Prémio de Doutoramento em Ecologia Fundação Amadeu Dias 2018

Paula Matos vence 2.ª edição

Teses galardoadas apresentadas em novembro durante 17.º Encontro Nacional de Ecologia

No programa doutoral Paula Matos desenvolveu indicadores ecológicos com base na diversidade funcional de líquenes

PM
Paula Matos
Paula Matos
Imagem cedida por cE3c

Paula Matos, doutorada em Biologia e Ecologia das Alterações Globais, foi distinguida com o 1.º lugar na edição de 2018 do Prémio de Doutoramento em Ecologia Fundação Amadeu Dias, organizado pela Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO).

A cerimónia de entrega do prémio, na qual Paula Matos irá apresentar a sua tese, orientada por Cristina Branquinho, professora do Departamento de Biologia Vegetal de Ciências ULisboa e por Amadeu Soares, professor da Universidade de Aveiro, realiza-se durante o 17.º Encontro Nacional de Ecologia, em Évora, nos próximos dias 15 e 16 de novembro de 2018.

Paula Matos concluiu a licenciatura em Biologia e o mestrado em Ecologia na Universidade de Coimbra. No programa doutoral das Universidades de Aveiro e de Lisboa, concluído em julho de 2016, desenvolveu indicadores ecológicos com base na diversidade funcional de líquenes, tendo demonstrado que os líquenes podem ser utilizados como um novo indicador ecológico global para avaliar a “saúde” dos ecossistemas.

"Receber este prémio é algo importante. O doutoramento resulta de tanto esforço e dedicação que passa a ser uma parte de nós, ou no meu caso pelo menos assim foi. E nesse sentido o prémio é motivo de felicidade e orgulho e um incentivo para continuar o trabalho, tendo em conta as dificuldades de fazer investigação em Portugal. É de facto muito gratificante ver o nosso trabalho reconhecido, pela SPECO. E ter um prémio assim é algo que valoriza o currículo, e logo valoriza-me profissionalmente. A juntar a isto, o prémio permite ainda que o nosso trabalho chegue a uma audiência mais vasta, científica ou não. Por um lado, suscita o interesse na sociedade sobre o que fazemos e para a sua importância, e por outro, informa outros investigadores potenciando trabalhos futuros. O prémio acaba por ser um veículo de promoção do trabalho junto da sociedade em geral e da comunidade científica, tendo obviamente um retorno positivo no meu trabalho futuro."
Paula Matos

Para além de ter publicado diversos resultados da sua tese em revistas científicas prestigiadas, os resultados que alcançou ao longo do doutoramento levaram-na inclusivamente à Sede das Nações Unidas, onde explicou juntamente com Cristina Branquinho como os líquenes podem ser utilizados como um indicador ecológico à escala global no âmbito do 12º Fórum das Nações Unidas sobre Florestas, em maio de 2017.

Atualmente, Paula Matos é investigadora de pós-doutoramento no grupo Ecology of Environmental Changes (eChanges), no polo de Ciências ULisboa do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (cE3c), continuando a aprofundar esta área de investigação, com o objetivo de desenvolver e estabelecer indicadores de alterações globais que possam ser aplicados à escala global, com ênfase nas alterações climáticas.

A 2.ª edição deste prémio distinguiu ainda como 2.º classificado, Luís Silva, investigador do Centro de Investigação e Recursos Genéticos da Universidade do Porto e como 3.º classificado, Marc Fernandez Morron, investigador do cE3c na Universidade dos Açores.

Os três galardoados irão receber respetivamente 2500€, 1500€ e 1000€, bem como um bónus de dois anos com quotas pagas. À 2.ª edição deste galardão foram submetidas 15 candidaturas de doutorados com teses defendidas em sete universidades portuguesas.

 
Marta Daniela Santos, cE3c, com ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Páginas