Conferência no GeoFCUL

Dynamics of calcite cementation: evidence from giant carbonate reservoirs

por Rachel Woods (School of GeoSciences, The Univ. Edinburgh),

Dynamics of calcite cementation
Rachel Woods

Dynamics of calcite cementation: evidence from giant carbonate reservoirs
por
Rachel Woods
School of GeoSciences, The University of Edinburgh, UK, and International Centre for Carbonate Reservoirs.

14 de Novembro, 16h00, sala 6.1.36, no edifício C6 da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Campo Grande, Lisboa.

Resumo:

Oil charge is thought to inhibit the growth of cements within subsurface pore systems, and so equivalent non-hydrocarbon reservoir rocks at similar burial depths often show a greater volume of cement. 

This has been inferred to be due to a longer history of cementation.  We explore this phenomenon in eight vertically stacked reservoirs from two giant Cretaceous carbonate oil fields. Here, the oil-filled crest porosity ranges from 10-50% and permeability up to 830 mD, but the aquifer (flank) porosity is reduced to 10-23% and permeability to 0.1-4 mD.

Although the paragenetic sequence of the major pore-occluding calcite macrocements in the oil-leg and aquifer follows the same cement succession, the volumetrics and timing of cement formation as revealed by in-situ ion microprobe δ18O data notably differ. Oil leg cements show 11 CL zones,  where pore-filling cements  (>30 µm diameter)  are represented by 1-1.5% fringing cement, 3.5-6.7% inter-granular equant cements that increase with reservoir depth,  and 1.3-7% blocky calcite cement that also increases with reservoir depth. This contrasts with aquifer cements which show 9 zones, with values of 0-1.5% for fringing cement, 5-11 % inter-granular equant cement and 2-7 % blocky calcite cement: no stratigraphic trends are observed. We conclude that in the aquifers most of the effective porosity was occluded by a large volume of early burial inter-granular equant cement: blocky cements show similar volumes.

In-situ δ18O data allows the timing of these phases to be quantified. 

Both legs reveal progressively more negative δ18O compositions in younger cements, interpreted to be due to an increase in pore-fluid temperature, but the more positive values of the youngest zone in the aquifer demonstrates that pore occlusion occurred earlier, and at a more shallow burial depth.

These data contradict previous conclusions that have suggested continued precipitation of cements within the aquifers (flanks) after oil charge into the crest in carbonate reservoirs. This has notable consequences for reservoir model formulations.

*    *    *

Promotores: A. C. Azerêdo e R. Baptista.

Como chegar ao C6 da FCUL?  Contactos do GeoFCUL? Cilique: AQUI

ACA / CMS
acazeredo@fc.ul.pt
3MT ULisboa 2024

Quatro dos doze finalistas da competição ‘Três Minutos de Tese – Universidade de Lisboa’ são de CIÊNCIAS.

Pinguins-de-adélia

Num artigo agora publicado na Science, investigadores de instituições de renome a nível mundial propõem uma estratégia para envolver todas as partes interessadas na governança do Oceano Antártico através de um processo de ordenamento do espaço marinho (OEM) inteligente do ponto de vista climático.

Impressão artística da missão Euclides no espaço.

A 25 de maio (sábado), às 21h00, vamos ver e compreender as novas imagens de entre as maiores alguma vez feitas do Universo, no Grande Auditório de CIÊNCIAS (Edifício C3). A entrada é livre.

Redes Doutorais Marie Curie Projeto PROMOTE

CIÊNCIAS vai participar numa das propostas vencedoras do concurso 2023 das Redes Doutorais de Ações Marie Skłodowska-Curie (MSCA DN).

Foto de entrega de prémio aos vencedores

No âmbito do projeto Invasives e como atividade inserida na

Dia Nacional dos Cientistas - 16 de maio

O Dia Nacional dos Cientistas foi instituído em 2016 por Resolução da Assembleia da República com o objetivo de reconhecer e celebrar a contribuição vital dos cientistas para o progresso da sociedade.

CIÊNCIAS e OKEANOS em parceria para monitorizar biodiversidade e alterações dos ecossistemas marinhos

Projeto internacional SEAGHOSTS visa a monitorização e conservação das populações de painhos, as aves marinhas mais pequenas do planeta.

