Investigadora da Ciências ULisboa distinguida pelo Conselho Europeu de Investigação

Catarina Frazão Santos

Nos últimos sete anos, Catarina Frazão Santos tem tido como foco de investigação uma linha inovadora e interdisciplinar, em colaboração internacional, sobre planeamento do espaço marinho, alterações climáticas, e sustentabilidade do oceano

GJ DCI Ciências ULisboa

“É necessário sensibilizar para a necessidade de uma ‘mudança de paradigma’, no que respeita à gestão sustentável do oceano num contexto de mudança.”
Catarina Frazão Santos

O projeto tem como instituição proponente a FCiências.ID -Associação para a Investigação e Desenvolvimento de Ciências. Com a duração de 60 meses, tem início no primeiro trimestre de 2024.

O Conselho Europeu de Investigação (ERC, na sigla em inglês) atribui bolsa de arranque (starting grant, em inglês), no valor de 1,499,819.00 euros, a Catarina Frazão Santos, investigadora e docente no Departamento de Biologia Animal da Ciências ULisboa e investigadora integrada no Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE), pelo seu projeto “Planeamento do Uso Sustentável do Oceano na Antártida num contexto de Alterações Ambientais Globais (PLAnT)”. Segundo comunicado de imprensa emitido pela Faculdade, pela primeira vez um processo de ordenamento do espaço marinho de larga escala vai ser pensado para uma área gerida internacionalmente (fora de jurisdições nacionais).

“O objetivo principal do projeto PLAnT é promover o desenvolvimento e a implementação de processos de ordenamento do espaço marinho sustentáveis, equitativos, e que contribuem para a adaptação e a mitigação das alterações climáticas, na Antártida e a nível global.”
Catarina Frazão Santos

Catarina Frazão Santos tem publicações científicas em revistas de topo, como é o caso da “Nature Sustainability” e da “Nature Geoscience”; tem dado suporte à Comissão Europeia, Organização das Nações Unidas e ao Banco Mundial enquanto especialista em ordenamento do espaço marinho e alterações climáticas; e é ainda editora-chefe fundadora da nova revista do grupo “Nature”, dedicada à sustentabilidade do oceano – “npj Ocean Sustainability”. A investigadora da Ciências ULisboa desenvolve ainda o seu trabalho como investigadora convidada da Universidade de Oxford e da NOVA School of Business and Economics. Catarina Frazão Santos concluiu o doutoramento em Ciências do Mar em 2016, na Ciências ULisboa. A sua formação de base em Biologia Marinha (licenciatura) e Ecologia e Gestão Ambiental (mestrado) também foi obtida na Ciências ULisboa.

Nos últimos sete anos, a cientista tem tido como foco de investigação uma linha inovadora e interdisciplinar, em colaboração internacional, sobre planeamento do espaço marinho, alterações climáticas, e sustentabilidade do oceano. Com o projeto PLAnT, Catarina Frazão Santos e a sua equipa pretendem desenvolver uma visão integrada sobre o estado atual, condições futuras, e desafios para a utilização, conservação e governança dos sistemas socioecológicos marinhos na Antártida. De acordo com a cientista, no âmbito deste projeto vai ser possível ainda analisar as idiossincrasias sociais, económicas e políticas, que têm vindo a limitar o ordenamento do espaço marinho na Antártida. O foco deste projeto passa ainda por procurar transferir as soluções e aprendizagens, que vierem a ser identificadas para outras regiões.

“Vão ser exploradas soluções para adaptação e mitigação climática baseadas no oceano, bem como mecanismos para promoção de um planeamento dinâmico e adaptativo na região.”
Catarina Frazão Santos

Scripta manent. O que se escreve, fica, permanece.
Leia os artigos do PúblicoNáutica Press Online e Diário de Notícias sobre o assunto.

Gabinete de Jornalismo Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Chieko Asakawa and Hironobu Takagi

17 Julho 2012 - 10h30
Anfiteatro da Fundação da FCUL

Pormenor de obra artística

Os promotores do FP7 acreditam que “centenas de instituições científicas de toda a União Europeia irão apresentar propostas” e esperam captar novos participantes, nomeadamente pequenas e médias empresas, incrementando dessa forma a competitividade europeia.

