Olimpíadas de Química Júnior 2016

Última Revisão —

Participantes Olimpíadas de Química Júnior 2016 em Ciências

  • ​Colégio de Laura Vicuña
  • Colégio dos Plátanos
  • Colégio Pedro Arrupe
  • Colégio Quinta do Lago
  • Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Alapraia
  • Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Fazendas de Almeirim
  • Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Freiria
  • Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Santa Iria de Azóia
  • Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Armando Lizardo
  • Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Professor Egas Moniz
  • Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Visconde de Juromenha
  • Escola Básica Integrada com Jardim de Infância da Quinta do Conde
  • Escola Básica Integrada de Apelação
  • Escola Básica Integrada de Quinta Nova da Telha
  • Escola Básica 2,3 Soeiro Pereira Gomes
  • Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de Caneças
  • Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de Coruche
  • Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de D. João II
  • Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de José Gomes Ferreira
  • Escola Técnica e Liceal Salesiana de Santo António
  • Externato da Luz
  • Externato de Penafirme
  • Externato Marcelino Champagnat
  • Real Colégio de Portugal

Mais de 800 alunos dos 8.º e 9.º anos participam nas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior, marcadas para 9 de abril. As 20 equipas vencedoras irão disputar a final a 30 de abril e quem vier a ser apurado tem ainda a oportunidade de integrar a representação nacional nas Olimpíadas de Ciência da União Europeia em 2018, na Eslovénia.

O Departamento de Química e Bioquímica de Ciências volta uma vez mais a aderir a este concurso com 13 anos e que em 2016 conta com cerca de 266 escolas inscritas, segundo dados disponibilizados pela Sociedade Portuguesa de Química.

Os professores Manuela Rocha e Carlos Manuel Borges organizam localmente as semifinais há vários anos, com “grande entusiasmo e dedicação” e em colaboração com outros colegas e alunos daquele departamento de Ciências.

De acordo com a organização local, Ciências irá receber para as semifinais mais de 70 adolescentes de 24 estabelecimentos de ensino escolar, públicos e privados, do distrito de Lisboa. As equipas, constituídas por três elementos, irão efetuar uma prova teórica e uma prova de laboratório com questões baseadas na observação de montagens experimentais.

Dinamizar o estudo e o ensino da Química, despertar o interesse e cativar vocações para esta área científica são alguns dos objetivos deste acontecimento.

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

No âmbito de uma parceria estabelecida entre a Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto (FCUAN) e a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), teve início em abril de 2014 o Mestrado em Microbiologia Aplicada da FCUAN

A segunda edição do FCUL Rally Pro realizou-se na tarde de 2 de julho.

De 7 de julho a 5 de setembro de 2014 as bibliotecas do C4 e do C8 têm alteração no horário de funcionamento.

Pedro Garret, Investigador de Ciências

A informação com possíveis cenários climáticos até ao final do século já está disponível para consulta de autarquias, responsáveis por licenciamentos de obras, proprietários que queiram construir e autoridades de proteção civil.

Alunos no campus de Ciências

“Quem não gostaria de gerir uma empresa sem o verdadeiro risco mas, ainda assim, de uma forma bastante realista?”, questiona João Guilherme Rodrigues, aluno de Ciências e um dos 21 concorrentes da Faculdade ao Global Management Challenge (GMC).

Qual é a maior alegria de um professor? Para a maioria é com certeza o bem-estar e o sucesso dos seus alunos.

Escolha de Ramo em Geologia / 2014

Listas definitivas divulgadas em 23 de Julho de 2014.

Helder Coelho, professor do Departamento de Informática da FCUL e um dos investigadores fundadores da Inteligência Artificial

“Tenho pensado em fazer um curso, uma formação extra virada para a área da Energia, não só para ajudar os meus alunos mas também por mim, por satisfação, para aprender”, conta Carlos Paulino, professor do ensino secundário.

Anfiteatro da Escola de Ciências

Universidade do Minho

Departamento de Biologia

23 a 26 de Junho

 

 

A Thomson Reuters alerta para a interrupção de serviços.

 “O mar tomou-se de repente muito novo e muito antigo”

O MARE organizou uma viagem a bordo de um Galeão para dar a conhecer a fauna local do Parque Marinho do Parque Natural da Arrábida. No total, 100 pessoas participaram nas iniciativas de comemoração do Dia Mundial do Ambiente organizadas por este centro.

Gostava de fazer um estágio aplicando os conhecimentos de Estatística Aplicada à área de Recursos Humanos? A Ernst & Young lança proposta.

Cátia Raminhos e Jorge Santos, estudantes do mestrado em Engenharia Informática de Ciências, lançaram uma plataforma de partilha de informação dedicada ao autismo e que já chegou a 33 países.

Orador: Ivana Ljubic (University of Vienna)

 

Título: The Recoverable Robust Facility Location Problem

 

O desafio está lançado: experimentar, na primeira pessoa, a realidade da investigação científica na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e conhecer por dentro o campus universitário e os seus laboratórios, de 21 a 24 de julho.

Denís Graña e José Sebio desenvolveram este projeto no âmbito da disciplina de Aplicações na Web do mestrado em Engenharia Informática de Ciências.

O Centro de Investigação Operacional realizará no dia 19 de junho, quinta-feira, às 14H30, na sala 6.4.31, um Seminário intitulado The Recoverable Robust Facility Location Prob

Mapa

A FCT e a FAPESP pretendem lançar em 2014 um concurso para projetos de investigação, com equipas conjuntas, em todos os domínios científicos.

Observatório Astronómico

O Edifício das Matemáticas, que faz parte do complexo arquitetónico do Observatório Astronómico, foi também recentemente modelado em 3D por um grupo de alunos da Faculdade de Ciências da ULisboa.

Mais uma visita a uma escola, na região oeste, para uma sessão com duas palestras...

Aberta aos sábados, até às 17h00, entre 7 e 28 de junho.

Ambiente subaquático

O passeio a bordo do galeão ocorre durante a manhã. Os participantes além de recolherem o lixo subaquático também poderão fotografar a biodiversidade. Da parte da tarde estão previstas outras ações como a identificação de sons de animais marinhos, a observação de plâncton à lupa e a recolha de amostras para análises genéticas.

Páginas