Projeto NEWSERA junta Portugal, Espanha e Itália

As qualidades da ciência cidadã

post it

A aprovação deste projeto ocorreu no verão do ano passado e foi a primeira vez que a FCiências.ID, a associação de direito privado, sem fins lucrativos, da qual faz parte, entre outras instituições, a Faculdade, teve esta tipologia de projeto aprovada

NEWSERA

O curso avançado “Strategies for citizen engagement in science communication” dinamizado pelo Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, e cujas candidaturas terminam em fevereiro de 2021, também conta com o apoio do NEWSERA, através do desenvolvimento de uma atividade de comunicação científica. Este curso avançado resulta de uma parceria com o CIUHCT e irá decorrer em março de 2021 de forma presencial ou à distância.Inspirado nos objetivos do NEWSERA, este novo curso avançado visa explorar formas de comunicar ciência a públicos não especializados, tais como decisores políticos, empresários, público em geral (incluindo alunos e professores) e jornalistas, através do envolvimento e participação dos cidadãos em atividades científicas.

Cristina Luís, investigadora do Departamento de História e Filosofia das Ciências e do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia (CIUHCT), é a responsável em Portugal pelo projeto “Citizen Science as the new paradigm for Science Communication (NEWSERA)”, coordenado por Rosa Arias, fundadora da Science for Change e que visa estudar como a ciência cidadã pode mudar o paradigma da comunicação da ciência na Europa.

“O NEWSERA analisa e avalia estratégias de comunicação de ciência complexas e multidirecionais, incluindo as digitais e não digitais, direcionadas aos vários atores da ‘quadrupla hélice’ (cientistas de carreira; sector público; indústria e empresas; ONG e sociedade em geral) que participam em vários projetos de ciência cidadã por toda a Europa, estudando de que forma a ciência cidadã pode mudar o paradigma da comunicação na ciência”, refere a cientista portuguesa.

O projeto iniciado em janeiro deste ano é financiado no âmbito do Horizonte 2020. A aprovação deste projeto ocorreu no verão do ano passado e foi a primeira vez que a FCiências.ID, a associação de direito privado, sem fins lucrativos, da qual faz parte, entre outras instituições, a Faculdade, teve esta tipologia de projeto aprovada. O orçamento atribuído à FCiências.ID é de 121.625,00€. O projeto junta outros parceiros de Itália e Espanha: nomeadamente a Universidade de Pádua, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia Espanhola, a fundação IBERCIVIS e a agência de comunicação de ciência Formicablu.

Equipa NEWSERA
Cristina Luís é a responsável em Portugal pelo projeto iniciado este ano e que é coordenado por Rosa Arias, fundadora da Science for Change
Fonte NEWSERA

Cristina Luís espera que este projeto ajude a demonstrar as qualidades da ciência cidadã, como um mecanismo de comunicação de ciência abrangente, amplo e poderoso e que pode permitir o aumento da confiança na comunicação científica e, consequentemente, na ciência em geral. O NEWSERA pretende abrir a ciência e a inovação à sociedade, consciencializando-a para as questões científicas. “Promover o pensamento crítico e reduzir a probabilidade de ocorrência de notícias falsas”, conclui Cristina Luís.

logotipo newsera
Logotipo

No passado mês de junho a equipa lançou um questionário, destinado a todos aqueles que desenvolvem projetos de ciência cidadã. O seu preenchimento ainda é válido, tanto mais que aqueles que o fizerem têm a possibilidade de participar nos workshops que irão ser desenvolvidos no âmbito desta investigação, que deverá terminar em outubro de 2022. Alguns desses workshops inclusivamente serão realizados na Ciências ULisboa.

“Numa altura em que cada vez mais se procura estreitar a relação entre a ciência e a sociedade a participação da sociedade na ciência, denominada ciência cidadã, é cada vez mais reconhecida como um elemento chave para o progresso científico. Neste sentido o projeto NEWSERA permitirá aumentar a qualidade da comunicação científica e o impacto da ciência na sociedade, contribuindo, não só para uma maior democratização da ciência, como para a total integração das práticas de ciência cidadã não só em Portugal como em toda a Europa.”
Cristina Luís

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Candidaturas para Base de Recrutamento de Professores Auxiliares Convidados do DF

“MARAVILHAR-SE: reaproximar a criança da Natureza” 

Foi duplicado o espaço de armazenamento nas áreas de alunos. A nova quota é agora de 1 Gb.

