Mistério de Vénus

Composição de uma imagem de Vénus obtida no infravermelho com a Via Láctea em fundo

Composição de uma imagem de Vénus obtida no infravermelho com a Via Láctea em fundo

John Colosimo (colosimophotography.com)/ESO

O artigo “Nightside winds at the middle-to-low clouds of Venus with Akatsuki/IR2” publicado na Astrophysical Journal Supplement Series é da autoria de Javier Peralta, Keishiro Muto, Ricardo Hueso, Takeshi Horinouchi, Agustín Sánchez-Lavega, Shin-ya Murakami, Pedro Machado, Eliot F. Young, Yeon Joo Lee, Toru Kouyama, Hideo Sagawa, Kevin McGouldrick, Takehiko Satoh, Takeshi Imamura, Sanjay S. Limaye, Takao M. Sato, Kazunori Ogohara, Masato Nakamura e David Luz.

Um dos mistérios do Sistema Solar é o facto de a atmosfera de Vénus completar uma volta ao planeta 60 vezes mais rápido do que o período de rotação deste, gerando ventos permanentes com velocidades ao nível das dos furacões. Descobrir os mecanismos que mantêm esta “superrotação” motivou um dos mais completos e detalhados estudos sobre os ventos noturnos de Vénus próximos da sua superfície.

A investigação liderada por Javier Peralta, da missão japonesa Akatsuki, teve a participação de Pedro Machado, professor do Departamento de Física de Ciências ULisboa e investigador do Instituto de Astrofísica e Ciência do Espaço.

De acordo com comunicado de imprensa do IA, a missão Akatsuki, da agência espacial japonesa JAXA, observou durante um ano o lado noturno de Vénus, permitindo analisar as nuvens entre os 48 e os 70 quilómetros de altitude. Uma das revelações mais importantes foi a descoberta de uma aceleração dos ventos, a estas altitudes, na zona crepuscular, na transição do lado diurno para o lado noturno do planeta.

Os ventos a baixa altitude são totalmente diferentes dos já estudados nas camadas superiores. Só podem ser conhecidos pela análise da luz infravermelha emitida pelo próprio planeta, domínio em que o grupo de investigação do IA deu um importante contributo, desenvolvendo um método complementar para medir os ventos no infravermelho a partir de telescópios na Terra.

Scripta manent. O que se escreve, fica permanece.
Os Dias do Futuro na Antena 1 | SIC Notícias

Grupo de Comunicação de Ciência do IA com ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas