Prémio MAREINOV Montepio

O prémio MAREINOV Montepio no valor de dez mil euros foi atribuído numa cerimónia realizada no final de outubro. É o primeiro prémio nacional destinado a distinguir projetos inovadores ou startups exclusivamente na área do mar

ACI Ciências

O projeto AQUA LINE – produção de microalgas e copépodes, da empresa PEN Wave, vencedor do concurso MAREINOV Montepio, destina-se a produzir de forma inovadora microalgas e copépodes para o sector da aquicultura.

O prémio no valor de dez mil euros atribuído numa cerimónia realizada no final de outubro é o primeiro prémio nacional destinado a distinguir projetos inovadores ou startups exclusivamente na área do mar e insere-se na iniciativa MARE STARTUP que, por sua vez, resulta de um protocolo entre a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, a Universidade Católica Portuguesa, a Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar e a SaeR - Sociedade de Avaliação Estratégica e Risco, traduzindo-se num programa de empreendedorismo e apoio à inovação empresarial na área do mar.

“Um dos principais constrangimentos em aquicultura é a disponibilidade de alimento, considerado um dos nós górdio ao aumento da produção. O projeto AQUA LINE, da PEN Wave, destina-se a produzir de forma inovadora microalgas e copépodes para o setor da aquicultura. A Pen Wave tem vindo a especializar-se no fornecimento de alimento exógeno para os primeiros estádios de espécies de cultivo mais complexo, nomeadamente através da cultura de microalgas (Rhodomonas lens e Chaetoceros calcitrans) e copépodes (Acartia tonsa). Com este conhecimento industrial, derivado de vários anos de investigação, a Pen Wave tem vindo a introduzir no mercado produtos inovadores, que pretendem contribuir para o desenvolvimento do sector de aquicultura.”
José Guerreiro, coordenador da MARE STARTUP e um dos elementos do júri do MARE- INOV Montepio

Raquel Salgueira Póvoas, Área de Comunicação e Imagem de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt
Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Fotografia de alunos procuram informações junto a uma banca no átrio do C3

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas