Quintas do MARE

Microplásticos nos oceanos: a ameaça invisível

Sala 6.2.43, FCUL, Lisboa

Paula Sobral
MARE-FCT UNL

Os microplásticos representam uma ameaça para o ambiente marinho e são hoje reconhecidos como um problema global. Nesta palestra serão apresentados resultados do trabalho recente desenvolvido em Portugal sobre microplásticos e contaminantes associados, bem como iniciativas que visam reduzir o lixo marinho e os seus impactos nos meios aquáticos, envolvendo diferentes setores da sociedade. Os microplásticos estão presentes na coluna de água, à superfície e nos fundos marinhos em todo o mundo, e provém principalmente de atividades terrestres relacionadas com os hábitos de consumo, deficiente gestão de resíduos e comportamentos desadequados. Invisíveis ao olho humano, estas partículas são confundidas com alimentos e ingeridas por muitos grupos de organismos marinhos. Os plásticos adsorvem compostos orgânicos persistentes presentes na água e libertam aditivos tóxicos incorporados na produção. Estes compostos são bioacumuláveis e podem potencialmente ser transferidos ao longo da cadeia trófica, e atingir as populações humanas que consomem produtos do mar, um risco que necessita ser avaliado.

Assista em direto!

13h30
MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente

Inês Pinto Gouveia apresenta a dissertação "Non-intrusive Observation and Runtime Verification of Cyber-Physical Systems".

Por Alberto Saldaña (Karlsruher Institut für Technologie).

Esta palestra encerra o 5.º Encontro Nacional de Espectrometria de Massa e será aberta a quem desejar assistir.

Exposição comissariada pela investigadora Ana Duarte Rodrigues (CIUHCT) e que aborda o trabalho desenvolvido pelo pelouro dos Passeios, Jardins e Arvoredos da Câmara Municipal de Lisboa por volta de 1875, a p

Luis Miguel dos Santos Vilar Ferreira apresenta a dissertação "A multi-level model for risk assessment in SIEM".

Por Alexander Usvyatsov (Universidade de Lisboa, CMAF-CIO).

Circuito enquadrado no ambiente de montado que circunda a aldeia do Lousal.

Caminhe na natureza e abra as portas ao conhecimento científico que os monumentos megalíticos da região oferecem.

A cerimónia contará com as contribuições de José Artur Martinho Simões, Diretor da Faculdade de Ciências, Professora Maria Isabel Fraga Alves e Professor Luís Correia, bem como dos homenageados, Professora Ivette Gomes e Professor Helder Coelho.

O Desafio Societal 1 do Horizonte 2020 - “Saúde, alterações demográficas e bem-estar” - conta com um orçamento 2.000 M€ para o financiamento de projetos na área da saúde entre 2018 e 2020.

Maria Alexandra Soares Gomes Cardoso de Oliveira apresenta a tese "Boulder deposits related to extreme marine events in the western coast of Portugal".

Por Jorge Buescu (Departamento de Matemática, FCUL).

As provas, requeridas por Pedro Miguel Nunes da Rosa Dias Duarte, decorrem nos dias 28 e 29 de setembro de 2017.

Dedicada ao tema “SCILIFE - Science in Everyday Life / Ciência no dia-a-dia”, a Noite Europeia dos Investigadores em Lisboa terá lugar no Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa.

Por Emílio Franco (Universidade do Porto).

Candidaturas a Bolsas de Doutoramento a decorrer até 02 de outubro de 2017.

Programa de Formação Contínua de Professores do Ensino Básico (3.º ciclo) e Secundário, grupos 420 e 520.

Adaptationism, i.e. the claim that natural selection provides a sufficient explanation for the evolution of most traits, pervades all aspects of biological thinking.

Por Franz Gatzweiler (Executive director of the 10-year global interdisciplinary research programme on “Health and Wellbeing in the Changing Urban Environment: a Systems Approach," created by the International Council for Science (ICSU), and sponsored by the Un

Por Artur Tiago Silva (CERIS, Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa).

The European Symposium on Nanofluids (ESNf) will be a series of international conferences to be organized in Europe and the very first one (1st ESNf) will be held in Lisbon, Portugal during 8-10 October 2017.

Os ecossistemas fluviais portugueses são um património natural único, muito rico em espécies piscícolas endémicas, sendo também um recurso fundamental de água doce.

A conferência conta com a participação de Jorge Marques da Silva e Cristina Branquinho, da FCUL.

A iniciativa conta com a participação de Henrique Leitão (FCUL), decorrendo as expressões de interesse até 12 de maio de 2017.

For understanding Nature, modern science has turned to mathematical and physical models that dramatically simplified the complexity of natural phenomena and processes.

Páginas