Marte 2030 - Ciclo de conversas com os pés assentes em Marte

Sobreviver em Marte

Centro Cultural de Belém, Lisboa
Marte 2030 - Ciclo de conversas com os pés assentes em Marte "Sobreviver em Marte"

Por Pedro Machado (IA/Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) e Isabel Abreu (ITQB-NOVA).

Será Marte capaz de suportar a vida de seres humanos? Assim que uma tripulação aterre na superfície de Marte, a sua resistência será posta à prova pelas duras condições do planeta vermelho. Cultivar alimentos, manter o estado de saúde física e mental, e até respirar, serão tarefas dificultadas por um ambiente frio, com ar rarefeito e sem água líquida. 

Moderação a cargo da jornalista Vera Novais (Observador).

O Ciclo Marte 2030 é uma coprodução do IA - Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, do ITQB-NOVA - Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier da Universidade Nova de Lisboa, e do CCB - Centro Cultural de Belém.

Videotransmissão em direto.


As razões para enviar missões tripuladas a Marte e os desafios que elas colocam serão tema para um ciclo de conversas com investigadores, coproduzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, o Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier e o Centro Cultural de Belém.

Após décadas de sucessos, fracassos e muita determinação, o sonho de ter os pés bem assentes em Marte é uma ficção cada vez mais real. MARTE 2030 é um ciclo de quatro conversas em interação com o público em que investigadores vão falar sobre a possibilidade de vivermos no planeta vermelho. É uma coprodução do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), do Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier da Universidade Nova de Lisboa (ITQB-NOVA) e do Centro Cultural de Belém (CCB).

As sessões terão lugar no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, entre outubro de 2018 e janeiro de 2019. As conversas serão temáticas, cobrindo o leque de questões que se levantam quando consideramos deixar o nosso planeta de origem e testar a resistência humana numa viagem tão longa, tão longe como nunca antes, e a um ambiente tão inóspito como Marte.

Cada sessão junta dois investigadores convidados que irão responder a perguntas colocadas pelo público e moderadas por conhecidos jornalistas de ciência. Às conversas seguem-se observações astronómicas com telescópios, caso as condições meteorológicas o permitam.

O ciclo Marte 2030 decorre sempre a um sábado, entre as 21h00 e as 23h00, na Sala Luís de Freitas Branco, no CCB. Serão cobradas entradas de valor simbólico (€ 2,5) para cobrir os custos de utilização do espaço, com uma opção ainda mais económica por sessão no caso da aquisição do bilhete para o ciclo completo (€ 8).

21h00-23h00

Curso de 4 módulos, com os seguintes temas:

Field Trip "Tectono-stratigraphic evolution of the SW Iberian Margin and its hydrocarbon potential"

A AAPG-SC UL anuncia a 1.ª Field Trip do presente ano letivo, em parceria com a SEG Técnico Student Chapter Lisbon, intitulada “Tectono-stratigraphic evolution of the SW Iberian Margin and its hydrocarbon potential” e orientada pelo PhD Ricardo Pereira (Partex) e pelo Pr

Noites no Observatório "Coincidências Cósmicas"

Vivemos num Universo que parece ter sido ajustado de forma muito precisa para permitir a nossa existência.

O congresso conta com a participação de Jorge Relvas (Ciências ULisboa).

Seminário Permanente de Astronomia Antiga | CIUHCT/UL - DHFC/FCUL "O movimento da oitava esfera"

Este seminário é um curso livre, aberto à comunidade académica e a todos os interessados, com entrada gratuita.

Por Alessandro Zilio (LJLL - Paris Diderot / University of Paris).

A sessão, no âmbito da iniciativa VEHITS 2019 - 5th International Conference on Vehicle Technology and Intelligent Transport Systems a decorrer de 03 a 05 de maio de 2019, conta com a participação dos docentes de Ciências ULisboa Carla Silva (chair

Petra Alexandra Morbey Ferro Gaspar Pacheco defende a dissertação "Técnicas de Álgebra Multilinear na Resolução de Problemas de Teoria Aditiva".

A iniciativa conta com a participação de Luís Saraiva (Ciências ULisboa).

O Tagis - Centro de Conservação das Borboletas de Portugal e os coordenadores do Projeto Europeu ABLE, em parceria com o cE3c - Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, Butterfly Conservation Europe e o Município de Almada, convidam todos os interessados a particip

O ISIC é uma organização sem fins lucrativos e representa o ISIC, o Cartão Internacional de Estudante - patrocinado pela UNESCO, apoiado pelo Conselho da União Europeia para a Educação, Juventude, Cultura e Desporto e diversos ministérios da educação e organiza

O Dia Aberto de Ciências realiza-se no dia 08 de maio de 2019.

As provas, requeridas por Francisco André de Campos Pereira Dionísio, decorrem nos dias 13 e 14 de maio de 2019.

No dia 14 de maio, será apreciado o sumário do seminário/lição com o título "Pathogens and parasites as effective biological weapons".

Cursos Avançados cE3c 2018/2019

Nature-based approach to Design solutions for a more resilient future aims to support societies address a variety of environmental, social and economic challenges in sustainable ways. This approach relies on actions that are inspired by, supported by or copied from Nature.

Programa Doutoral em Filosofia da Ciência, Tecnologia, Arte e Sociedade

Candidaturas a Bolsas de Doutoramento de 30 de março a 15 de maio de 2019.

Gisela Vitória Cheoo defende a dissertação "Estimation of bowhead whale (Balaena mysticetus) population density using spatially explicit capture-recapture(SECR) methods".

Candidaturas ao Programa Almeida Garrett

Candidaturas até 17 de maio de 2019 (mobilidade no 1.º semestre) e até 18 de outubro de 2019 (mobilidade no 2.º semestre).

Uma vez por mês, aos domingos de manhã, junte-se à equipa de investigadores da Lista Vermelha de Invertebrados. Participe e contribua para a amostragem da diversidade de insetos em Sítios de Importância Comunitária da Rede Natura 2000.

Candidaturas a programa de apoio ao empreendedorismo na área do mar - MARE STARTUP

A Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, a Universidade Católica Portuguesa, o Fórum Oceano e a Sociedade de Avaliação Estratégica e Risco lançaram em 2015 o consórcio MARE STARTUP destinado a promover o empreendedorismo e inovação empresarial no Mar, como forma

Projeto IFiT, desenvolvido no âmbito do ERASMUS+, tem a duração de 3 anos e inclui, duas vezes por ano, um curso de campo (

Páginas