Bolsas ULisboa/Fundação Amadeu Dias

fotografia de ULisboa

Com o objetivo de “[implementar] hábitos e práticas de investigação durante o período de graduação, incentivando os alunos à descoberta científica e a desenvolverem estudos/projetos de investigação científica/tecnológica”, surgem as Bolsas ULisboa / Fundação Amadeu Dias.

O desafio é lançado, anualmente, aos alunos inscritos num curso de formação inicial -licenciatura ou mestrado integrado -, de qualquer área do saber da ULisboa.

Em 2013/2014 foram atribuídas 29 bolsas, cada uma no valor de 1.900€. A Faculdade de Ciências destaca-se pelo maior número de bolsas atribuídas, dez alunos foram distinguidos, seguindo-se a Faculdade de Farmácia, com oito alunos galardoados e a Faculdade de Psicologia, com a atribuição de três bolsas. Dois alunos das Faculdades de Belas-Artes, de Direito e de Letras também receberam a distinção. Um aluno associado à Reitoria (trata-se de um curso que é organizado por mais do que uma faculdade da ULisboa) também foi premiado.

Fonte: ULisboa
Legenda: Luís Campos, aluno do 3.º ano do curso de Biologia da Faculdade de Ciências apresentou o seu projeto: “Contribuição para o Desenvolvimento de Abordagens Terapêuticas Inovadoras para a Fibrose Quística”

Alguns dos projetos desenvolvidos durante o ano letivo em questão foram apresentados à comunidade académica e ao público em geral no mês de dezembro de 2014, no evento Fórum das Bolsas Universidade de Lisboa / Fundação Amadeu Dias:

  • “Aminas biogénicas em bebidas alcoólicas: implementação de método de análise, doseamento e avaliação do risco de consumo” de Carolina Miguéns Louro Mendeiro, da Faculdade de Farmácia
  • “Empregabilidade e Bem-Estar em Trabalhadores Temporários On Call: Mediação pela Insegurança Laboral” de João André Ferreira Gonçalves, da Faculdade de Psicologia
  • “Conceptualização de um capacete para ciclismo flexível”, de João Pedro Farinha Nunes da Costa, da Faculdade de Belas Artes
  • “Contribuição para o Desenvolvimento de Abordagens Terapêuticas Inovadoras para a Fibrose Quística”, de Luís Filipe Leal Campos da Faculdade de Ciências
  • “O pensamento metafísico e estético de Pseudo-Dionísio Areopagita” de Tomás Maria Tavares Diniz Neves e Castro, da Faculdade de Letras
     

Para Luís Campos, aluno do 3.º ano do curso de Biologia da Faculdade de Ciências e autor do projeto “Contribuição para o Desenvolvimento de Abordagens Terapêuticas Inovadoras para a Fibrose Quística”, esta bolsa possibilita uma “ótima experiência” pois, como explica aprendeu “o que é fazer investigação, os erros que se cometem, o que se faz num laboratório, as dificuldades que se passam e isso foi muito importante para decidir o que quero para o futuro, que certamente passará pela investigação”.


Fonte: ULisboa
Legenda: Em 2013/2014 foram atribuídas 29 bolsas, cada uma no valor de 1.900€

No Fórum o júri atribuiu os prémios “Melhor Apresentação” ao projeto “O pensamento metafísico e estético de Pseudo-Dionísio Areopagita” de Tomás Maria Tavares Diniz Neves e Castro, da Faculdade de Letras, e o de “Melhor Poster” para o trabalho “Proteómica de exsudados em feridas crónicas e em pé de diabético: a procura de biomarcadores diferenciais” realizado por Ana Margarida Cardoso da Silva Drumond, da licenciatura em Ciências da Saúde, um curso associado à Reitoria e organizados pelas faculdades de Medicina, de Medicina Dentária, de Farmácia, de Psicologia e de Ciências.

Ana Margarida Drumond desenvolveu o trabalho sob coordenação do professor da Faculdade de Ciências da ULisboa, Belarmino Barata, em colaboração com o Instituto Ricardo Jorge e o Hospital de Santo António dos Capuchos.

“Os ensinamentos de Ciências foram fundamentais e imprescindíveis ao longo de todas as fases do projeto, uma vez que sem os mesmos teria sido muito mais difícil a execução dos diversos processos metodológicos, bem como o entendimento detalhado do background teórico que suporta o projeto em si”, comenta a estudante.

Durante o evento foram ainda entregues os certificados a todos os bolseiros.

Maria Assunção, viúva de Amadeu Dias, fez questão de deixar uma mensagem aos estudantes: “esperamos que os alunos benificiários destas bolsas se tornem brilhantes investigadores e cientistas e que tenham a possibilidade de aplicar esses conhecimentos ao serviço do país”.


Fonte: ULisboa
Legenda: “Esperamos que os alunos benificiários destas bolsas se tornem brilhantes investigadores e cientistas e que tenham a possibilidade de aplicar esses conhecimentos ao serviço do país”, Maria Assunção, viúva de Amadeu Dias

Alunos da Faculdade de Ciências da ULisboa distinguidos com as Bolsas ULisboa /Fundação Amadeu Dias – 2013/2014

Carolina Maria Fernandes Henriques
Inês Palma de Lima e Cruz
Joana Portela Monteiro Baptista
Joana Ribeiro Estevens
José Virgílio Correia da Fonseca
Luís Filipe dos Santos Peixoto
Luís Filipe Leal Campos
Marisa Raquel Gomes Maia
Marta Alexandra Lopes Ludovico
Nuno Rebello de Andrade Bustorff Silva

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Maqueta do Campus Sustentável da UL

As expetativas da equipa da Universidade Verde só podiam ser elevadas: as verbas alcançadas no âmbito desta iniciativa serão usadas para implementar medidas de eficiência energética, já identificadas nas auditorias realizadas.

