Marte 2030 - Ciclo de conversas com os pés assentes em Marte

Sobreviver em Marte

Centro Cultural de Belém, Lisboa
Marte 2030 - Ciclo de conversas com os pés assentes em Marte "Sobreviver em Marte"

Por Pedro Machado (IA/Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) e Isabel Abreu (ITQB-NOVA).

Será Marte capaz de suportar a vida de seres humanos? Assim que uma tripulação aterre na superfície de Marte, a sua resistência será posta à prova pelas duras condições do planeta vermelho. Cultivar alimentos, manter o estado de saúde física e mental, e até respirar, serão tarefas dificultadas por um ambiente frio, com ar rarefeito e sem água líquida. 

Moderação a cargo da jornalista Vera Novais (Observador).

O Ciclo Marte 2030 é uma coprodução do IA - Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, do ITQB-NOVA - Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier da Universidade Nova de Lisboa, e do CCB - Centro Cultural de Belém.

Videotransmissão em direto.


As razões para enviar missões tripuladas a Marte e os desafios que elas colocam serão tema para um ciclo de conversas com investigadores, coproduzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, o Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier e o Centro Cultural de Belém.

Após décadas de sucessos, fracassos e muita determinação, o sonho de ter os pés bem assentes em Marte é uma ficção cada vez mais real. MARTE 2030 é um ciclo de quatro conversas em interação com o público em que investigadores vão falar sobre a possibilidade de vivermos no planeta vermelho. É uma coprodução do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), do Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier da Universidade Nova de Lisboa (ITQB-NOVA) e do Centro Cultural de Belém (CCB).

As sessões terão lugar no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, entre outubro de 2018 e janeiro de 2019. As conversas serão temáticas, cobrindo o leque de questões que se levantam quando consideramos deixar o nosso planeta de origem e testar a resistência humana numa viagem tão longa, tão longe como nunca antes, e a um ambiente tão inóspito como Marte.

Cada sessão junta dois investigadores convidados que irão responder a perguntas colocadas pelo público e moderadas por conhecidos jornalistas de ciência. Às conversas seguem-se observações astronómicas com telescópios, caso as condições meteorológicas o permitam.

O ciclo Marte 2030 decorre sempre a um sábado, entre as 21h00 e as 23h00, na Sala Luís de Freitas Branco, no CCB. Serão cobradas entradas de valor simbólico (€ 2,5) para cobrir os custos de utilização do espaço, com uma opção ainda mais económica por sessão no caso da aquisição do bilhete para o ciclo completo (€ 8).

21h00-23h00
Título do programa, sobre mosaico de fotografias de jovens cientistas

Dez anos de 'Ser Cientista': candidata-te até 20 de junho!

Logótipo do evento, sobre um fundo branco

Um evento de reunião da comunidade nacional nas diversas vertentes da informática, com a ambição de ser o fórum de eleição para a divulgação, discussão e reconhecimento de trabalhos científicos.

Are you ready for this year's edition?

Imagem do evento - título, local e data do evento

Investigação Ecológica ao Serviço da Conservação

A leading venue for presenting and discussing the latest research, industrial practice and innovations in dependable and secure computing.

Páginas