Reitoria da ULisboa

O CWUR 2024 avaliou de entre 20.966 instituições de ensino superior e atribuiu à ULisboa o 211.º lugar (top 1.1%) e a 80.ª posição no panorama europeu.

Fotografia de participantes na Training School

CLEANFOREST na vanguarda da compreensão dos efeitos dos extremos climáticos e poluição nas florestas Europeias

Participantes no Dia Aberto

O campus ganhou vida, cor e energia proveniente do entusiasmo dos cerca de 2000 alunos de 170 escolas de norte a sul do País.

CIÊNCIAS esteve presente nesta edição, com a participação dos docentes do Departamento de Física: Alexandre Cabral, no painel de abertura “À conversa sobre carreiras espaciais” e

Semana Internacional da Compostagem

Uma das transformações necessárias às entidades que querem progredir pelo caminho da sustentabilidade é fecharem os seus ciclos de materiais, nomeadamente o orgânico.

A VicenTuna - Tuna da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa - completou 30 anos em janeiro de 2024. Para comemorar, realizou no dia 30 de abril de 2024, a Festa da Primavera, um espetáculo de música e divertimento dedicado à comunidade de CIÊNCIAS e ao público em geral.

Celebrações dos 50 anos do 25 de abril de 1974 da Academia das Ciências de Lisboa

A 9 de maio realiza-se a segunda de duas jornadas de debate académico e científico organizadas pela Academia das Ciências de Lisboa, que tem por objetivo ‘analisar e discutir a evolução do panorama científico português de forma prospetiv

Lançamento do projeto Barrocal-Cave marca um novo capítulo na Conservação da Biodiversidade em Portugal

O prestigiado Palácio Gama Lobo foi o cenário escolhido para o lançamento do projeto Barrocal-Cave, financiado pelo Prémio Fundação Belmiro de Azevedo 2023.

No passado dia 10 de abril, tivemos a honra de receber um grupo de estudantes e dois professores da Universidade de Leiden, na Holanda. Com um total de 40 estudantes, todos da área das bio farmacêuticas, a visita prometia ser entusiástica.

Miguel Pinto

No dia 29 de abril, Miguel Pinto visitou a Escola Básica Professora Aida Vieira, no Bairro Padre Cruz em Lisboa, para realizar oficinas de divulgação científica e atividades didáticas.

Fotografia de alguns dos oradores

O que é a sustentabilidade? Como podemos agir a nível local, procurando um impacto global? Estas e muitas outras questões marcaram a segunda edição da Semana da Sustentabilidade CIÊNCIAS, entre 15 e 19 de abril de 2024.

Grande Auditório durante a celebração do 113.º aniversário de CIÊNCIAS

Mais de 500 pessoas assistiram no Grande Auditório à celebração do 113.º aniversário de CIÊNCIAS, na passada terça-feira, 23 de abril, numa cerimónia marcada por distinções, homenagens e um balanço dos últimos meses, com os olhos postos no futuro. 

Buracos negros Gaia

Um grupo de cientistas descobriu um grande buraco negro, com uma massa quase 33 vezes superior à massa do Sol, escondido na constelação de Aquila, a menos de 2000 anos-luz da Terra, ao analisar a grande quantidade de dados da missão Gaia da ESA.

Alunos com mãoes no ar num sala de aula

É possível brincar com a Matemática e prova disso foram as várias atividades que se realizaram na Faculdade nos dias 13 e 14 de março de 2024. Março foi um mês dedicado a esta ciência, motor da sociedade. Leia a opinião de quem participou nestas atividades e ainda nas Jornadas de Matemática.

robot e criança

Ecossistema de grandes modelos de linguagem de IA Generativa para a língua portuguesa foi expandido com novas versões dos modelos Albertina e Gervásio.

Participantes da 1.ª edição do JAB

A 1ª edição do JAB, um evento inovador destinado a jovens empreendedores, organizado pela JUST - Júnior Iniciativa de Ciências ocorreu nos dias 22 e 23 de março passado e teve como foco a Educação de Qualidade, quarto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável.

Pages