10 a 14 fevereiro 2014

Ciências em Movimento

Ciências em Movimento - 10 a 14 de fevereiro
GCIC-FCUL

Flash-talks, jogos, palestras, apresentações, oficinas, visitas guiadas, peddy-papers. Estas são algumas das atividades que a 1.ª semana Ciências em Movimento, apoiada pelo Programa Escolher Ciência, reserva.

Durante cinco dias, na FCUL, a ciência é dirigida à comunidade escolar e à sociedade civil, pretendendo que as diferentes áreas que a compõe sejam aprendidas e debatidas num mesmo espaço, fazendo chegá-la ao público como um todo.
“Ordem e Caos”, “Matéria e Energia”, “Mar e Atmosfera”, “Riscos e Catástrofes” e “Tecnologia e Sustentabilidade” são as temáticas abordadas em cada dia onde “diferentes áreas científicas ‘conversam’ entre si e com os visitantes”, anunciam os promotores da atividade no Portal da FCUL.

Um das áreas científicas a “conversar com os visitantes” é a Informática. Entre as diferentes atividades, há uma “receita de programação” preparada no Laboratório Scratch. Hugo Vieira, professor do Departamento de Informática, desvenda os ingredientes: “Primeiro cozem-se as batatas, depois juntam-se natas, depois leva-se ao forno, etc.. A única diferença é que não podemos deixar nada à interpretação do humano por exemplo, ‘sal quanto baste’ não serve, pois o computador é ‘burro’ mas bem-mandado: faz tudo (e nada mais) que nós lhe dizemos (instruímos) – e fá-lo muitíssimo depressa! Aprender a programar significa aprender a arte de resolver problemas (fazer "receitas") de forma "rigorosa" (ou é preto ou é branco; ou é um ou é zero), usando um computador. Ou seja, escritas de uma forma que não deixam ambiguidades (não há cinzentos; nem zero vírgula cinco). Esta "sistematização" do pensamento é útil para todos, independentemente da atividade profissional que vamos desenvolver nas nossas vidas”.

As atividades, de entrada gratuita, decorrem na segunda semana do mês de fevereiro, entre as 10h00 e as 17h00. Entre os períodos 11h30 – 12h30 e 16h00 – 17h00 acontecem sessões de flash-talks onde professores e investigadores apresentam em seis minutos (tempo destinado a cada um), um tema de estudo da área em que se inserem, tendo ligação à temática do dia.

No dia 10, por exemplo, uma das sessões de flash-talk, trata do efeito borboleta na atmosfera – “Até quando podemos prever o tempo e o clima?”.

“A previsão do tempo meteorológico até alguns dias de antecedência é um problema da Física em que é necessário conhecer no primeiro instante da previsão e com o maior rigor possível, várias grandezas tais como o vento, a temperatura e a humidade, ao longo de toda a atmosfera global, o que é possível graças às observações de satélite. Todavia o sistema atmosférico é caótico, o que significa que duas previsões, mesmo partindo de estados muitíssimo próximos, ambos compatíveis com as observações disponíveis, podem produzir previsões tão diferentes como uma tempestade ou bom tempo”. É desta forma que Carlos Pires explica o chamado “efeito borboleta”, popularizado em 1963 por Edward Lorenz, o descobridor do caos. O investigador do Instituto Dom Luis acrescenta ainda que “o horizonte útil das previsões não é constante, podendo variar desde dois dias a duas semanas. Já a previsão das estações depende mais de como o oceano e os solos forçam a atmosfera. A manifestação do caos é então mais lenta. Finalmente a previsão do clima nas décadas futuras dependerá essencialmente de como a espécie humana venha a alterar a composição atmosférica. A incerteza reside aí no cenário que a humanidade escolher”.

Estas e outras informações sobre as atividades da semana podem ser encontradas no link: http://ciencias.ulisboa.pt/pt/semana-ciencias-movimento.

De forma dinâmica e apelativa, professores e investigadores da FCUL procuram colocar Ciências em Movimento.

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt
Luzes

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Páginas