Marte 2030 - Ciclo de conversas com os pés assentes em Marte

Sobreviver em Marte

Centro Cultural de Belém, Lisboa
Marte 2030 - Ciclo de conversas com os pés assentes em Marte "Sobreviver em Marte"

Por Pedro Machado (IA/Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) e Isabel Abreu (ITQB-NOVA).

Será Marte capaz de suportar a vida de seres humanos? Assim que uma tripulação aterre na superfície de Marte, a sua resistência será posta à prova pelas duras condições do planeta vermelho. Cultivar alimentos, manter o estado de saúde física e mental, e até respirar, serão tarefas dificultadas por um ambiente frio, com ar rarefeito e sem água líquida. 

Moderação a cargo da jornalista Vera Novais (Observador).

O Ciclo Marte 2030 é uma coprodução do IA - Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, do ITQB-NOVA - Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier da Universidade Nova de Lisboa, e do CCB - Centro Cultural de Belém.

Videotransmissão em direto.


As razões para enviar missões tripuladas a Marte e os desafios que elas colocam serão tema para um ciclo de conversas com investigadores, coproduzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, o Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier e o Centro Cultural de Belém.

Após décadas de sucessos, fracassos e muita determinação, o sonho de ter os pés bem assentes em Marte é uma ficção cada vez mais real. MARTE 2030 é um ciclo de quatro conversas em interação com o público em que investigadores vão falar sobre a possibilidade de vivermos no planeta vermelho. É uma coprodução do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), do Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier da Universidade Nova de Lisboa (ITQB-NOVA) e do Centro Cultural de Belém (CCB).

As sessões terão lugar no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, entre outubro de 2018 e janeiro de 2019. As conversas serão temáticas, cobrindo o leque de questões que se levantam quando consideramos deixar o nosso planeta de origem e testar a resistência humana numa viagem tão longa, tão longe como nunca antes, e a um ambiente tão inóspito como Marte.

Cada sessão junta dois investigadores convidados que irão responder a perguntas colocadas pelo público e moderadas por conhecidos jornalistas de ciência. Às conversas seguem-se observações astronómicas com telescópios, caso as condições meteorológicas o permitam.

O ciclo Marte 2030 decorre sempre a um sábado, entre as 21h00 e as 23h00, na Sala Luís de Freitas Branco, no CCB. Serão cobradas entradas de valor simbólico (€ 2,5) para cobrir os custos de utilização do espaço, com uma opção ainda mais económica por sessão no caso da aquisição do bilhete para o ciclo completo (€ 8).

21h00-23h00
Imagem ilustrativa do evento, acompanhada de várias informações (título, data e hora do evento; orador; logótipos das entidades organizadoras)

Uma parte do Universo não se vê, mas sente-se, como se fosse fantasma. O mais surpreendente é que essa parte é quase tudo o que existe: 95% do Universo!

Imagem ilustrativa do prémio

Um prémio dirigido aos jovens investigadores a trabalhar em Portugal com objetivos de investigação centrados no Atlântico, com candidaturas entre 01 e 28 de fevereiro de 2021.

Imagem ilustrativa da iniciativa (ameaças à vida marinha)

O projeto visa apresentar soluções que contribuam para o desafio atual da sustentabilidade dos Oceanos - candidaturas até 28 de fevereiro de 2021.

This course aims to explore ways of communicating science to non-specialized audiences, such as policy makers, industry, general public (including students and teachers), and media professionals, through their engagement and participation in citizen science activities.

Imagem ilustrativa do evento, acompanhada de várias informações úteis (data e logótipo da entidade organizadora)

A specialised course on the Physics at the Large Hadron Collider is organised by LIP in the framework of the International Doctorate Network in Particle Physics, Astrophysics and Cosmology (IDPASC).

Mathematical Logic Webinar, por Sérgio Marcelino (Instituto de Telecomunicações - IST).

Ciclo de workshops de promoção do bem-estar, relaxamento e criatividade.

Fotografia da cidade de Grenoble, acompanhada do título e data do evento

Um evento com a participação de professores, funcionários, estudantes e membros da administração das sete Instituições de Ensino Superior que integram a Unite!, uma aliança de universidades europeias da qual faz parte a Universidade de Lisboa.

Representação de diagrama

Submissão de candidaturas até 10 de março de 2021.

The workshop series aims to contribute to a broader debate on the relation between science and policymaking.

Ciclo de workshops de promoção do bem-estar, relaxamento e criatividade.

Título do evento, acompanhado da data e dos logótipos das entidades organizadoras

Iniciativa no âmbito das celebrações do Dia Internacional da Matemática.

Geometry Webinar, por Ricardo Campos (CNRS/University of Montpellier).

Logótipo do programa HiTech, acompanhado de informações úteis (objetivos e prazo de candidatura)

Candidaturas ao programa, destinado a capacitar investigadores na valorização dos resultados de investigação científica, a decorrer até 26 de março de 2021.

Imagem ilustrativa do evento, acompanhada de várias informações úteis (data/hora/local)

Um debate aberto ao público, especialmente indicado a quem se interroga sobre a Matemática e o seu futuro.

This course aims at exploring how scientists can use social media as tools to enhance the communication of their research and the dialogue with society, and discussing the differences that exist in the work of scientists and journalists in terms of the methods and deadlines they meet and exploring how scientists and journalists can better articulate.

This course will teach how to apply the SWAT eco-hydrological model to assess the impacts of climate and associated changes on water-soil-plant interactions, and consequences to water resources, soil erosion and nutrient cycles.

Geometry Webinar, por Pierre Schapira (Professor emeritus Sorbonne University).

This course aims to provide students with basic knowledge of R programming, allowing them to manipulate and visualize data with R

This course aims to provide students with statistical knowledge and tools to manipulate, analyze and visualize biological data with R. Introduction to modeling, simulations and Bayesian statistics.

Logótipo da iniciativa

"Património e divulgação em Paleontologia" é o tema escolhido para esta edição do EJIP.

A mostly practical course, offering an overview on different community ecology and macroecological methods and software.

Logótipo da conferência, sobre um fundo branco

THE meeting place for Mobility Management practitioners and experts all over Europe.

This course introduces the field of island biogeography, a discipline that has long influenced other research areas such as macroecology, community ecology, evolution and conservation biology, covering its main aspects.

An overview of the different ways to measure biodiversity, and provides tips for the stratification of primary biodiversity data and the construction of variables that describe its various facets.

Páginas