Evolução futura da mudança climática antropogénica

Um aspeto importante

A gestão da zona costeira deve-se fazer com a participação ativa das populações que habitam nesses locais. Esta é a opinião de Filipe Duarte Santos, professor e investigador da FCUL, para quem “a gestão integrada das zonas costeiras terá que ter em conta a evolução futura da mudança climática antropogénica”.

O cientista português, que rege disciplinas nas áreas da Física, Ambiente e Alterações Globais e dirige a unidade de investigação SIM-FCUL, aceitou coordenar a equipa que vai avaliar a estratégia de gestão da zona costeira nacional, “porque é um serviço para o meu país numa área em que tenho algum conhecimento e experiência”, na sequência do convite feito pelo ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva.


Filipe Duarte Santos
Fonte SIM-FCUL

Neste momento ainda “não está completamente decidido”, quem são as pessoas que vão trabalhar com Filipe Duarte Santos, que coordena ainda o doutoramento em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável. “As informações que tenho é que será [um projeto com uma duração previsível de] menos de um ano”, comenta o professor que também é review editor do 5.º Relatório do Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) e vice-presidente da Comissão das Nações Unidas para o Uso Pacífico do Espaço Exterior.

Em declarações à Agência Lusa, no passado dia 25 de fevereiro, Jorge Moreira da Silva, ministro do Ambiente, disse que Filipe Duarte Santos é “um dos maiores especialistas mundiais em alterações climáticas", por essa razão convidou-o para coordenar a avaliação da estratégia de gestão integrada da zona costeira. Para Jorge Moreira da Silva, citado pela agência portuguesa de notícias, “é importante que se possa fazer uma avaliação da estratégia de gestão integrada das zonas costeiras para perceber se algumas dinâmicas não comportam novos riscos”. Uma avaliação certamente útil e necessária para os planos de ordenamento da orla costeira e para os futuros Planos de Ação do Litoral.

Naturalmente que Filipe Duarte Santos não adiantou ainda quais vão ser os primeiros passos da equipa, que vai avaliar a estratégia de gestão da zona costeira nacional. “Ainda é cedo para poder responder” a esse tipo de perguntas, ainda assim, salientou que “a gestão integrada das zonas costeiras terá que ter em conta a evolução futura da mudança climática antropogénica”, estando convencido que se trata de um “aspeto muito importante”.

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

A exposição “O Cálculo de ontem e de hoje”, elaborada pelo Departamento de Matemática em colabora&

Lâmpada

Estudantes de Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL promovem reunião especializada. O Ne2b2 existe desde outubro de 2008.

Luzes

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Pessoas estudam numa mesa na biblioteca

“Acho que qualquer aluno consegue ser bom, se tiver uma boa disciplina de trabalho e objetivos concretos”. Quem o diz é Gonçalo Faria da Silva, estudante do 3.º ano de Biologia.

No penúltimo dia de março realiza-se a quinta e última sessão do workshop destinado a preparar os estudantes para a obtenção do 1.º emprego.

 

Alunos da FCUL

A Schlumberger realiza uma sessão de recrutamento em Ciências. As grandes empresas procuram os melhores profissionais. A FCUL apoia a inserção profissional dos seus diplomados.
 

O evento é uma organização conjunta da Norton/Symantec e do mestrado em Segurança Informática do DI-FCUL.

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

Páginas