Conferências CIUHCT

As conexões entre o Brasil e Portugal na origem da criação do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Com Ewerton Luiz Silva (Universidade de São Paulo)

FCT - NOVA (Edifício VIII, Sala 4.8), Monte de Caparica
Imagem ilustrativa do evento

As Conferências do CIUHCT são um ciclo de palestras organizado anualmente pelo CIUHCT acerca de assuntos de História das Ciências e da Tecnologia.

Sinopse: Em janeiro de 1959, por iniciativa de alguns professores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), foi inaugurado o Instituto de Medicina Tropical (IMT) como um centro de pesquisa e ensino voltado para aquela especialidade médica. Seu primeiro diretor, Carlos da Silva Lacaz - docente de Microbiologia e Imunologia da Faculdade - reconheceu que a inspiração para criar, na capital paulista, um instituto de medicina tropical nasceu durante sua estadia em Portugal a fim de participar do VI Congresso Internacional de Medicina Tropical e Paludismo (1958), sediado no recém-fundado edifício do Instituto de Medicina Tropical de Lisboa. Pretendo defender, ao longo de minha apresentação, que a participação de médicos brasileiros – entre eles Carlos Lacaz e Emmanuel Dias – naquele congresso, foi consequência, para além do reconhecimento internacional da medicina brasileira, de um processo de aproximação científica entre médicos tropicalistas dos dois lados do Atlântico, reforçado a partir de 1944. Naquele ano, João Fraga de Azevedo – diretor do Instituto de Medicina Tropical de Lisboa – e Augusto Salazar Leite – docente da cadeira de Dermatologia e Micologia Tropicais – protagonizaram a primeira missão médica oficial portuguesa de estudos ao Brasil. Os professores lusitanos permaneceram em terras brasileiras por 38 dias e estagiaram nos principais centros científicos do país como o Instituto Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, e o Instituto Butantan, em São Paulo. Na altura, foi proposta a intensificação do intercâmbio científico mediante a criação de um Instituto Brasil-Portugal e a realização de congressos médicos entre os dois países. Ao longo da década de 1950, diversos congressos promoveram espaços para uma maior cooperação científica entre brasileiros e portugueses, como: o V Congresso de Microbiologia (Rio de Janeiro, 1950), o I Congresso Nacional de Medicina Tropical (Lisboa, 1952), as Jornadas Médicas luso-brasileiras (Rio de Janeiro e São Paulo, 1952 e Lisboa e Coimbra, 1956) e o Congresso Internacional sobre a doença de Chagas (Rio de Janeiro, 1959). Desta forma, pretendo expor como estas conexões foram importantes para alimentar uma movimentação em São Paulo com o intuito de erigir um instituto voltado para o estudo de moléstias tropicais que também acometiam o estado e sua população.

Sobre o Orador: Historiador diplomado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), Mestre em História pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), autor do livro “Do sonho à loucura: hospitais psiquiátricos e imigração portuguesa em São Paulo (1929-1939)”, Doutorando pelo Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e bolseiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

13h00
CIUHCT - Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia
CIUHCT

Por Emílio Franco (IST).

Esta palestra tem por objetivo a preparação para as várias etapas de um processo de seleção profissional: a elaboração do CV, a carta de motivação e a entrevista de emprego. Enfatiza aspetos do que deve conhecer sobre si próprio e sobre estas etapas de recrutamento.

Por Ivo Sousa-Ferreira (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa).

Por Angelo Aliano Filho (Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP).

Imagem ilustrativa do evento, acompanhada de várias informações (título, dia, hora e local)

Gostarias de saber como te podes candidatar a estágios ou a uma carreira nas Instituições e Agências da União Europeia? No próximo dia 11 de dezembro, entre as 18h e as 19h horas irá realizar-se uma Sessão sobre as Carreiras na UE!

Imagem ilustrativa dos Seminários Ciência e Império, sobre um fundo branco

Este seminário destina-se à apresentação de trabalhos em curso sobre as inter-relações entre conhecimento científico, tecnologia e formações imperiais.

Imagem ilustrativa do evento

The FCT AWESOME - Awareness While Experiencing and Surfing On Movies through Emotions - project aims to investigate the emotional dimension of movies, to provide support for the classification, access, navigation and visualization of movie collections, not only

Speakers: Pedro Garcia (CENTRA/FCUL) & João Silvestre (CENTRA/IST).

Logótipo EIT Health, sobre um fundo branco

As of 1 October 2019, EIT Health has opened its call for proposed activities to be included in the Business Plan 2021.

Maria Inês Castanheira Rolo defende a dissertação "Transfer value: Cálculo para um indivíduo do Reino Unido".

Por Carlos Marques da Silva (Ciências ULisboa).

Por Marco Caroccia (Scuola Normale Superiore & Università di Firenze).

Imagem ilustrativa do evento (mapa antigo)

Este seminário é um curso livre, aberto à comunidade académica e a todos os interessados, com entrada gratuita.

Por Benoît Merlet (Laboratoire Paul Painlevé, Université de Lille).

Tiago Miguel Baeta Luís defende a dissertação "Papel da Glicoproteína G do Vírus da Raiva na Indução de Apoptose".

Por Daniel Galaviz (FCUL/LIP).

André Abrantes da Costa defende a dissertação "Computational and validation approaches in proteomics discovery of disease biomarkers".

Júri das provas:

Com Dieter Mersch (ZHdK, Suiça), Hanns Holger Rutz (KUG/IEM, Austria) e Miguel Marques Cardoso.

Entrada livre, mediante inscrição prévia.

Tânia Filipa Rodrigues Cordeiro defende a dissertação "Identificação de substâncias dopantes em fluidos biológicos de atletas por LC-MS: definição de critérios de identificação e avaliação da incerteza do exame".

Por Tom Sutherland (Grupo de Física Matemática).

Frase "O que existe no meu mundo?" sobre um fundo azul e amarelo

Em 2019 celebram-se os 150 anos da Tabela Periódica, pelo que a Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou este ano como o Ano Internacional da Tabela Periódica dos Elementos Químicos (IYPT 2019).

Imagem ilustrativa do Doutoramento em Filosofia da Ciência, Tecnologia, Arte e Sociedade

Provas de Doutoramento - Tiago Bruno Borges Rodrigues Mesquita Carvalho.

Tema da tese e alvo de discussão oral: “A medida e as coisas. Virtudes, responsabilidade e tecnologia”.

Júri:

Vasco Freire Serra defende a dissertação "Pesquisa e Navegação de Filmes e Músicas com Base em Citações e Letras no AS Music By".

Rodrigo Daniel Garrilha Santos defende a dissertação "Construction of machine learning models to predict pharmacology properties of molecules".

Júri das provas:

Páginas