Prémios Científicos ULisboa/Caixa Geral de Depósitos

Em 2017 os Prémios Científicos ULisboa/Caixa Geral de Depósitos foram atribuídos a Vladimir Konotop e Ricardo Trigo

ULisboa

Prémios Científicos ULisboa/CGD 2017 - Menções Honrosas

Biologia, Engenharia Biológica, Bioquímica e Biotecnologia

Sara Magalhães, professora do Departamento de Biologia Animal (DBA) e investigadora do cE3c

Química, Engenharia Química, Engenharia Farmacêutica

Pedro Castro, investigador do Departamento de Estatística e Investigação Operacional (DEIO)

Física e Materiais

Nuno Araújo, professor do DF e investigador do Centro de Física Teórica e Computacional

Ciências da Terra, Geofísica

Fernando Ornelas Marques, professor do Departamento de Geologia

Matemática Pura e Aplicada

Francisco Saldanha da Gama, professor do DEIO e investigador do Centro de Matemática, Aplicações Fundamentais e Investigação Operacional

Ciências da Computação, Engenharia Informática

Francisco Moreira Couto, professor do Departamento de Informática e investigador do LASIGE

Vladimir Konotop, professor do Departamento de Física (DF) e investigador do Centro de Física Teórica e Computacional (CFTC) e Ricardo Trigo, professor do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia (DEGGE) e investigador do Instituto Dom Luiz (IDL), são dois dos 14 galardoados em 2017 com os Prémios Científicos ULisboa/Caixa Geral de Depósitos (CGD).

A par dos 14 prémios foram atribuídas ainda 19 menções honrosas, seis delas para Ciências, num dos casos – Pedro Castro - pela segunda vez.

Para Ricardo Trigo o prémio é bastante importante e reconhece o esforço de publicar de forma consistente em revistas de qualidade. O cientista agradece aos “notáveis colaboradores nacionais e estrangeiros, sem os quais não teria sido possível publicar um tão grande número de artigos – acrescentando que - a ciência moderna é cada vez mais uma atividade colaborativa, portanto é muito importante reconhecer a enorme contribuição que estes colaboradores proporcionaram, incluindo alguns alunos de PhD e postdocs da Faculdade de Ciências”.

O prémio tem também grande importância para Vladimir Konotop, considerando-o um reconhecimento do seu trabalho e do seu contributo para a internacionalização da Escola. O investigador comenta ainda que "este é também um reconhecimento da importância da investigação no domínio de Física não linear, incluindo a ótica não linear e a física dos gases quânticos, que está a ser desenvolvida no CFTC", esperando que o prémio estimule a atenção dos alunos interessados em prosseguir os estudos ao nível do mestrado e doutoramento.

A lista de premiados foi anunciada no site da ULisboa a 26 de julho. Ainda não é conhecida a data da cerimónia pública de entrega dos referidos galardões.

Os membros da Faculdade de Ciências foram distinguidos respetivamente nas áreas de Física e Materiais; e Ciências da Terra e Geofísica.

Os restantes 12 prémios foram atribuídos às áreas de Ciências Sociais; Psicologia; Ciências da Educação; Ciências Jurídicas e Ciência Política; Economia e Gestão; Geografia do Território; Biologia, Engenharia Biológica, Bioquímica e Biotecnologia; Química, Engenharia Química e Engenharia Farmacêutica; Ciências Veterinárias; Ciências da Computação, Engenharia Informática e Saúde.

E na 1.ª edição quem foram os homenageados?

Os Prémios Científicos ULisboa/CGD existem desde 2016, tal como os Prémios ULisboa/Santander Universidades, que no mesmo ano distinguiram Miguel Centeno Brito, professor do DEGGE e investigador do IDL distinguido a 27 de outubro do ano passado, durante a apresentação pública do Colégio de Química da ULisboa.

Uns meses antes foram entregues os 17 Prémios Científicos ULisboa/CGD e as 18 menções honrosas, durante a cerimónia comemorativa do 3.º aniversário da ULisboa.

Henrique Cabral, professor do DBA e investigador do MARE e Eric Font, investigador do IDL, foram premiados nas áreas de Biologia, Engenharia Biológica, Bioquímica e Biotecnologia; e Ciências da Terra e Geofísica. Margarida Amaral, professora do Departamento de Química e Bioquímica (DQB) e investigadora do BIOISI; João Pires da Silva, professor do DQB e Pedro Castro receberam menções honrosas.

A ULisboa instituiu este prémio em colaboração com a CGD com o objetivo de “premiar a atividade de investigação científica e incentivar a prática de publicação em revistas internacionais de reconhecida qualidade”.

O prémio traduz-se num subsídio para a investigação no valor de 6.500€.

De acordo com o regulamento deste ano, o júri presidido por João Ferrão, investigador do Instituto de Ciências Sociais da ULisboa, e que conta com 55 vogais, membros das diferentes unidades orgânicas da ULisboa, podia atribuir 20 prémios e até 40 menções honrosas.

Ana Subtil Simões e Raquel Salgueira Póvoas, Área de Comunicação e Imagem de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

A exposição "O Cálculo de Ontem e de Hoje" está, agora, disponível em versão itinerante.

De 3 a 28 de Maio está patente na "Academia Sénior da Cruz Vermelha Portuguesa-Delegação de Lisboa".

Seminário "Serendipity and The Ups and Downs of Synthesis", apresentado pelo Prof.

Olho verde

Palestras, visitas, exposições e muitas experiências são algumas das atividades previstas.

Pormenor da capa do livro

O livro está à venda pelo valor de €18,40, no Atendimento Geral, sito no edifício C5, piso 3.

Anfiteatro

"As Jornadas tiveram um balanço bastante positivo (...) elucidaram e esclareceram algumas dúvidas importantes para os estudantes (...) ", conclui a Comissão de Curso de Engenharia Geográfica.

Museu do Quartzo é inaugurado e recebe o nome de Galopim de Carvalho, professor jubilado do Departamento de Geologia.

Céu com nuvens escuras

As candidaturas à oficina de formação terminam a 21 de maio. As sessões realizam-se às terças e quintas-feiras, entre as 17h30 e as 20h30.

A exposição “O Cálculo de ontem e de hoje”, elaborada pelo Departamento de Matemática em colabora&

Lâmpada

Estudantes de Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL promovem reunião especializada. O Ne2b2 existe desde outubro de 2008.

Luzes

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

Páginas