Conferências CIUHCT | Literatura & Ciência

Medicina Indígena em Portugal: práticas de cura popular da colônia no cânone médico português

Sala 8.2.06, FCUL, Lisboa

Índio com prancheta de aspirar o Paricá, Iconografia da Viagem Philosophica de Alexandre Rodrigue Ferreira, Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, Biblioteca Nacional Digital (BNRJ. Objeto digital: mss1255454_13, loc. Original 21 A,1,001 nº13 - Manuscrito

As Conferências do CIUHCT são um ciclo de palestras organizados anualmente pelo CIUHCT sobre assuntos de História das Ciências e da Tecnologia.

Os oradores são convidados a apresentar trabalhos originais da sua autoria, concluídos ou em curso.

As conferências são abertas ao público e têm a duração aproximada de 45 minutos, seguidas de discussão. A maioria das conferências é em português, embora no caso de oradores estrangeiros possam ser proferidas em inglês.

Sinopse

Medicina Indígena em Portugal: práticas de cura popular da colônia no cânone médico português

O sincretismo das práticas médicas adotadas durante o período colonial no Brasil foi um tema recorrentemente abordado pela historiografia tradicional. Pesquisadores como Licurgo Santos Filho, Sérgio Buarque de Holanda e Ordival de Cassiano Gomes sublinharam em suas obras tal condição, mostrando que a medicina exercida na colônia se caracterizava por aliar tradições indígenas, práticas de cura dos escravos africanos e a medicina europeia. Todavia, o sincretismo das práticas médicas não esteve apenas cerrado no espaço colonial. O que os pesquisadores alinhados à História Atlântica tem mostrado contemporaneamente é que as relações entre a Colónia e Metrópole influenciaram em ambas uma mudança profunda na forma como a medicina era então exercida. Assim, a presente comunicação tem como objetivo mostrar a existência de elementos da cura popular e indígena da América colonial inseridas no cânone da medicina portuguesa.

Indigenous Medicine in Portugal: colonial popular healing practices in the Portuguese medical canon

The syncretism of the medical practices adopted during the colonial period in Brazil was a subject repeatedly studied by traditional historiography. Researchers like Licurgo Santos Filho, Sérgio Buarque de Holanda and Ordival de Cassiano Gomes highlighted such condition, showing that the colonial medicine was characterized by allying indigenous traditions, healing practices of African slaves and European medicine. However, the syncretism of medical practices was not exclusive to the colonial area. The Atlantic History shows us that the relations between the Colony and the Metropolis influenced in both a profound change in their medical practices. Thus, this communication aims to show the existence of popular and indigenous healing practices of colonial America within the canon of Portuguese medicine.

Sobre o orador

Wellington Silva Filho é doutorando em História e Filosofia das Ciências no Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa. Graduado em História pela Universidade Estadual de Maringá e Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da mesma instituição. Possui interesse em História da Medicina e Farmácia, História da História Natural, História do Império Português e História do Brasil Colônia.

18h00
CIUHCT - Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia
CIUHCT

Diogo Miguel Branco Silva defende a dissertação "PIQL-Interfaces Persuasivas para uma Vida Saudável".

Queres desenvolver as tuas competências linguísticas? Gostarias de conhecer pessoas de várias nacionalidades? Estás à procura de um parceiro tandem para aprender uma nova língua?

Participa no 1.º Encontro Tandem em Ciências!

Ficção Científica, Inteligência Artificial e o futuro da humanidade (e dos robôs) estarão em debate na conversa “Olhares sobre 2001: Odisseia no Espaço de Arthur C. Clarke".

Patrick Tony Lapa Joaquim defende a dissertação "Avaliação de opções com séries de Fourier".

Nuno Ricardo Raimundo Silva defende a dissertação "A CFO-based model of coningent claims with jump risk".

João Miguel Mendes dos Reis defende a dissertação "American Options under Stochastic Volatility via a Transformation Procedure".

Maria Salomé Coimbra Carmelo defende a dissertação "Data Mining applied to Neurorehabilitation Data".

Ao todo, são três os projetos de investigação nacionais sobre tubarões e raias que partilham fundo de 100 mil euros. 

Por Gabriela Gomes (Liverpool School of Tropical Medicine, UK / Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, Universidade do Porto).

Por Nuno Peres (Universidade do Minho).

Por Carina Silva (Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa - Instituto Politécnico de Lisboa).

Raquel Maria Vicente Filipe defende a dissertação "Coupled Wiener processes: from single to collective dynamics of active particles".

Joana Correia Pinto defende a dissertação "Desenvolvimento Aplicacional CRM em Modelo Cloud".

Inês da Silva Pinto Campos defende a dissertação "Trigonometria: encantos e recantos de uma abordagem didática".

Por Nuno M. Pedroso (Post-doc researcher CENA/São Paulo University and cE3c collaborator - Conservation Ecology group).

Por Henrique Leitão e Joaquim Alves Gaspar (FCUL).

Ana Rita da Silva Ferreira defende a dissertação “Otimização dos serviços de cuidados de saúde: planeamento de cirurgias eletivas em hospitais públicos".

As Conferências do CIUHCT são um ciclo de palestras organizados anualmente pelo CIUHCT sobre assuntos de História das Ciências e da Tecnologia.

Pode a matemática ajudar a resolver os problemas do Turismo?

Esta sessão conta com a participação de Cristina Branquinho (Ce3c, FCUL),  Luísa Nogueira (CCDR-LVT), Jorge Maia Alves (FCUL), André Borges (aluno FCUL) e moderados por Ricardo Trigo (IDL, FCUL).

Por Imme Van Den Berg (Universidade de Évora).

Páginas