Carlos Miguel Farinha, bioquímico docente do DQB e investigador do BioFIG , foi premiado em junho com o Romain Pauwels Research Award, atribuído pela European Respiratory Society.

 

2ª fase de candidaturas:  15 a 22 de Julho.

O mestrado em Matemática para Professores é uma excelente oportunidade para consolidar,  recordar e aprender muitos temas relacionados com a matemática escolar.

No dia 12 de Julho foram feitas as apresentações de quatro trabalhos feitos no âmbito da disciplina de Projecto em Matemática para o Ensino do Mestrado em Matemática para Professores.

A Universidade de Lisboa e a Fundação Amadeu Dias estão a atribuir bolsas aos alunos de 1º Ciclo de qualquer área do saber, leccionado na Universidade de Lisboa e que já tenham concluído o 1.º ano curricular, ou alunos que frequentem&n

Em 18 anos, o Programa de Estímulo à Investigação premiou 34 jovens investigadores e 19 instituições da Universidade de Lisboa. Na última edição, dos oito premiados, três são jovens cientistas da FCUL. As candidaturas à próxima edição decorrem até 21 de setembro.

Cartaz do Seminário

No dia dia 16 de Julho, pelas 11H00, na sala 6.4.30, realizar-se-á um Seminário organizado pelo Centro de Investigação Operacional com o título 'Lagrangian-Based Branch-and-Bound for Two-Echelon Uncapacitated Facility Location with Single Assignment Cons

Os resultados das experiências ATLAS e CMS divulgados recentemente pelo CERN, também foram apresentados publicamente na FCUL, numa sessão organizada pela professora do Departamento de Física Amélia Maio, a responsável pela participação portuguesa na experiência ATLAS.

Apresentações dos Projectos de Física dia 19 de Julho, às 10h, na sala 8.2.17:

O que faz o profissional que passa os seus dias no laboratório? E quem se dedica a resolver equações ou a estudar animais e plantas? Cinquenta alunos da associação EPIS descobriram as respostas a estas e a outras questões.

Servidor da FCUL

O projeto de reestruturação do Centro de Dados da FCUL, iniciado em junho, deverá estar concluído no próximo mês de setembro.

Duas pessoas fazem uma experiência no laboratório

A Faculdade de Ciências abre as portas dos seus laboratórios a 50 jovens, vindos de diferentes pontos do País, para mais uma edição da “Rota das Vocações de Futuro” da EPIS.

Apesar de ser uma das áreas mais recentes da FCUL, atualmente é uma vertente da ciência portuguesa em franca expansão.

“Um trabalho que reflita sobre o passado de uma instituição, ou o passado da ciência em Lisboa ou em Portugal, é sempre algo de muito importante para repensarmos o nosso trajeto”. A afirmação feita pela historiadora das ciências, Ana Simões, a propósito de um dos muitos projetos em curso é reveladora da importância, que a preservação do património científico tem na sua vida.

Kostas Gavroglu e Ana Simões assinam o primeiro livro “Neither Physics nor Chemistry: A History of Quantum Chemistry” sobre a emergência da disciplina Química Quântica, o pretexto ideal para conversar com a autora portuguesa.

O Grupo Azevedos oferece estágio profissional remunerado a recém licenciado na área da Estatística ou Matemática. Os interessados devem enviar a candidatura para

A edição deste ano d´O Botânico, uma revista propriedade da Associação Íbero-Macaronésica de Jardins Botânicos já se encontra online.

O Centro de Informática migrou todo o sítio antigo para o novo Portal da FCUL.

O Centro de Informática colocou em produção, durante a ultima semana de Maio, um equipamento de rede central na arquitectura de comunicações da FCUL.

Na Licenciatura em Matemática (LM) da FCUL, o leque de opções do 3º ano da LM foi alargado e passou a incluir as seguintes disciplinas, que estarão já disponíveis no ano lectivo de 2012/13:

 

 

Em exibição no:

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

1 de Junho de 2012 a 28 de Abril de 2013

 

 

Os cadernos e as comissões eleitorais estão publicitados no portal da FCUL, assim como o Despacho D/101/2012, que integra o calendário de eleições.

Páginas