"Arte celeste" por Koraljka Muzic

Investigadora do Departamento de Física e do polo de Ciências do Centra estuda anãs castanhas

Última Revisão —
Enxame estelar RCW 38

Enxame estelar RCW 38

ESO/K. Muzic
Koraljka Muzic
Koraljka Muzic
Imagem cedida por KM

Koraljka Muzic, de 38 anos, natural da Croácia, chegou a Ciências em janeiro de 2017 para estudar as anãs castanhas, um dos grandes mistérios da Astronomia. Sempre gostou de Matemática e de Biologia, por isso estudou Física na Universidade de Zagreb, na Croácia, concluindo mais tarde o doutoramento em Astronomia, na Universidade de Colónia, na Alemanha. Os próximos passos passam por analisar estas novas observações. Koraljka Muzic quer compreender o processo de formação destes objetos celestes e que fazem a ponte entre os planetas e as estrelas.

O Observatório Europeu do Sul (ESO) define-a como "arte celeste". Koraljka Muzic, cientista do Departamento de Física e do polo de Ciências ULisboa do Centro de Astrofísica e Gravitação (Centra), é a investigadora principal da proposta de observação, que levou à captura do enxame estelar RCW 38.

Segundo o ESO, as novas observações obtidas com o Very Large Telescope (VLT) do ESO, no Chile, durante os testes da câmara HAWK-I, a trabalhar com o sistema de ótica adaptativa GRAAL, mostram o enxame e as nuvens circundantes de gás resplandecente, assim como os tentáculos negros de poeira a passar através do núcleo brilhante deste jovem conjunto de estrelas.

O HAWK-I - instalado no Telescópio Principal 4 do VLT - consegue examinar enxames estelares envoltos em poeira, tais como o RCW 38, proporcionando uma vista sem paralelo das estrelas que se estão a formar no seu interior. Este enxame contém centenas de estrelas massivas, quentes e jovens, e situa-se a cerca de 5500 anos-luz de distância na direção da constelação da Vela. Um dos seus objetivos é obter imagens de galáxias e grandes nebulosas próximas, assim como de estrelas individuais e exoplanetas.

O GRAAL é um módulo de ótica adaptativa, que ajuda o HAWK-I a produzir estas imagens. O GRAAL utiliza quatro raios laser, projetados no céu, criando estrelas artificiais de referência que são utilizadas para corrigir os efeitos da turbulência atmosférica, o que torna as imagens muito mais nítidas.

Neste trabalho, Koraljka Muzic contou com a colaboração de outros investigadores, nomeadamente Joana Ascenso, Amelia Bayo, Arjan Bik, Hervé Bouy, Lucas Cieza, Vincent Geers, Ray Jayawardhana, Karla Peña Ramírez, Rainer Schoedel e Aleks Scholz.

ESO com Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Web of Science Book Citation Index - Trial para todos os membros b-on

Estão abertas as inscrições para a disciplina que promove o empreendedorismo - Projeto Empresarial. Todos os alunos de mestrado ou nos dois últimos anos de mestrado integrado podem candidatar-se até dia 16 de novembro.

A FCUL, bem como toda a Universidade de Lisboa está sem acesso à Internet desde cerca das 11:45 da manhã.

Professora Olga Pombo, autora do livro "O Círculo dos Saberes"

“Estou convencida que a imagem do círculo constitui um arquétipo, uma determinação conceptual prévia a toda a investigação”, defende Olga Pombo, docente na FCUL e autora do livro “O Círculo dos Saberes”.

Imagem ilustrativa do livro "O Círculo dos Saberes"

“A apresentação do livro seguirá um formato sério e discreto. O professor Shahid Rahman fará uma apresentação e apreciação do livro e eu agradecerei todas as suas palavras, sejam elas elogiosas, sejam críticas", afirma a autora Olga Pombo.

Trial para todos os Membros da b-on.

Pessoas a correr junto ao Marquês de Pombal

A primeira Corrida da Ciência aconteceu o ano passado por ocasião das celebrações dos 100 anos da FCUL. A edição deste ano integra-se na 2.ª Edição do AmbientALL – Universidade em Movimento.

O concurso de programação destina-se a alunos universitários e este ano junta 16 equipas, oriundas de oito instituições universitárias portuguesas. A equipa da FCUL chama-se BigO(1).

Imagem da professora Maria José Boavida

“Colega amiga”, “orientadora empenhada e humanista” e “investigadora solidária”, assim se recorda Maria José Boavida (1948 – 2012).

Desenho do campus da FCUL

As tabelas e notas científicas, assim como as regras elementares de segurança em laboratórios são algumas das mais-valias deste “livro”.

A fim de cumprir com o estabelecido no Regulamento Eleitoral, o Caderno Eleitoral para a eleição do Presidente do Departamento de Estatística e Investigação Operacional está disponível para consulta.

 O projecto CAMPUS UL realizado pelos alunos de mestrado em Engenharia Geográfica no âmbito das disciplinas de Fotogrametria Analítica e de Produção Cartográfica ganhou o segundo prémio no concurso internacional de projectos com fins educativos

lâmpada

"Criar, transferir e valorizar economicamente o conhecimento científico" é a causa primária do renovado centro de inovação, situado no campus da FCUL.

Hoje, quarta-feira, dia 10 de Outubro de 2012, registou-se uma quebra no acesso à Internet pelas 17h00 por cerca de 5 minutos.

A causa foi externa à Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e ainda não fomos informados das suas causas.

Estão abertas três vagas para bolseiros para a Unidade de Informática

Imagem do professor J. Sebastião e Silva

O Departamento de Matemática da FCUL apresenta obras selecionadas de personalidades da nossa história, nomeadamente os Compêndios de Matemática e os respetivos Guias para professores de José Sebastião de Silva, cujos direitos patrimoniais foram cedidos à Faculdade por um período de 30 anos.

Devido a uma avaria no equipamento de Videoconferência, o serviço encontra-se interrompido por tempo indeterminado. Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

Alunos aguardam a sua vez na fila para as inscrições

Este ano, durante a 1.ª fase de inscrições, foi realizado um inquérito a 845 estudantes. De acordo com os resultados obtidos, o reconhecimento da competência científica (25%), a localização (22%) e a nota de candidatura (22%), foram determinantes na escolha da FCUL.

Abertura de Concurso para uma posição de substituição de Doutor Ciência na CFNUL na área Física Nuclear – Reações Nucleares, ver anúncio em http://www.eracareers.pt/opportunities/index.aspx?task=global&job

A FCUL dá as boas-vindas aos novos alunos, após o arranque do novo ano letivo, a 17 de setembro.

Filipe Duarte Santos - Professor Catedrático e Jubilado do Departamento de Física e Director do SIM

Imagem de perfil de Maria Filomena Camões, professora do DQB-FCUL

Maria Filomena Camões, professora do Departamento de Química e Bioquímica da FCUL, assina um artigo sobre a criação do Instituto Nacional de Metrologia da Colômbia e a inauguração de um laboratório do qual é madrinha.

Guiomar Evans - Prof. Auxiliar do Departamento de Física e Investigadora do Centro de Física da Matéria Condensada

Páginas