 

Com o intuito de inovar e proporcionar os melhores temas aos alunos da Faculdade de Ciências no que diz respeito às novas tecnologias, a

David Luz e Pedro Machado, investigadores do Centro de Astronomia e Astrofísica da UL, fazem parte de uma equipa de investigadores que ao fim de dois anos conseguiu medir os ventos da atmosfera de Vénus a partir da Terra. Até então, só era possível fazê-lo recorrendo a sondas espaciais.

À semelhança dos anos anteriores o Departamento de Química e Bioquímica vai promover a realização de Ações de Formação para os professores do Ensino Básico e Secundário na modalidade oficina.

Encontram-se abertos concursos para recrutamento postos de trabalho de Professor Auxiliar, nas áreas disciplinares de Meteorologia, de Geofísica, de Engenharia Geográfica e de Oceanografia Física, Astronomia e Astrofísica, constantes do mapa de pessoal docente d

Empresa Outmind trabalha o conceito de marketing sensorial aliado à tecnologia

“Queremos dar a conhecer um novo espaço, uma nova marca, uma nova estratégia para o Tec Labs e também, claramente, incentivar as pessoas a terem uma atitude diferente face ao empreendedorismo”, sublinhou Luís Matos Martins, presidente do Conselho de Administração do Tec Labs.

Imagem alusiva à extração de óleos essenciais

Aquele que é hoje conhecido como o ISEO teve início em setembro de 1969, quando quatro cientistas da área da farmacognosia se reuniram, informalmente, em Leiden, na Holanda, para discutir problemas comuns, relacionados com a análise de óleos essenciais. Docentes/investigadores da FCUL participam, desde 1989, nesse congresso e já o organizaram por duas vezes.

Membros de uma tuna, durante uma atuação

Diário de bordo da nave Esperança. Uma viagem por um dos acontecimentos musicais da comunidade académica com especial tradição…

Pormenor de obra de arte

Invest in our future, invest in science”. A mensagem é clara, concisa e direta. Por um mundo melhor, um grupo de personalidades do Champalimaud Neuroscience Programme lançou recentemente um blogue no qual procuram sensibilizar a comunidade para a importância da ciência nas nossas vidas.

Está aberto concurso, até ao dia 07 de dezembro de 2012, para admissão de voluntários para a prestação de serviço em regime de contrato na Categoria de Oficial Técnico Superior Naval (TSN) e Oficial Técnico Naval (TN).

A sessão de encerramento contou com uma breve troca de ideias acerca dos novos desafios e possibilidades oferecidos pelo software Open Source, em particular, pela cada vez maior procura de formação em Quantum GIS.

Actividade no NanoLab do GeoFCUL

Dinâmica das zonas costeiras: conhecer para gerir

O Microsoft Windows 8 e Microsoft Office 2013 já estão disponiveis para download no seu Perfil de Utilizador (apenas Docentes e Funcionários).

Evolução da Complexidade Celular: Filosofia, Biologia Celular e Simbiose

Palestra no GeoFCUL

 

Paisagens do Mundo. Imagens da Dinâmica da Terra

 

Devido a problemas de software num equipamento (redundante) vai ser necessário realizar uma alteração de firmware num equipamento central de rede.

Não se prevê que uma possivel quebra de serviços, a existir, seja maior do que alguns segundos.

Francisco Eduardo Lapido Loureiro

Faleceu no passado dia 4 deste mês, no Brasil, onde consolidou a sua carreira (Centro de Tecnologia Mineral - CETEM ), que iniciara em Lisboa (FCUL, Junta de Energia Nuclear), França (Universidade de Nancy) e Angola (Universidade e IICT Instituto de Investiga&ccedi

Está aberta uma bolsa de Mérito Social para a área de Suporte ao utilizador para a Unidade de Informática.

Páginas