Ecologia

Soil ecology and ecosystem services

Lack of fertile land to feed the exponentially growing population, insufficient water availability and quality, changes in the flow of nutrients through the bio-geo-cycles (especially N and P) and climate and land use changes are impacting ecosystems and their capacity to deliver goods and services for humans. It is striking that all these issues interact around one common resource - SOIL and its biodiversity.

R without fear: an R course in Evolutionary Ecology

This course aims to give basic skills in R, but with some applications in the field of Evolutionary Ecology.

This course can have a recognition of 6 ECTs for FCUL PhD students enrolling in it, as part of their first doctoral year. For FCUL PhD students only requiring 5 ECTs recognized in their specific PhD programmes, the last 6 hours of the course are not mandatory and the certificate will be on 'Topics in R without fear’.

Biodiversidade e ecologia de espécies de montanha

A atividade consiste numa breve apresentação sobre a biodiversidade e ecologia das espécies de montanha nas instalações do CISE, em Seia, complementada com a visita de uma exposição sobre as lagoas naturais de altitude. A atividade será retomada depois de almoço, já na Serra da Estrela, onde será feita uma visita guiada para observação de plantas e animais em áreas selecionadas do Planalto Superior da Serra da Estrela.

O papel do Parque da Paz na nossa qualidade de vida através do testemunho dos líquenes

A atividade consiste numa visita guiada para observação dos líquenes e perceber a influencia da vegetação na qualidade do ar e do clima local. O passeio será orientado por investigadores da Universidade de Lisboa que trabalham sobre a importância das áreas verdes urbanas para a qualidade de vida nas cidades. 

A "ripar" na EBIO de Vale de Poios

A atividade consiste numa visita guiada, orientada pela bióloga Patrícia Garcia-Pereira, mentora e dinamizadora do projeto Estações da Biodiversidade.

As Estações da Biodiversidade são percursos públicos, com uma extensão máxima de 3 km, sinalizados no terreno através de painéis informativos sobre a riqueza biológica a observar pelos visitantes. A rede das estações da biodiversidade é atualmente constituída por 37 estações espalhadas por Portugal Continental. 

Páginas