Trial para todos os membros da b-on

 

“No stand da FCUL descobrimos áreas que não sabíamos sequer que existiam e que agora vamos querer pesquisar, já valeu a pena ter vindo. Vamos ter mais informação e hipóteses para ponderar!”, declarou um grupo de alunos da Escola Salesiana de Manique a visitar a banca da FCUL na Futurália.

Rosto de Fernando Ramos

“A maioria das instituições de ensino superior em Portugal têm qualidade superior às do Brasil, contrariando de forma que não deixa dúvidas a 'recomendação' do Governo brasileiro”, escreve Fernando Ramos num artigo publicado no jornal "Público" no passado dia 26 de março.

O artigo intitulado "PAMPA in the wild: a real-life evaluation of a lightweight ad-hoc broadcasting family" da autoria de Christopher Winstanley, Ra

O Departamento de Informática marcou presença na última edição da Futurália. A Futurália, a Feira de Ofertas Educativas e Formativas para estudantes, realizou-se de 13 a 16 de Março, na Feira Internacional de Lisboa (FIL)

“Luís Mendes Victor dedicou uma carreira de mais de 40 anos à investigação nas diversas áreas da Geofísica. Professor Catedrático da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa desde 1991, ensinou Geofísica, Sismologia, Prospeção Geofísica, Hidrologia e Física dos Recursos Naturais”, refere o colega e amigo, Jorge Miguel Miranda.
 

Atualmente, a nova rubrica disponibiliza entrevistas realizadas a participantes e colaboradores da última edição do Dia Aberto e a dois investigadores que trabalham na área da surdez genética.

Rosto de Teresa Alpuim

Pode-se dizer, sem risco de exagero, que a Estatística é a mais social das ciências exatas.

Programa M23

Atualmente 47 alunos estudam na FCUL através do programa Maiores de 23 anos. A FCUL conversou com uma dessas alunas, Ana Jardim, de 35 anos, aluna do 2.º ano de Engenharia Informática.

FCUL esclareceu possíveis candidatos ao programa M23 no Open Day pelo Núcleo de Formação ao Longo da Vida

“Tenho interesse em prosseguir os estudos académicos por vários motivos, entre eles o pessoal, sei que posso dar muito mais não só para mim como também para a sociedade e também porque poderei melhorar a minha condição de trabalho”, afirma Elísio Gomes, de 31 anos e visitante do Dia Aberto a Maiores de 23 da UL.

Antenas do ALMA

O primeiro de uma série de vodcasts de divulgação científica do CAAUL dedicados aos maiores tópicos da atualidade em Astronomia apresenta o ALMA.

Rosto de Luísa Maria Abrantes

“A professora Luísa Maria Abrantes será sempre recordada pela sua enorme dedicação e empenho durante os 40 anos de serviço a esta casa”, refere o seu colega e amigo Jorge P. Correia.

A FCUL volta a marcar presença na Futurália, na FIL, no Parque das Nações, juntamente com outras unidades orgânicas da UL, entre 13 e 16 de março.

“Foi o professor Henrique Leitão que me alertou para o facto de a questão do real impacto de Pedro Nunes na náutica do seu tempo estar por resolver.

“Foi o professor Henrique Leitão que me alertou para o facto de a questão do real impacto de Pedro Nunes na náutica do seu tempo estar por resolver. A tese e o prémio foram passos saborosos de um caminho longo mas que tem todo o potencial de ser gratificante e divertido”, reforça Bruno Almeida, vencedor do Prémio Cultura 2012 atribuído pela Sociedade de Geografia de Lisboa.

A reportagem multimédia sobre o Dia Aberto em Ciências inclui testemunhos de candidatos ao ensino superior, alunos e professores da FCUL, colaboradores desta iniciativa.

Prémio SAHFC 2012 - Marta Macedo

Prémio SAHFC

  A Comissão Executiva da Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências (SAHFC) atribui a anualmente o Prémio SAHFC.

O Grupo de Surdez do BioFIG-FCUL, coordenado por Graça Fialho, já analisou cerca de 400 famílias portuguesas afetadas com surdez hereditária. A primeira tese de doutoramento realizada em Portugal na área da genética da surdez foi defendida em 2012, na UL, por Tiago Matos.

Anfiteatro da FCUL

Cerca de 100 alunos de 15 escolas secundárias da zona de Lisboa participaram na 9.ª edição da ação de divulgação da Física de Partículas.

“Portugal é o principal destino dos estudantes brasileiros de graduação bolsistas do Programa Ciência sem Fronteiras.

“Acho que este tipo de ações é bastante útil porque, nesta altura, precisamos de todas as informações possíveis para podermos fazer uma escolha certa”, declara Maria Buzaglo, aluna do 12.º ano, a frequentar o curso de Ciências e Tecnologias na Escola Secundária de Pedro Nunes.

Alunos no átrio do C3

O Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional organizou uma sessão de acolhimento aos cerca de 30 novos alunos de mobilidade para o 2.º semestre.

Em 2000, a UL atribuiu o título de doutor honoris causa a Laurens de Haan. Em 2013, outro gigante dos Extremos, Ross Leadbetter, honrará a UL ao aceitar a mesma distinção. Quando a universidade honra investigadores desta importância está também a honrar-se.

Páginas