948 – 2012).

Desenho do campus da FCUL

As tabelas e notas científicas, assim como as regras elementares de segurança em laboratórios são algumas das mais-valias deste “livro”.

Páginas