Opinião

Novo centro de investigação na área do mar

Henrique Cabral
Cedida por HC

A atualidade é marcada por uma crescente ligação entre a sociedade e o oceano. A “tecnologia azul”, o “crescimento azul” e mesmo a “sociedade azul” são expressões que estão vertidas, de forma abundante, em políticas, diretivas, planos, estratégias, entre muitos outros documentos, quer ao nível internacional, quer nacional. Portugal está a fazer uma grande aposta no mar onde a soberania jurisdicional deverá abranger quase quatro milhões de km2 do espaço Atlântico. Os desafios que se colocam a Portugal no âmbito da sua Estratégia Nacional para o Mar são enormes e exigem recursos humanos científicos e tecnologicamente competentes, no sentido de competir e afirmar no plano internacional do crescimento azul.
Ambiente aquático
Fonte: Sofia Henriques
Legenda: Portugal está a fazer uma grande aposta no mar onde a soberania jurisdicional deverá abranger quase quatro milhões de km2 do espaço Atlântico

Neste contexto, foi criado um novo centro de investigação na área do mar que reúne mais de 400 investigadores de seis universidades portuguesas: o Mare. As universidades envolvidas neste novo centro são a Universidade de Lisboa, Universidade de Coimbra, Universidade dos Açores, Universidade de Évora, Universidade Nova de Lisboa e ISPA – Instituto Universitário.

Ambiente aquático
Fonte: Sofia Henriques
Legenda:  O Mare reúne mais de 400 investigadores de seis universidades portuguesas

O Mare, Centro de Ciências do Mar e do Ambiente, é uma unidade de investigação, inovação e desenvolvimento tecnológico, multipolar, que se diferencia como um centro de investigação holística, concentrando uma ampla diversidade de competências, com uma vasta implantação territorial, que orientará as suas atividades para os desafios da sociedade em estreita parceria com centros de investigação nacionais e estrangeiros. O Mare combina competências de investigação científica e desenvolvimento de aplicações tecnológicas aplicadas a todos os tipos de sistemas aquáticos, desde as bacias hidrográficas, estuários e zonas costeiras, até ao oceano aberto e mar profundo.
Ambiente aquático
Fonte: Sofia Henriques
Legenda: O Mare pretende promover a literacia do oceano

O Mare pretende ser uma instituição líder no domínio científico e inovação ao serviço do desenvolvimento económico e social, focando-se na implementação de políticas públicas e diretivas europeias e nos desafios das sociedades atuais. Os principais objetivos do Mare são contribuir para o conhecimento sobre o funcionamento dos ecossistemas marinhos, desenvolver ferramentas científicas e tecnológicas para um uso sustentável dos ecossistemas e dos seus bens e serviços, promover o bom estado ecológico e a saúde dos mares e oceanos, dirigir cooperação internacional para a formação avançada contribuindo para uma nova geração de cientistas e profissionais preparados para a economia azul, e promover a literacia do oceano, contribuindo para uma sociedade azul participativa.

Henrique Cabral, professor catedrático da FCUL e diretor e coordenador científico do Mare
hcabral@fc.ul.pt
Imagem do professor J. Sebastião e Silva

O Departamento de Matemática da FCUL apresenta obras selecionadas de personalidades da nossa história, nomeadamente os Compêndios de Matemática e os respetivos Guias para professores de José Sebastião de Silva, cujos direitos patrimoniais foram cedidos à Faculdade por um período de 30 anos.

Devido a uma avaria no equipamento de Videoconferência, o serviço encontra-se interrompido por tempo indeterminado. Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

Alunos aguardam a sua vez na fila para as inscrições

Este ano, durante a 1.ª fase de inscrições, foi realizado um inquérito a 845 estudantes. De acordo com os resultados obtidos, o reconhecimento da competência científica (25%), a localização (22%) e a nota de candidatura (22%), foram determinantes na escolha da FCUL.

Abertura de Concurso para uma posição de substituição de Doutor Ciência na CFNUL na área Física Nuclear – Reações Nucleares, ver anúncio em http://www.eracareers.pt/opportunities/index.aspx?task=global&job

A FCUL dá as boas-vindas aos novos alunos, após o arranque do novo ano letivo, a 17 de setembro.

Filipe Duarte Santos - Professor Catedrático e Jubilado do Departamento de Física e Director do SIM

Imagem de perfil de Maria Filomena Camões, professora do DQB-FCUL

Maria Filomena Camões, professora do Departamento de Química e Bioquímica da FCUL, assina um artigo sobre a criação do Instituto Nacional de Metrologia da Colômbia e a inauguração de um laboratório do qual é madrinha.

Guiomar Evans - Prof. Auxiliar do Departamento de Física e Investigadora do Centro de Física da Matéria Condensada

A missa do 30.º dia em memória de José Manuel Pires dos Santos, professor aposentado do Departamento de Informática da FCUL, realiza-se a 11 de setembro, pelas 19h00, na Igreja da Luz, em Carnide.

Toda a morte, mesmo a anunciada, é uma surpresa. Um misto de espanto e de descrença como se não fosse possível acontecer.

As actividades da Semana Zero do DEGGE têm lugar nos dias 12, 13 e 14 de Setembro.

Bolsas Universidade de Lisboa / Fundação Amadeu Dias

Em cinco anos, a UL e a FAD apoiaram 134 projetos. A Faculdade de Ciências distingue-se com o maior número de alunos e respetivos trabalhos distinguidos, setenta.

Apresentações públicas do Programa de Doutoramento em Biologia

Apesar do próximo ano letivo começar já dia 17 de setembro, a FCUL ainda está a receber candidaturas de alunos interessados nos seus cursos pós-graduados.

Centro de Dados da FCUL

Tal como anunciado em julho, a modernização do Centro de Dados da FCUL foi realizada durante os meses de verão e está prestes a terminar.

Vela

Aos familiares, amigos e colegas a FCUL apresenta as sinceras condolências.

Fluxo de energia bancária

“O princípio de que aumentar o capital dos bancos favorece a estabilidade bancária, para além de estar errado, penaliza países como o nosso de forma ainda mais gravosa”, refere em entrevista Pedro Gonçalves Lind, um dos autores do regular article “The Dynamics of Financial Stability in Complex Networks”.

Os cidadãos estrangeiros abrangidos pelos programas “Erasmus Mundus” e “Ciência sem Fronteiras” podem ter autorização de residência em menos de 15 dias e direito à mobilidade no espaço da União Europeia.

Jardim

Através do sistema Concursos pode aceder a mais informações sobre o convite publicado no Jornal Oficial da União Europeia.

Vela

Aos familiares, amigos e colegas a FCUL apresenta as sinceras condolências.

Adultos e criança em atividade da Ciência Viva no Verão

Até 15 de setembro, a iniciativa Ciência Viva no Verão percorre o País organizando mais de 1700 atividades científicas gratuitas para toda a população. As inscrições permanecem abertas até 15 de setembro, de acordo com o calendário de atividades. Nesta altura, já são mais de 20 mil os inscritos.

Nos dias 9 e 10 de Agosto a plataforma Moodle da FCUL vai estar inacessivel devido a uma manutenção de rotina.

As nossas desculpas pelos possiveis incómodos causados.

Liliana Caldeira junto aos posters

A investigação sempre foi um objetivo, que ganhou força após o prémio para melhor poster ser-lhe atribuído numa importante conferência internacional. Até ao final do ano, Liliana Caldeira, aluna de doutoramento em Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL, deverá defender a tese.

Páginas