Investigação

Bolsas UL/FAD apoiam jovens investigadores

Bolsas Universidade de Lisboa / Fundação Amadeu Dias
Reitoria da Universidade de Lisboa

Reforçar a integração científica e a inclusão dos diplomados no meio empresarial e encaminhar os alunos de graduação para a descoberta científica são os principais objetivos do concurso para atribuição de bolsas UL/FAD.

Implementado em 2007, o programa destina-se aos estudantes do 1.º ciclo da Universidade de todas as áreas do saber aqui lecionadas, entre elas, Ciências, Letras, Medicina, Direito, Belas-Artes, Psicologia, Medicina Dentária, Ciências Sociais, Educação e Geografia e Ordenamento do Território.

Em quatro edições a iniciativa já apoiou 134 projetos, sendo a FCUL a instituição que contabiliza o maior número de bolseiros UL/FAD, setenta. Do total de bolseiros distinguidos registam-se ainda 18 projetos oriundos de alunos da Faculdade de Farmácia, 15 da Faculdade de Letras, 11 da Faculdade de Psicologia (anteriormente designada Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação), 12 da Faculdade de Medicina, três da Faculdade de Direito, dois da Faculdade de Medicina Dentária, dois do Instituto de Educação e um da Faculdade de Belas-Artes.

Na última edição, respeitante ao ano letivo 2011/2012, houve 27 trabalhos galardoados, 12 deles pertencentes a alunos da FCUL.

Bruno Carapinha, coordenador do Núcleo de Relações Externas da UL, reforçou a importância da iniciativa: “É fundamental promover uma cultura de participação ativa no mundo da investigação tão cedo quanto possível no percurso académico do estudante, incentivando-o a pensar de forma criativa e a conceber modos de concretizar uma ideia que lhe pareça ter interesse e merecer o apoio de avaliadores dessa mesma ideia”, acrescentando que o balanço da participação dos alunos da FCUL tem sido “muito positivo, visto que tem havido um número elevado de candidaturas, muitas delas bem sucedidas, o que prova que os projetos apresentados têm merecido a aprovação dos avaliadores ao longo dos anos”.

A bolseira Fátima Cardoso, apoiada para a conceção do projeto “Mecanismos da Ação Antitumoral de Complexos Organometálicos de Ouro (I)”, deu conta da sua experiência no ano letivo 2011/2012.“Quando vi que iria receber a bolsa fiquei mais que feliz, tinha uma oportunidade única de começar a trabalhar naquilo que quero fazer durante toda a minha carreira profissional: investigação!”, refere com entusiasmo a jovem estudante do 2.º ano de Biologia.

O aluno do 2.º ano de Bioquímica, João Coelho, distinguido no mesmo ano, reforçou a importância da participação nesta iniciativa e deixou conselhos aos colegas: “Este tipo de bolsas permite o desenvolvimento de capacidade e mentalidade prática acerca da Ciência, assim como permite a inserção e interação num ambiente diferente do habitual laboratório que se experiencia durante a licenciatura”. O jovem cujo trabalho incide sobre a doença genética da Fibrose Quística aconselhou ainda os colegas, que concorreram e não foram apoiados, a não desistir.

O número de bolsas a atribuir a cada umas das áreas do saber da UL, assim como o valor, varia de ano para ano. Os critérios de seleção baseiam-se no interesse e originalidade do projeto, média de curso do estudante e curriculum vitae do tutor.

Cada aluno é acompanhado por um tutor, por si escolhido, que irá orientar e avaliar o projeto de investigação. Na fase da conceção, o tutor terá de ser um docente ou investigador da UL (ou convidado) com grau de doutor. No que concerne à segunda fase do trabalho, o tutor terá de ser também docente da UL e deverá “responsabilizar-se pela realização de um pequeno projeto em ligação com o tecido empresarial”.

Para o professor Carlos Farinha, docente do Departamento de Química e Bioquímica e orientador do João Coelho, este tipo de iniciativas é “muito útil para implementar uma maior dinâmica às nossas atividades de investigação e permitir uma crescente ligação dos estudantes de 1.º ciclo a esse tipo de atividades”.

No final de cada edição todos os projetos são apresentados num fórum público onde são atribuídos dois prémios extra: um destina-se ao melhor poster, outro à melhor apresentação oral.

No ano letivo 2012/2013, serão 25 os projetos apoiados com uma bolsa no valor de 1.900 euros destinada exclusivamente aos estudantes. Até ao momento a Reitoria da UL recebeu 97 candidaturas. Este ano o prazo do programa foi prorrogado até 6 de setembro, sendo que os resultados deverão ser anunciados a 28 de setembro. A FCUL deseja boa sorte a todos os concorrentes!

