Ciclo de conferências

Andamentos da Ciência

Sala 8.2.39, Ciências ULisboa
Logótipo da iniciativa, sobre uma fotografia da Ilha de S. Jorge, Açores

A ciência rege-se por diferentes escalas de tempo. Diferentes áreas do conhecimento estudam processos a diferentes escalas: dos nanossegundos aos milhões de anos. Quais são os Andamentos da Ciência?

Neste novo ciclo de conferências, convidamos especialistas de diferentes áreas do conhecimento para partilhar connosco o mais recente conhecimento em diferentes áreas de interesse para todos nós, em comunicações inspiradas nas palestras TED.

A 22 de junho (quarta-feira), às 17h00, fazemos uma viagem ao tempo profundo, pela mão de José Madeira (Professor Associado no Departamento de Geologia de Ciências ULisboa), que nos propõe olhar para o passado para compreender o presente: o que sabemos sobre a crise sismo-vulcânica em São Jorge, Açores?

A conferência tem lugar na sala 8.2.39 (Edifício C8, piso 2). A participação na conferência é livre, sujeita à capacidade da sala, e aberta a todos os interessados.

No final da sessão, os interessados poderão participar numa visita guiada à sala de atividades hands-on de sismologia do Instituto Dom Luiz - a participação na visita guiada requer inscrição prévia (vagas limitadas).

Programa:

  • 17h00 - Apresentação do formato e do orador
  • 17h05 - Intervenção de José Madeira
  • 17h30 - Perguntas do público
  • 17h50 - Visita guiada à sala de sismologia do Instituto Dom Luiz (sujeita a inscrição prévia, com vagas limitadas)

Olhar para o passado para compreender o presente: o que sabemos sobre a crise sismo-vulcânica em São Jorge, Açores?

Por José Madeira (Professor Associado no Departamento de Geologia de Ciências ULisboa).

Vivendo numa região tectónica e vulcanicamente ativa, os açorianos estão habituados aos sismos de baixa intensidade que se sentem regularmente nas várias ilhas. Na verdade, o arquipélago é a parte visível à superfície do oceano de um alinhamento de vulcões oceânicos ativos que se foram modificando ao longo de milhões de anos.

Mas, a 19 de março de 2022, os habitantes de São Jorge ficaram sobressaltados. Um número elevado de sismos de baixa e média magnitude, bastante acima dos valores de referência, começaram a ser sentidos. A sua frequência deixava no ar a dúvida: estaria iminente um cenário de erupção vulcânica? Este cenário tornava-se mais presente dada a recente crise sísmica que antecedeu a erupção vulcânica em La Palma, Canárias, com severas consequências económicas e sociais.

As semanas que se seguiram, com detalhado acompanhamento científico e trabalho de sensibilização junto da população, mostraram que a frequência dos sismos foi baixando e, consequentemente diminuindo o alarme.

O que sabemos sobre o passado geológico de São Jorge? Desde a chegada dos portugueses à ilha, no século XV, existem registos de sismos de magnitude elevada, crises sísmicas e três erupções. Venha conhecer o passado geológico desta ilha, para melhor compreender o seu futuro.

 

Biografia de José Madeira

José Madeira

José Madeira é Professor Associado no Departamento de Geologia de Ciências ULisboa desde 1983, e investigador do Instituto Dom Luiz - Laboratório Associado.

Doutorado em Geologia pela ULisboa, é autor de mais de 60 artigos científicos internacionais e uma dúzia de artigos em revistas nacionais, bem como de mapas geológicos e notícias explicativas, e de vários relatórios científicos sobre perigosidade geológica.

Tem desenvolvido trabalho de campo nas ilhas do Atlântico Central – arquipélagos dos Açores, Madeira, Cabo Verde, Canárias e São Tomé e Príncipe – e também em Portugal continental, Marrocos e Brasil. O seu trabalho de investigação levou-o a acompanhar as erupções de 1995 e 2014-2015 da ilha do Fogo (Cabo Verde), e as erupções submarinas da Serreta na ilha Terceira em 1999 e de El Hierro (Canárias) em 2011.

17h00
Logótipo do evento

O conceito de One Health assenta no reconhecimento da necessidade de abordar as políticas de saúde numa perspetiva de interdependência humano-animal-ambiente.

Cognitive sciences have approached social cognition from two complementary perspectives. On one hand, social psychology and behavioural economics have mostly emphasized mentalizing, social perception, and our ability to model other minds. On the other hand, developmental psychology and motor neuroscience have more focused on imitating, social interaction, and our propensity to coordinate with others’ behaviour. 

The course aims at enabling the participants to use different methods to measure the impacts of pollutants on ecosystems. Basic knowledge will be provided through theoretical and practical lessons on how to select and use the most suitable metrics based on the analysis of multiple compartments of the ecosystems.

O evento visa reunir investigadores interessados na aplicação de isótopos estáveis em estudos ecológicos e na utilização de dados históricos de biodiversidade disponíveis em coleções museológicas.

Seminário de Formação Avançada em Jardins, Paisagens e Ambiente, por Denis Ribouillault (directeur des études supérieures en histoire de l'art, Université de Montréal).

Logótipo e data do evento

“There is often a considerable difference between what we think people need and what people want to use”. This is our perspective on how technology should be developed and will serve as the motto of this event.

Mathematical Cultures Seminar, por Henrique Leitão (DHFC Ciências ULisboa/CIUHCT).

Título e data do evento, sobre uma fotografia da Ponte Vasco da Gama (Lisboa)

O evento decorre de 12 a 14 de julho de 2022, sob o lema CHEMISTRY: Forging bonds, e destina-se a todos os investigadores e alunos da ULisboa.

Banner do evento

David Avelar (Ciências ULisboa) é um dos oradores do webinário.

Banner do evento

The program will consist of plenary lectures, oral, flash and poster communications, and a round table about Science Communication.

O Projeto Reboot convida à desconstrução do sistema alimentar com uma Exposição e um Documentário gratuitos.

This course offers an overview of the different ways to measure biodiversity, and provides tips for the stratification of primary biodiversity data and the construction of variables that describe its various facets. It also includes an in-depth review of the different types of data used to measure biodiversity and their problems and limitations.

Banner do evento (incluindo título, hora, local e informações sobre os oradores)

Webinar ULisboa nos Trópicos, por Teresa Melo e João Nascimento (CERIS, Instituto Superior Técnico da ULisboa).

Banner do evento

Estaremos hoje habilitados a prever o impacto da atividade humana no clima e a inferir daí a insustentabilidade do nosso modo de vida?

Logótipo do programa

Após 2 anos de interregno, o programa Ser Cientista está de regresso!

Imagem alusiva ao prémio

Candidaturas até 31 de julho.

Fotografia representativa de agricultura sustentável

Submissão de iniciativas até 30 de agosto de 2022.

Fotografia de campo agrícola e parque eólico

Submissão de iniciativas até 30 de agosto de 2022.

Fotografia de trator em campo agrícola

Submissão de iniciativas até 30 de agosto de 2022.

As Jornadas Interinstitucionais de Inovação Pedagógica estão abertas a docentes do ensino superior com interesse no seu desenvolvimento profissional pedagógico.

Programa a disponibilizar futuramente.