Entrevista com atleta e aluno de Química

Samuel Barata

“Quando se tem excelentes professores no curso, o trabalho do aluno é mais fácil”

Samuel Barata

"Para mim, pertencer a esta casa é um orgulho", declara Samuel Barata

Cedida por Samuel Barata

Samuel Barata, de 25 anos, é aluno do mestrado em Química de Ciências ULisboa e pratica atletismo desde os 12 anos. A carreira de atleta já o fez ganhar diferentes distinções, entre elas o 5.º lugar na Universíadas 2017 das Bolsas Educação Jogos Santa Casa.

Conheça mais pormenores do percurso do estudante e atleta, na entrevista a seguir apresentada.

“Sempre encontrei um bom ambiente entre alunos e professores o que me fez estar sempre motivado no estudo.”

Principais Feitos desportivos de Samuel Barata:

- Campeão nacional de 5000m em 2018

- Campeão nacional de estrada 2018

- 1.º lugar da São Silvestre de Lisboa 2017

- 20.º lugar no corta-mato europeu em Samorin, Eslováquia 2017

- 5.º lugar nas Universíadas em Taipei 2017

- Campeão nacional de corta-mato curto e de 5000m 2017

- Campeão nacional de 10.000m em 2015

Onde treina? A que clube está associado?

Samuel Barata (SB) - O meu treino é praticamente feito sempre no estádio nacional no Jamor. Neste momento estou associado ao clube Sport Lisboa e Benfica.

Como concilia o estudo e a atividade desportiva?

SB - Não é fácil conciliar os estudos com a atividade desportiva. Nos dois primeiros anos do curso foi mesmo complicado, isto porque o curso é exigente e tinha que estudar muito ao mesmo tempo. Nessa altura foi a minha transição de escalão de júnior para sénior no desporto, e aqui as exigências também aumentaram. Mas ao longo do tempo consegui encontrar o equilíbrio, aprendi que podia estudar fora da faculdade. Felizmente consegui fazer as cadeiras da licenciatura como de mestrado.

O que é o melhor de estudar em Ciências ULisboa?

SB - Estudar em Ciências é ótimo. É uma faculdade que oferece boas condições para tirar uma formação superior. Sempre encontrei um bom ambiente entre alunos e professores o que me fez estar sempre motivado no estudo.

O que é o melhor do curso em que se encontra?

SB - O melhor do curso de Química são as pessoas. Este curso é muito exigente, mas quando se tem excelentes professores no curso, o trabalho do aluno é mais fácil.

O que significa pertencer a esta casa, a Ciências ULisboa?

SB - Para mim, pertencer a esta casa é um orgulho. É uma casa que todos os anos forma excelentes profissionais nas diferentes áreas científicas. Este é o resultado do trabalho dos excelentes docentes e não docentes que a faculdade felizmente possui.

Quais são as principais dificuldades?

SB - A principal dificuldade que encontro é sobretudo conciliar a ida às aulas com os treinos. Para ser excelente a nível desportivo tem-se muitas vezes que treinar duas vezes por dia, e assim o tempo de aulas e estudo torna-se muito limitado. Acho que podia haver uma parceria com as federações, clubes e universidades para que houvesse mais facilidades, por exemplo na escolha de horários ou de turmas e grupos nas aulas práticas.

Samuel Barata nas redes sociais

A RUNning e o Programa Nacional de Marcha e Corrida promoveram um treino para desejar boa sorte ao atleta Samuel Barata, que representou a seleção nacional nos 10 000 metros do Campeonato da Europa de Atletismo, este mês em Berlim, na Alemanha. Veja as imagens no Facebook desse evento marcado pela boa disposição e pela partilha. A prova não correu da melhor forma para Samuel Barata, mas o jovem promete “continuar a trabalhar para voltar a estes palcos novamente com mais força e com mais experiência”. Siga o seu percurso desportivo também no Instagram.

Quais são os planos futuros a nível desportivo e académico?

SB - O meu plano a nível desportivo é ficar cada vez mais consistente a nível nacional e estar competitivo a nível internacional. Tenho um sonho de ganhar uma medalha internacional e é para isso que treino todos os dias. Outro grande objetivo é estar presente nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. O meu plano a nível académico é finalizar o mestrado em Química, falta-me a dissertação.

Por fim, peço que deixe uma mensagem de motivação para os estudantes de Ciências ULisboa.

SB - Temos de acreditar no trabalho que fazemos. Independente da área, se trabalharmos no duro todos os dias, os resultados mais tarde ou mais cedo vão aparecer, e por vezes pode acontecer o que pensamos que é impossível.

Raquel Salgueira Póvoas, Área de Comunicação e Imagem de Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

Páginas