60 Minutos de Ciência

Será a ética determinante na sustentabilidade de uma sociedade de consumo?

MUHNAC, Lisboa
MUHNAC

O consumo caracteriza e define as sociedades ocidentais no último século: somos a sociedade de consumo. Nesta configuração o sistema económico assenta na produção e no consumo e no pressuposto que estes têm que crescer continuamente. Este crescimento económico tem possibilitado o acesso a melhores condições de vida, incluindo uma melhor nutrição, uma vida mais segura e mais saudável, uma maior longevidade, um maior acesso à educação e cultura, uma menor mortalidade infantil, a possibilidade de utilizarmos equipamentos que nos poupam trabalho, melhores condições para recreio e lazer, entre outros muitos benefícios. No entanto, este sistema também promove injustiças, iniquidades, desequilíbrios vários e a maior parte dos problemas ambientais que afetam o nosso planeta advém do sistema de produção e consumo e do estilo de vida que os países desenvolvidos têm e a que os países em via de desenvolvimento aspiram. 

A ética ajuda-nos a refletir, argumentar e fundamentar as nossas decisões, escolhas e ações. A ética é um guia que garante que as sociedades floresçam com respeito e justiça. Mas a ética não tem apenas um papel na estruturação da sociedade, contribui também a um nível individual na construção da identidade, em quem somos e em quem queremos ser. As discussões do tema do consumo podem ser enriquecidas com esta perspetiva ética. Como poderá a ética ajudar nas decisões rotineiras mas estruturais das vidas atuais de como, o quê, quando e porquê consumir?


Nota biográfica

Sofia Guedes Vaz tem trabalhado em diversos organismos, públicos e privados, nacionais e internacionais na área do ambiente. A sua formação académica, que começou em engenharia e acabou em filosofia do ambiente, deu-lhe uma perspetiva interdisciplinar e uma compreensão abrangente do tema. Como comunicar melhor sobre temas ambientais é uma das suas paixões e fez parte dos Cientistas de Pé, um grupo que comunica ciência através de stand up comedy. Consumo sustentável é o seu tema de eleição.


2.ª Edição do Ciclo de conversas "60 Minutos de Ciência"

Num formato informal e descontraído, 60 minutos de Ciência pretende ser um fórum de discussão entre especialistas e cidadãos sobre temas atuais de Ciência. Com a duração de uma hora, as suas sessões decorrem nas quartas quintas-feiras do mês, pelas 17h30.
Este ciclo é uma iniciativa do Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa, do Comité UNESCO Matemática do Planeta Terra e da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

17h30

Vanessa Rodrigues dos Santos defende a dissertação "Melhoria ao Sistema de Avaliação de Vulnerabilidades - CVSS".

Por Pedro Pinto (Universidade de Lisboa).

You have certainly heard about solar panels on rooftops. But what about solar façades?

Building façades have plenty of free area, and costs of solar systems are decreasing more and more, so it is paramount to merge energy production with architectural creativity!

Por Gilles Lebeau (Université de Nice Sophia-Antipolis).

João Eduardo Silva Pombinho Batista defende a dissertação "Studying Elements of Genetic Programming for Multiclass Classification".

Por Bernardo San Martin (Universidad Católica del Norte).

O que são as estrelas e os planetas? Para dar resposta ao problema foram introduzidos os novos ramos de conhecimento da Astrofísica e das Ciências Planetárias.

Tiago Filipe Miranda Mota defende a dissertação "Digital Workplace - Office 365 Solution".

As Adaptações da Agricultura às Mudanças Climáticas: França, Portugal e Mediterrâneo

Estes encontros visam aproximar as equipas de investigação de ambos os países assim como dos países parceiros, com o objetivo de desenvolver a cooperação científica, sobretudo no que respeita à iniciativa PRIMA (Partnership for Research and Innovation in the M

A Associação Ludus e o Departamento de História e Filosofia das Ciências da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa tomaram a iniciativa de organizar regularmente um conjunto de conferências de alto nível.

Noite Europeia dos Investigadores 2018

Ciência na cidade é o tema da Noite Europeia dos Investigadores do biénio 2018-2019, o qual pretende aproximar investigadores e sociedade em atividades preparatórias e durante as noites da última sexta-feira de setembro.

Pedro Alexandre Pacheco Pinto Maia defende a dissertação "Resilient Communication in Smart Grids".

Noites no Observatório - Mais perto do inatingível

Por José Afonso (IA - Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço / Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa).

Orçamento Participativo Portugal

O Orçamento Participativo Portugal é um processo democrático deliberativo, direto e universal, através do qual as pessoas apresentam propostas de investimento e que escolhem, através do voto, quais os projetos q

Bolsas de Doutoramento da ULisboa

A ULisboa lançou, em 2015, um Programa de Bolsas de Doutoramento. Reconhecendo a importância que o financiamento dos estudantes tem para o desenvolvimento dos sistemas económico e científico, procurou-se assim criar condições para que os jovens investigadores concretizem o

Alunos de Ciências

Candidaturas online de 01 a 30 de setembro de 2018.

David Manuel da Costa Berto defende a dissertação "Universal Windows Application - Apoio à Inspeção".

SPINON Workshop 2018

A platform that brings together renowned scientists and young researchers in the field of molecular magnetism.

Ricardo João Viegas Ressurreição defende a tese "Evolução tectono-estratigráfica cenozóica do litoral alentejano (sector Melides-Odemira) e enquadramento no regime geodinâmico atual".

Tiago Alexandre Orrico Moucho defende a dissertação "VisuaLeague II - Animated Maps for Performance Analysis in Games".

Rui Pedro Cascalheira Calado defende a dissertação "Auditoria Contínua e os Incidentes de Segurança".

Paulo David Ferreira Antunes defende a dissertação "Monitoring Web Applications for Vulnerability Discovery and Removal Under Attack".

Pedro Miguel Dâmaso Lourenço defende a dissertação "Origination - crowdsourcing na resolução de desafios de negócio".

EuCheMSIL 2018 - 27th Conference on Molten Salts and Ionic Liquids

This series of meetings initiated in 1966 as EUCHEM Conference on Molten Salts in Norway. After molten salt and ionic liquid communities joined forces in 2006, it developed to a true European event organized every two years.

Páginas