Conferências CIUHCT | Literatura & Ciência

Medicina Indígena em Portugal: práticas de cura popular da colônia no cânone médico português

Sala 8.2.06, FCUL, Lisboa

Índio com prancheta de aspirar o Paricá, Iconografia da Viagem Philosophica de Alexandre Rodrigue Ferreira, Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, Biblioteca Nacional Digital (BNRJ. Objeto digital: mss1255454_13, loc. Original 21 A,1,001 nº13 - Manuscrito

As Conferências do CIUHCT são um ciclo de palestras organizados anualmente pelo CIUHCT sobre assuntos de História das Ciências e da Tecnologia.

Os oradores são convidados a apresentar trabalhos originais da sua autoria, concluídos ou em curso.

As conferências são abertas ao público e têm a duração aproximada de 45 minutos, seguidas de discussão. A maioria das conferências é em português, embora no caso de oradores estrangeiros possam ser proferidas em inglês.

Sinopse

Medicina Indígena em Portugal: práticas de cura popular da colônia no cânone médico português

O sincretismo das práticas médicas adotadas durante o período colonial no Brasil foi um tema recorrentemente abordado pela historiografia tradicional. Pesquisadores como Licurgo Santos Filho, Sérgio Buarque de Holanda e Ordival de Cassiano Gomes sublinharam em suas obras tal condição, mostrando que a medicina exercida na colônia se caracterizava por aliar tradições indígenas, práticas de cura dos escravos africanos e a medicina europeia. Todavia, o sincretismo das práticas médicas não esteve apenas cerrado no espaço colonial. O que os pesquisadores alinhados à História Atlântica tem mostrado contemporaneamente é que as relações entre a Colónia e Metrópole influenciaram em ambas uma mudança profunda na forma como a medicina era então exercida. Assim, a presente comunicação tem como objetivo mostrar a existência de elementos da cura popular e indígena da América colonial inseridas no cânone da medicina portuguesa.

Indigenous Medicine in Portugal: colonial popular healing practices in the Portuguese medical canon

The syncretism of the medical practices adopted during the colonial period in Brazil was a subject repeatedly studied by traditional historiography. Researchers like Licurgo Santos Filho, Sérgio Buarque de Holanda and Ordival de Cassiano Gomes highlighted such condition, showing that the colonial medicine was characterized by allying indigenous traditions, healing practices of African slaves and European medicine. However, the syncretism of medical practices was not exclusive to the colonial area. The Atlantic History shows us that the relations between the Colony and the Metropolis influenced in both a profound change in their medical practices. Thus, this communication aims to show the existence of popular and indigenous healing practices of colonial America within the canon of Portuguese medicine.

Sobre o orador

Wellington Silva Filho é doutorando em História e Filosofia das Ciências no Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa. Graduado em História pela Universidade Estadual de Maringá e Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da mesma instituição. Possui interesse em História da Medicina e Farmácia, História da História Natural, História do Império Português e História do Brasil Colônia.

18h00
CIUHCT - Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia
CIUHCT
Cursos Avançados cE3c 2018/2019

Objectives: To introduce participants to the details of communicating science to non-specialized audiences, including, but not exclusive to, public and private stakeholders, students and teachers, and media professionals.

Marte 2030 - Ciclo de conversas com os pés assentes em Marte

Por Rui Agostinho (IA/Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) e Pedro Fevereiro (ITQB-NOVA).

Marte 2030 - Ciclo de conversas com os pés assentes em Marte

Por Pedro Machado (IA/Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) e Isabel Abreu (ITQB-NOVA).

Cursos Avançados cE3c 2018/2019

The objective of this course is to introduce participants to the details of communication and writing scientific publications. The main emphasis is on the most common form, the “primary scientific paper”, but other forms will be covered.

Cursos Avançados cE3c 2018/2019

Under the general framework of Global Change Ecology, the goal of this course is to provide the participants with the most recent and practical knowledge on the use of Functional Diversity.

Cursos Avançados cE3c 2018/2019

This course introduces the field of island biogeography, a discipline that has long influenced other research areas such as macroecology, community ecology, evolution and conservation biology.

Cursos Avançados cE3c 2018/2019

Lack of fertile land to feed the exponentially growing population, insufficient water availability and quality, changes in the flow of nutrients through the bio-geo-cycles (especially N and P) and climate and land use changes are impacting ecosystems and their capacity to deliv

Cursos Avançados cE3c 2018/2019

Symbiosis is a key strategy for life on Earth. Nevertheless, although many research groups have long been committed to the study of symbiosis, its definition and functioning are not fully understood, and its ecological role and relevance are still underestimated.

In preparation for the new decade, society urgently needs to implement actions that can make us more resilient to the challenges of the 21st century.

Páginas