Ciclo de conferências "Conversas à 6.ª"

Os Impactos Territoriais das Autoestradas em Portugal

Sala de Conferências, Reitoria da ULisboa
Banner do evento, incluindo titulo/dia/hora/local e fotografia de uma autoestrada

redeMOV da ULisboa, no âmbito do Ciclo de Conferências “Conversas à Sexta”, organiza a conferência “Os Impactos Territoriais das Autoestradas em Portugal”.

Em 1986, no ano de adesão à então CEE, Portugal tinha uma das mais baixas dotações de autoestradas entre os países europeus. Desde então a rede cresceu rapidamente - a uma taxa média anual de 9% entre 1986 e 1990, 17% entre 1990 e 2000, e 5% entre 2000 e 2010 -, tendo o país atualmente a quinta maior densidade de autoestradas per capita da UE27 e a segunda maior densidade entre os países da UE15. Mas quais foram os impactos no território deste investimento?

A conversa irá apresentar os principais resultados do projeto TiTuSS, desenvolvido em parceira com o Instituto Superior Técnico (IST), que estudou os impactos socioeconómicos e territoriais da expansão da rede de autoestradas em Portugal desde 1981.

Esta Conferência contará com Patrícia Melo, Doutorada e Mestre em Economia Regional e Transportes pelo Imperial College London, Professora Associada no Departamento de Economia do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) da Universidade de Lisboa e investigadora na Unidade de Estudos sobre Complexidade e Economia (UECE).

Inscrições

17h00
Cartaz do evento

Reasoning Seminar, por João Alberto Pinto (Universidade do Porto).

O projeto LIFE INVASAQUA - Espécies exóticas invasoras em sistemas de água doce e estuarinos: sensibilização e prevenção na Península Ibérica” (LIFE17 GIE/ES/000515), financiado pelo programa LIFE, tem como pr

O evento conta com a participação do CIUHCT - Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia.

Logótipo do evento, sobre um fundo verde

A grande festa da Ciência está de volta ao MUHNAC!

Seminário Doutoral II (Doutoramento em Biologia), por Marta Maria Alves Antunes

CELab PhD Seminar, por Earl K. Miller (The Picower Institute for Learning and Memory and Department of Brain and Cognitive Sciences, MIT).

5.º Seminário Conjunto CFCUL / Rede Ibérica de Filosofia das Ciências, por Vanesa Triviño (Universidad Complutense de Madrid).

Lançamento de Catálogo de Exposição.

Carla Rego (investigadora do cE3c) participa no debate que decorre após a apresentação de imagens captadas em Portugal.

Logótipo do projeto

A 19.ª edição do projeto decorre no 1.º semestre de 2023/2024 - inscrições até 30 de setembro.

Título do evento e representação de dois peixes

Este curso intensivo, com duração de uma semana (36 horas) e inscrições até 04 de outubro, tem como objetivo aprofundar o conhecimento sobre as comunidades de peixes existentes nos ecossistemas fluviais portugueses.

Título/prazo da iniciativa e logótipo do Ciências Research and Innovation Day

Participe até 10 de outubro / Submit you application until 10 October.

Logótipo do prémio, sobre um fundo branco

As candidaturas à 20.ª edição decorrem até 10 de outubro.

Ilustração de peixe, por Pedro Salgado

Por Pedro Salgado (Biólogo, Ilustrador Científico. Professor Especialista - ilustração).

Luís Saraiva (Ciências ULisboa) é o coordenador nacional do Seminário Nacional de História da Matemática.

Join us on 24 October 2023 for the 5th edition of Ciências Research & Innovation Day! A public showcase of the best science made in this centenary institution.

Título/data do evento e fotografia de parque eólico

Um fórum de discussão e reflexão sobre os mais recentes avanços na investigação, inovação e práticas na implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável nas Instituições de Ensino Superior em Portugal e nos países da lusofonia.

EAP-II tem como objetivo fomentar um espaço de partilha de conhecimento entre a comunidade científica e não-científica, de uma forma simples e acessível para todos.

Título, local e data do evento, acompanhados da representação de um cavalo-marinho e das típicas chaminés algarvias

A conservação da biodiversidade em Portugal deve sair do papel e rumar a ações que promovam, no território, o normal funcionamento dos ecossistemas, para garantir o desenvolvimento sustentável, do ponto de vista ecológico e ser aceite do ponto de vista social. Urge integrar o conhecimento gerado pelos ecólogos de forma a que estes possam responder oportuna e corretamente, quando chamados a intervir.

Fotografia de investigadores em contexto laboratorial

Novo prazo de candidatura: 01 a 30 de novembro de 2023.