Conferências CIUHCT

As conexões entre o Brasil e Portugal na origem da criação do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Com Ewerton Luiz Silva (Universidade de São Paulo)

FCT - NOVA (Edifício VIII, Sala 4.8), Monte de Caparica

As Conferências do CIUHCT são um ciclo de palestras organizado anualmente pelo CIUHCT acerca de assuntos de História das Ciências e da Tecnologia.

Sinopse: Em janeiro de 1959, por iniciativa de alguns professores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), foi inaugurado o Instituto de Medicina Tropical (IMT) como um centro de pesquisa e ensino voltado para aquela especialidade médica. Seu primeiro diretor, Carlos da Silva Lacaz - docente de Microbiologia e Imunologia da Faculdade - reconheceu que a inspiração para criar, na capital paulista, um instituto de medicina tropical nasceu durante sua estadia em Portugal a fim de participar do VI Congresso Internacional de Medicina Tropical e Paludismo (1958), sediado no recém-fundado edifício do Instituto de Medicina Tropical de Lisboa. Pretendo defender, ao longo de minha apresentação, que a participação de médicos brasileiros – entre eles Carlos Lacaz e Emmanuel Dias – naquele congresso, foi consequência, para além do reconhecimento internacional da medicina brasileira, de um processo de aproximação científica entre médicos tropicalistas dos dois lados do Atlântico, reforçado a partir de 1944. Naquele ano, João Fraga de Azevedo – diretor do Instituto de Medicina Tropical de Lisboa – e Augusto Salazar Leite – docente da cadeira de Dermatologia e Micologia Tropicais – protagonizaram a primeira missão médica oficial portuguesa de estudos ao Brasil. Os professores lusitanos permaneceram em terras brasileiras por 38 dias e estagiaram nos principais centros científicos do país como o Instituto Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, e o Instituto Butantan, em São Paulo. Na altura, foi proposta a intensificação do intercâmbio científico mediante a criação de um Instituto Brasil-Portugal e a realização de congressos médicos entre os dois países. Ao longo da década de 1950, diversos congressos promoveram espaços para uma maior cooperação científica entre brasileiros e portugueses, como: o V Congresso de Microbiologia (Rio de Janeiro, 1950), o I Congresso Nacional de Medicina Tropical (Lisboa, 1952), as Jornadas Médicas luso-brasileiras (Rio de Janeiro e São Paulo, 1952 e Lisboa e Coimbra, 1956) e o Congresso Internacional sobre a doença de Chagas (Rio de Janeiro, 1959). Desta forma, pretendo expor como estas conexões foram importantes para alimentar uma movimentação em São Paulo com o intuito de erigir um instituto voltado para o estudo de moléstias tropicais que também acometiam o estado e sua população.

Sobre o Orador: Historiador diplomado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), Mestre em História pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), autor do livro “Do sonho à loucura: hospitais psiquiátricos e imigração portuguesa em São Paulo (1929-1939)”, Doutorando pelo Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e bolseiro da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

13h00
CIUHCT - Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia
CIUHCT

Speaker: Andrei Sipos (TU Darmstadt & Institute of Mathematics of the Romanian Academy).

Face à emergência da pandemia da COVID-19, a 6.ª edição da Escola de Verão de Energia da Faculdade de Ciências da ULisboa, prevista para 6 a 10 de julho de 2020, será adiada para data a definir em 2021.

CoastNet - Rede Portuguesa de Monitorização Costeira é uma infraestrutura de investigação MARE, que faz parte do Roteiro Nacional de Infraestruturas de Investigação de Interesse Estratégico (RNIE-FCT). Através do seu funcionamento est

Speaker: Elvira Zappale (Università Degli Studi di Salerno).

Cancelamento motivado pela aplicação do plano de contingência da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, na sequência das orientações da Direção-Geral de Saúde e das recomendações por parte da Reitoria da Universidade de Lisboa, relativamente ao novo Coronavírus (CO

Apresentações de Andreia Figueiredo (Ciências ULisboa) e Paula Silva (ICBAS.UPorto / Science & Wine).

Candidaturas a decorrer até ao dia 15 de julho de 2020.

IN3+  | Um Milhão para a Inovação.

O prémio IN3+ destina-se a todos os investigadores pertencentes às entidades que integram a Rede Inovação INCM.

Cancelamento motivado pela aplicação do plano de contingência da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, na sequência das orientações da Direção-Geral de Saúde e das recomendações por parte da Reitoria da Universidade de Lisboa, relativamente ao novo Coronavírus (COVID-1

Speaker: Gonçalo Tabuada (FCTUNL).

New date: September 14th-16th, 2020.

Ciências ULisboa associa-se ao maior evento mundial sobre inovação para a sustentabilidade - “The Planetiers World Gathering” - que terá lugar no Altice Arena entre 21 e 23 de outubro de 2020, sob os auspícios da

Programa de Formação Contínua de Professores do Ensino Básico (3.º ciclo) e Secundário, grupos 420 e 520.

Leitura e escrita são a base fundacional de todas as literacias e a condição primeira para o juízo compreensivo e crítico, o enriquecimento cultural, a formação estética e a memória individual e coletiva das sociedades.

Overview: Currently, climate changes or alterations are known to be reflected on the stable isotope ratios of Hydrogen, Nitrogen, Carbon, Oxygen and Sulphur present in atmospheric gas forms, fresh or ocean water, as well as in plants and animals and organi

Objectives: Evolutionary theory provides a framework for understanding all living systems.

Objectives: To introduce participants to the details of communicating science to non-specialized audiences, including, but not exclusive to, public and private stakeholders, students and teachers, and media professionals.

Objectives: Natural history museums are privileged spaces for seminal research on different subjects of biological sciences such as biodiversity, evolution, ecology, biogeography and taxonomy.

Objectives: Provide students with basic workflows, platforms and tools to increase reproducibility at all scientific levels.

Objectives: Under the general framework of Global Change Ecology, the goal of this course is to provide the participants with the most recent and practical knowledge on the use of Functional Diversity.

Objectives: The objective of this course is to introduce participants to the details of communication and writing scientific publications. The main emphasis is on the most common form, the “primary scientific paper”, but other forms will be covered.

Objectives: Lack of fertile land to feed the exponentially growing population, insufficient water availability and quality, changes in the flow of nutrients through the bio-geo-cycles (especially N and P) and climate and land use changes are impacting ecosystem

Objectives: Symbiosis is a key strategy for life on Earth.

Objectives: The goal of this course is to provide to the participants with current and practical knowledge on urban ecology, including ecological and social aspects. It aims at providing an integrated approach on urban socio-ecological systems.

Objectives: Citizen science can be part of the larger process of engaging people in new forms of interaction in scientific research, challenging scientists and citizens whilst enlarging scientific knowledge and providing learning opportunities for all part

New date: 30 August - 03 September 2021.

This conference is the 22nd in the series of triennial conferences which bring together the Particle and Nuclear Physics communities.