Estudo na Oryx

Medidas de conservação de tartarugas marinhas em Cabo Verde são insuficientes

A população de tartarugas marinhas (Caretta caretta) de Cabo Verde é considerada a terceira maior do mundo

Joana Madeira Hancock

Planos futuros

"A captura e venda das tartarugas [funciona como] rendimento alternativo em alturas de dificuldades económicas, aproveitando o facto de que ainda há procura desta carne por parte dos consumidores, o que indica a necessidade de uma abordagem socioeconómica da região para desenvolver medidas de conservação mais eficazes”, diz Joana Madeira Hancock, estudante do programa doutoral em Biodiversidade, Genética e Evolução. A primeira autora do estudo integra o cE3c – Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais e em breve vai adaptar este trabalho à realidade de São Tomé e Príncipe, país que beneficiou recentemente da aprovação de uma nova lei de conservação de tartarugas marinhas.

Um estudo publicado na revista internacional de conservação Oryx indica que a legislação e a proteção nas praias são insuficientes para travar a captura e o consumo ilegal de tartarugas marinhas em Cabo Verde.

O artigo “Exploring drivers and deterrents of the illegal consumption and trade of marine turtle products in Cape Verde, and implications for conservation planning”, publicado online a 11 de maio, é da autoria de Joana Madeira Hancock, Safiro Furtado, Sonia Merino, Brendan Godley e Ana Nuno.

Em 2011 a equipa de investigadores realizou mais de 400 inquéritos a habitantes das ilhas de Boa Vista e Santiago, com especial foco nas comunidades de pescadores e vendedoras de peixe, tradicionalmente associados à captura e comércio de tartarugas marinhas. Todas as respostas ao inquérito foram tornadas anónimas.

Este trabalho pretendeu avaliar a ilegalidade dos níveis de captura e de consumo de tartarugas marinhas e compreender se as intervenções atuais constituem a abordagem mais eficaz para promover a conservação destas espécies.

A população de tartarugas marinhas (Caretta caretta) de Cabo Verde é considerada a terceira maior do mundo. No entanto, registos históricos e estudos recentes demonstram uma forte influência negativa da ação humana nos níveis de população de tartarugas marinhas no arquipélago. As atuais medidas de conservação passam pela proteção de praias através de voluntários, por ações de sensibilização e, em alguns casos, pela presença militar nas principais praias de nidificação.

Programa doutoral em Biodiversidade, Genética e Evolução
As candidaturas a bolsas de doutoramento terminam a 25 de junho de 2016

Marta Daniela Santos, do cE3c, com Ana Subtil Simões, do GCIC Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas