BioMimetx

BioMimetx
cedida por GC

A empresa BioMimetx, uma spin-off da Faculdade de Ciências, da Faculdade de Medicina Dentária e do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária da ULisboa, foi criada durante a participação no COHiTEC 2013, um programa destinado a apoiar a valorização do conhecimento produzido em instituições nacionais de I&D.

A ideia nasceu de um trabalho de recolha de bactérias ambientais com níveis de resistência elevada a antibióticos de última geração. Na coleção de bactérias obtida, Gonçalo Costa, cofundador desta empresa e investigador do Departamento de Química e Bioquímica de Ciências, explica que houve uma que despertou a atenção por “produzir uma grande quantidade de compostos que revelaram, após análise mais aprofundada, possuir caraterísticas biocidas, ou seja possuir atividade antimicrobiana, antifúngica e algicida”. Foi assim que encontraram uma bactéria única que “ao longo de milhões de anos de evolução otimizou um cocktail de compostos biológicos, com largo espectro de atividade e que constituem a base de uma plataforma para o desenvolvimento de novos biocidas direcionados a um leque alargado de setores”.


Fonte: cedida por GC
Legenda: A parceria estabelecida entre a COTEC Portugal e a Caixa Capital, no âmbito do programa de aceleração de novas tecnologias ACT by COTEC, envolve o investimento, por ano, de capital de risco em dois projetos que passaram pelo programa ACT

O biocida da BioMimetx destina-se à resolução do problema global da bioincrustação, que consiste no mecanismo natural de adesão de organismos a qualquer superfície que seja colocada em água. Este fenómeno é um problema à escala mundial, mais especificamente na área das atividades marítimas, como desenvolve Gonçalo Costa: “estima-se que a bioincrustação provoque um consumo adicional anual de combustível na ordem dos 100 milhões de toneladas, que se traduz num aumento da despesa anual em 51 milhões de euros e 3,7 milhões de euros em custos de manutenção por ano, em ambos os casos, considerando a frota mundial”. Além do custo financeiro, a bioincrustração é uma ameaça aos ecossistemas marinhos. A tecnologia desta empresa traduz-se assim no desenvolvimento de bioaditivos para tintas marítimas antifouling.

Esta inovação valeu três distinções à empresa, o prémio Novo Banco Inovação, para a área de recursos naturais e ambiente; no evento Cleantech summit Rotterdam, a distinção como uma das cinco melhores apresentações de empresas emergentes e, mais recentemente, o prémio Caixa Capital/Cotec – Prémio Jovem Empreendedor.


Fonte: cedida por GC
Legenda: A equipa desta spin-off é composta por três promotores, Gonçalo Costa, de Ciências ULisboa; Romana Santos, investigadora da Faculdade de Medicina Dentária da ULisboa; Patrick Freire, Investigador do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária; e pela CEO Cristina Simões, docente do ISCTE-IUL

O Prémio Jovem Empreendedor, atribuído a esta empresa e à Nanoinspire, traduz-se no financiamento de 100 mil euros a cada projeto. A parceria estabelecida entre a COTEC Portugal e a Caixa Capital, no âmbito do programa de aceleração de novas tecnologias ACT by COTEC, envolve o investimento, por ano, de capital de risco em dois projetos que passaram pelo programa ACT.

A equipa desta spin-off é composta por três promotores, Gonçalo Costa, de Ciências ULisboa; Romana Santos, investigadora da Faculdade de Medicina Dentária da ULisboa; Patrick Freire, Investigador do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária; e pela CEO Cristina Simões, docente do ISCTE-IUL.


Fonte: cedida por GC
Legenda: Esta inovação valeu três distinções à empresa, o prémio Novo Banco Inovação, a distinção como uma das cinco melhores apresentações de empresas emergentes e, mais recentemente, o prémio Caixa Capital/Cotec – Prémio Jovem Empreendedor

À Faculdade de Ciências da ULisboa, a equipa atribui “uma enorme importância [na fase de conhecimento, em detalhe, da constituição e atividade dos componentes que constituem os biocidas desenvolvidos pela BioMimetx], dado a capacidade analítica aqui existente, nomeadamente o laboratório de FTICR e espectrometria de massa estrutural, onde foram feitas grande parte destas análises”.

Dentro de três anos a empresa prevê que o produto esteja a ser comercializado. A equipa garante que ideias para o futuro não faltam já que “a tecnologia BiomiMetx permite desenvolver biocidas para várias áreas de negócios além do combate à bioincrustação. Estes produtos estão neste momento a ser desenvolvidos com grupos académicos de várias instituições nacionais”.

