Conferências CIUHCT | Literatura & Ciência

Medicina Indígena em Portugal: práticas de cura popular da colônia no cânone médico português

Sala 8.2.06, FCUL, Lisboa

Índio com prancheta de aspirar o Paricá, Iconografia da Viagem Philosophica de Alexandre Rodrigue Ferreira, Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, Biblioteca Nacional Digital (BNRJ. Objeto digital: mss1255454_13, loc. Original 21 A,1,001 nº13 - Manuscrito

As Conferências do CIUHCT são um ciclo de palestras organizados anualmente pelo CIUHCT sobre assuntos de História das Ciências e da Tecnologia.

Os oradores são convidados a apresentar trabalhos originais da sua autoria, concluídos ou em curso.

As conferências são abertas ao público e têm a duração aproximada de 45 minutos, seguidas de discussão. A maioria das conferências é em português, embora no caso de oradores estrangeiros possam ser proferidas em inglês.

Sinopse

Medicina Indígena em Portugal: práticas de cura popular da colônia no cânone médico português

O sincretismo das práticas médicas adotadas durante o período colonial no Brasil foi um tema recorrentemente abordado pela historiografia tradicional. Pesquisadores como Licurgo Santos Filho, Sérgio Buarque de Holanda e Ordival de Cassiano Gomes sublinharam em suas obras tal condição, mostrando que a medicina exercida na colônia se caracterizava por aliar tradições indígenas, práticas de cura dos escravos africanos e a medicina europeia. Todavia, o sincretismo das práticas médicas não esteve apenas cerrado no espaço colonial. O que os pesquisadores alinhados à História Atlântica tem mostrado contemporaneamente é que as relações entre a Colónia e Metrópole influenciaram em ambas uma mudança profunda na forma como a medicina era então exercida. Assim, a presente comunicação tem como objetivo mostrar a existência de elementos da cura popular e indígena da América colonial inseridas no cânone da medicina portuguesa.

Indigenous Medicine in Portugal: colonial popular healing practices in the Portuguese medical canon

The syncretism of the medical practices adopted during the colonial period in Brazil was a subject repeatedly studied by traditional historiography. Researchers like Licurgo Santos Filho, Sérgio Buarque de Holanda and Ordival de Cassiano Gomes highlighted such condition, showing that the colonial medicine was characterized by allying indigenous traditions, healing practices of African slaves and European medicine. However, the syncretism of medical practices was not exclusive to the colonial area. The Atlantic History shows us that the relations between the Colony and the Metropolis influenced in both a profound change in their medical practices. Thus, this communication aims to show the existence of popular and indigenous healing practices of colonial America within the canon of Portuguese medicine.

Sobre o orador

Wellington Silva Filho é doutorando em História e Filosofia das Ciências no Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa. Graduado em História pela Universidade Estadual de Maringá e Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da mesma instituição. Possui interesse em História da Medicina e Farmácia, História da História Natural, História do Império Português e História do Brasil Colônia.

18h00
CIUHCT - Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia
CIUHCT

Queres inovar o teu currículo e não sabes como?? Queres apostar na tua formação? Então esta é a oportunidade ideal para ti!!

Por Emma Berdan (Department of Marine Sciences, University of Gothenburg, Sweden).

Por Pedro Miranda (FCUL).

A iniciativa pretende perpetuar a fluidez do conhecimento na comunidade da Faculdade de Ciências, bem como reter o interesse dos alunos nos eventos de divulgação científica.

Por Jafar Adibi (Talkdesk - Head of Data Science and AI).

Candidaturas abertas até 28 de fevereiro de 2018.

O 2.º workshop do ScienceIN2Business vai percorrer o caminho do empreendedor desde a ideia até à criação do negócio.

Por Clara Cordeiro (CEAUL & Departamento Matemática, FCT - Universidade do Algarve).

Por Muhammad Ali Khan (FCUP).

Por Pedro Moura (CMAF-CIO, Ciências – ULisboa).

O mundo que nos rodeia é um manancial inesgotável de problemas à espera de serem resolvidos.

Por Alice Soares (Scientific Officer, Data Processing and Forecasting Systems, Weather and Disaster Risk Reduction Services Department, World Meteorological Organization).

A Jerónimo Martins estará presente na FCUL com o evento “Kick Start Your Morning, Kick Start Your Future”.

Apply now for activities assisting start-ups and SMEs.

Candidaturas a decorrer até 02 de março de 2018, mediante preenchimento de formulário disponível em www.bluepharma.pt/innovationaward.

A Universidade de Lisboa atribuirá o título de Doutor Honoris Causa à Professora Doutora Bernadette Bensaude-Vincent, por proposta da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Por Daniel Barlet (Inst. Élie Cartan, Lorraine).

Estes cursos breves, dirigidos aos alunos de licenciatura (e mestrado) em Biologia da FCUL, têm como objetivo complementar o seu plano curricular e a oferta já existente para este público-alvo, e decorrem sobretudo aos fins de semana e feriados para evitar sobreposição com

Está a decorrer o período para a apresentação de candidaturas a financiamento no âmbito do Fundo Azul, direcionado a:

 

A specialized course on the Physics at the Large Hadron Collider is organized by LIP in the framework of the International Doctorate Network in Particle Physics, Astrophysics and Cosmology (IDPASC).

Sessão dirigida aos alunos finalistas de qualquer ciclo de estudos da FCUL.

Entrada livre, mediante inscrição prévia.

Por Paulo Amorim (Instituto de Matemática - Universidade Federal do Rio de Janeiro).

As provas, requeridas por Filipe Medeiros Rosas, decorrem nos dias 08 e 09 de março de 2018.

A Comissão Europeia lançou recentemente uma série de consultas públicas, agregadas por áreas políticas, para a preparação do próximo orçamento europeu a longo prazo, pós-2020 (MFF).

Páginas