No Campus com Helder Coelho

Tecnologia na educação

Helder Coelho

Quando me desloco, pelas ligações (veredas) do campo da ULisboa, faço uma escolha de um tema para meditar sobre o seu interesse, enquanto ando a pé. Quase sempre consigo dividi-lo em pedaços, para depois os analisar.

Most digital learning tools used in schools are unsatisfactory and only test the knowledge the pupils already have”. Por detrás desta frase uma pergunta simples: “O que faz um bom programa (de computador) educacional para que um aluno consiga aprender?” Despertar curiosidade, em primeiro lugar, e depois abrir a imaginação num processo de expansão, talvez com algum mistério, e paixão/desejo por aprender.

O que o aluno pretende é obter mais conhecimento, provocar novas conexões, e alargar a rede de conceitos. Isso faz-se com confiança, disciplina, persistência, com alguma ajuda e empurrão. Quando os bebés começam a andar (ou a falar) tem de haver um jeito e uma força para ganharem impulso. Sem vontade e estímulo o processo não se desenvolve e pode mesmo contrair-se. E, o treinador deve gostar do que está a fazer para estabelecer uma relação.

“Como aprende o nosso cérebro?” e a resposta pode ser procurada (via esquissos) nas Neurociências, ou talvez na Ciência Cognitiva. Não está fechada, e a pesquisa faz-se ainda em outras disciplinas. É importante, nos nossos dias com muitos dados, descobrir que a escrita de algoritmos (apps) passou a ser um caminho (melhoria dos desempenhos) que permitiu abrir mais startups.

A revista Comm. of the ACM (September 2015) destacou a SmartNews que trata da agregação de notícias, um serviço virado para os conteúdos online. Isto impõe a optimização de algoritmos capazes de ir além ao responderem aos desafios da personalização, em particular olhar para os sinais sociais, e ser capaz de avaliar comportamentos dos utilizadores e de atacar a descoberta e a diversidade (de notícias). Já estávamos habituados à exploração da teoria das probabilidades para a recomendação (caso da Amazon) de livros, DVD ou CD, ou o diagnóstico de doenças (cancro). No caso da SmartNews, trata-se de capturar pistas múltiplas para adivinhar o que alguém está pensando ou mesmo sentindo.

Voltando atrás à educação (e à aprendizagem) porque não recorrer então a algoritmos que sejam capazes de enfrentar acasos felizes (serendipidade), momentos e situações em que se apanha algo novo e divertido? E, o que dizer às semelhanças semânticas para ajudar a indexação e a classificação (associar a cada recurso um conjunto de termos capazes de caracterizarem os conteúdos, algo que se adapta na gestão do conhecimento)?

Helder Coelho, professor do Departamento de Informática de Ciências

A Direção de Marketing e Comunicação da RTP oferece estágio remunerado na Área de Audiências e Estudo de Mercado a alunos recém licenciados ou mestrandos em Matemática A

A exposição "O Cálculo de Ontem e de Hoje" está, agora, disponível em versão itinerante.

De 3 a 28 de Maio está patente na "Academia Sénior da Cruz Vermelha Portuguesa-Delegação de Lisboa".

Seminário "Serendipity and The Ups and Downs of Synthesis", apresentado pelo Prof.

Olho verde

Palestras, visitas, exposições e muitas experiências são algumas das atividades previstas.

Pormenor da capa do livro

O livro está à venda pelo valor de €18,40, no Atendimento Geral, sito no edifício C5, piso 3.

Anfiteatro

"As Jornadas tiveram um balanço bastante positivo (...) elucidaram e esclareceram algumas dúvidas importantes para os estudantes (...) ", conclui a Comissão de Curso de Engenharia Geográfica.

Museu do Quartzo é inaugurado e recebe o nome de Galopim de Carvalho, professor jubilado do Departamento de Geologia.

Céu com nuvens escuras

As candidaturas à oficina de formação terminam a 21 de maio. As sessões realizam-se às terças e quintas-feiras, entre as 17h30 e as 20h30.

A exposição “O Cálculo de ontem e de hoje”, elaborada pelo Departamento de Matemática em colabora&

Lâmpada

Estudantes de Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL promovem reunião especializada. O Ne2b2 existe desde outubro de 2008.

Luzes

Pela primeira vez a Reitoria da UL abre as suas portas aos estudantes da cidade, organizando um evento noturno para alunos dos ensinos universitário e secundário.

A exposição está a partir de 26 de Abril no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

As provas de doutoramento em Biologia, especialidade de Microbiologia, da Mestre Egídia Maria Valente de Azevedo realizam-se no próximo dia 26 de Abril, pelas 10h:30 na Sala de Actos da

O grande momento do dia é a sessão solene, que inclui este ano o lançamento do segundo volume dos Professores Cientistas e a inauguração do Quadro de Honra.

Sobre Namoros e Casamentos

Jorge Buescu

Quinta-feira, dia 12 de Abril de 2012, às 18h30, na sala 6.1.36

Vela

Ricardo Leandro é o vencedor da Competição Europeia. O estudante da FCUL apresentou a melhor ideia: um coletor solar térmico de baixo custo, acoplável a um módulo fotovoltaico.

A palestra "O Princípio do Tempo" proferida por Pedro Gil Ferreira é uma das iniciativas do “VII Encontro Ibérico de Cosmologia”, que decorre em abril nas instalações da FCUL.

Jovem usa microscópio

A FCUL estimula a abertura permanente à sociedade civil, promovendo acontecimentos que visam a disseminação de conhecimentos e a interligação com diferentes agentes sociais.

Os vários objectivos do DEGGE: Tudo o que nos define, e tudo o que apoiamos

O ENEI'12 vai realizar-se na FCUL.

ESTRUTURA E GESTÃO DO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL (DBA)

Apresentação do Departamento

Paleontólogos do MNHN da UL e do GeoFCUL em foco na revista TVmais.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

O DQB e a FCUL acolheram, mais uma vez, a realização de provas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior 2012 no sábado, 14 de abril de 2012.

Páginas