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

“O principal objetivo é precisamente mostrar o que o EMBL tem para oferecer aos investigadores portugueses (e aos da FCUL, muito em particular) e também demonstrar o que pode ser feito em cooperação com o [laboratório].”, declara Margarida Amaral, docente da FCUL e membro do conselho de organização do evento.

Estão abertas as candidaturas à edição de 2013 do Prémio Academia Lx, destinado a trabalhos de investigação e estudos sobre temas com relevância prática para a cidade de Lisboa.  

Aceitam-se candidaturas de docentes para inclusão numa  Bolsa de Recrutamento, para a Área de Finanças e Economia - Secção Autónoma de Estatística, d

FCUL promove cooperação com EMBL

A passagem do diretor-geral do EMBL pela FCUL, foi registada através de uma reportagem multimédia. Fique a saber mais sobre esta visita bem como os pormenores do evento “Molecular Biology in Portugal and EMBL”!

De 8 de Julho a 30 de Agosto as bibliotecas do C4 e C8 têm alteração nos horários de funcionamento

Doctorate in Applied and Engineering Physics

Programa Doutoral em Física Aplicada e Engenharia Física

Arthur Vieira, estudante do mestrado integrado em Engenharia Física e Emiliano Pinto, aluno de mestrado em Física Nuclear e Partículas, são os diretores da revista trimestral do Departamento de Física da FCUL e  que integra uma equipa editorial constituída por outros 16 discentes.

Challenge4you desafiou estudantes dos cinco aos vinte anos

“Aquilo que aqui aprendemos faz parte da cultura geral e todos nós devemos ter algumas ideias sobre o local onde estamos inseridos e sobre esta união de que todos fazemos parte e que tanto nos ajuda”. A declaração é da estudante e participante Adriana Pereira de 17 anos.

Para uma crítica das perspectivas recentes da União Europeia sobre o Ensino Superior

Recomendações para melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem.

Implicações no Quebramento do Gondwana e sua Correlação com as bacias da Margem Atlântico Sul e Atlântico Central

É crucial que estatísticos e investigadores em Ciências do Ambiente mantenham uma colaboração estreita, para que continuem a ser desenvolvidos métodos estatísticos e computacionais adequados que permitam dar resposta continuada aos desafios presentes e futuros.

Está disponível a edição de 2012 do JCR (Journal Citation Reports).

O trabalho de cinco investigadoras portuguesas foi distinguido no início de junho em Boston, nos EUA. O congresso mundial contou com mais de 800 cientistas de 50 países.

[Tec Labs]i – Potenciar a Inovação

“Os alunos da FCUL tiveram uma experiência única que não vão esquecer ao longo da sua vida académica e profissional”, denota Rui Ferreira, administrador do Tec Labs – Centro de Inovação da FCUL.

Visita de Estudo à nova Universidade de Lisboa

“[Viveu-se um ambiente] muito propício ao debate onde o intercâmbio de ideias e de boas práticas foram muito gratificantes e uma mais-valia para os participantes e oradores do evento”, declarou Luísa Cerdeira, pró-reitora da Universidade de Lisboa e presidente do FORGES.

Álvaro de Campos

TABACARIA

O Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (DI-FCUL) vai organizar a 3 de julho deste ano a primeira edição do 

“Eu sempre gostei de fazer desenho geométrico e sempre me interessei pelos azulejos e seus painéis e pela calçada portuguesa pela sua beleza, pela arte, e porque têm potencialidades científicas, estéticas e didáticas praticamente ilimitadas”, conta o investigador do Grupo de Física-Matemática, distinguido recentemente com o Prémio Abordagem Inovadora “SOS Azulejo 2012”.

As bibliotecas do C4 e C8 têm horários alargados durante a época de exames de 1 a 29 de Junho.

Mestrados DBA 2013-2014

Investigadores do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour”

A equipa do projeto “Climate Change Iniciative – Ocean Colour” esteve reunida na FCUL, nos dias 21 e 22 de maio. Os investigadores avaliaram as ações em curso e discutiram alguns assuntos com a comunidade de end-users.

Jorge Manuel Ribeiro Rezende galardoado com o prémio “Abordagem Inovadora”

Intervenção na cerimónia de entrega dos Prémios 'SOS Azulejo' 2012:

Páginas