Alunos da FCUL premiados em 2011/2012 com as Bolsas UL/FAD

Engenharia Biomédica e Biofísica
Andreia Sofia Oliveira Gaspar – “Implementação de um Software para Análise de Realce Tardio em Ressonância Magnética Cardiovascular”
Biologia
Evelina Daniela Teixeira Rodrigues – “Cuidados Parentais em Chimpanzés: Estudo de Interações Parentais numa População em Cativeiro do ZOO de Lisboa, Baseado no Grau de Parentesco e Idade”
Fátima Sofia dos Santos Cardoso – “Mecanismos da Ação Anti-tumoral de Complexos Organometálicos de Ouro (I)”
Maria José Minhoto Diniz da Costa – “Mecanismo de Resistência ao Arsénio numa Levedura Extremófila”
Mário Artur Santos Mira - “Evolução do Comportamento de Acasalamento da Natureza para o Laboratório: Será que as Fêmeas sabem a Diferença?”
Telma Soraia Guedes Laurentino – “Influência do fungo Batrachochytrium Dendrobatidis na Longevidade e Estrutura Etária de Urudelos”
Bioquímica
Ana Catarina Alcarva Pontes - “Otimização do Método de Quantificação de TTR em Extrato de Fígado Humano”
Ana Iolanda d’Armada Moreira - “Caracterização Molecular e Estrutural do Sintase do Óxido Nítrico de Leishmania Infantum
João Pedro Lourenço Coelho – “Desenvolvimento de Nova Metodologia para Estudo da Biogénese e Processamento da Proteína CFTR responsável pela Doença Genética Fibrose Quística”
Geologia
Marco Cantídio Azevedo – “Avaliação do Potencial e Natureza Metalogenética do Acidente de Juromenha (Zona de Ossa-Morena), através de Metodologias Analítica e Cartográficas Estruturais de Pormenor”
Susana Margarida da Graça Santos – “Química-mineral das Lavas da Ilha de Santa Maria (Açores): Implicações Petrogenéticas”
Matemática Aplicada
Diogo Afonso Carocho de Sousa Costa – “Visualização de Estruturas com Diferentes Níveis de Detalhe no Âmbito da Biologia Vegetal”

Espólio info-Ciências digital
Entrevista com Rafael Galupa
Entrevista com Patrícia Santos
Bolsas UL/FAD - 3.ª edição
Bolsas UL/FAD

 

Raquel Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

Information dissemination in unknown radio networks with large labels

Professor Shailesh Vaya,
Xerox Research Centre, India,

July 20 at 10h00 on room 6.3.38

Estudantes sentados, junto a uma mesa

O pedido de apoio à formação pós-graduada na área da Geologia do Petróleo deve ser apresentado até 15 dias úteis, após o último dia do prazo de inscrição no respetivo curso.

Já é possível solicitar a criação de Unidades Curriculares na plataforma Moodle para o ano letivo 2012/2013.

Os pedidos podem ser realizados no Portal da FCUL, após inicio de sessão.

O Centro de Informática terminou, no passado dia 12 de Julho, a migração de um equipamento central na rede da FCUL.

A excelência de sempre na construção do futuro. Escolhe um dos nossos cursos de Física, Astronomia e Astrofísica, Engenharia Física, ou Engenharia Biomédica e Biofísica. [ + ]

Alunos da FCUL no pátio do C6

O “6th SPJ-OCS” realiza-se pela primeira vez em Portugal. Os organizadores do evento acreditam que “este congresso contribui para dar uma imagem do potencial científico de Portugal” nesta área.

Chieko Asakawa and Hironobu Takagi

17 Julho 2012 - 10h30
Anfiteatro da Fundação da FCUL

Chieko Asakawa and Hironobu Takagi

17 Julho 2012 - 10h30
Anfiteatro da Fundação da FCUL

Pormenor de obra artística

Os promotores do FP7 acreditam que “centenas de instituições científicas de toda a União Europeia irão apresentar propostas” e esperam captar novos participantes, nomeadamente pequenas e médias empresas, incrementando dessa forma a competitividade europeia.

Carlos Miguel Farinha, bioquímico docente do DQB e investigador do BioFIG , foi premiado em Junho com o Romain Pauwels Research Award, atribuído pela European Respiratory Society.

 

2ª fase de candidaturas:  15 a 22 de Julho.

O mestrado em Matemática para Professores é uma excelente oportunidade para consolidar,  recordar e aprender muitos temas relacionados com a matemática escolar.

No dia 12 de Julho foram feitas as apresentações de quatro trabalhos feitos no âmbito da disciplina de Projecto em Matemática para o Ensino do Mestrado em Matemática para Professores.

A Universidade de Lisboa e a Fundação Amadeu Dias estão a atribuir bolsas aos alunos de 1º Ciclo de qualquer área do saber, leccionado na Universidade de Lisboa e que já tenham concluído o 1.º ano curricular, ou alunos que frequentem&n

Em 18 anos, o Programa de Estímulo à Investigação premiou 34 jovens investigadores e 19 instituições da Universidade de Lisboa. Na última edição, dos oito premiados, três são jovens cientistas da FCUL. As candidaturas à próxima edição decorrem até 21 de setembro.

Cartaz do Seminário

No dia dia 16 de Julho, pelas 11H00, na sala 6.4.30, realizar-se-á um Seminário organizado pelo Centro de Investigação Operacional com o título 'Lagrangian-Based Branch-and-Bound for Two-Echelon Uncapacitated Facility Location with Single Assignment Cons

Os resultados das experiências ATLAS e CMS divulgados recentemente pelo CERN, também foram apresentados publicamente na FCUL, numa sessão organizada pela professora do Departamento de Física Amélia Maio, a responsável pela participação portuguesa na experiência ATLAS.

Apresentações dos Projectos de Física dia 19 de Julho, às 10h, na sala 8.2.17:

O que faz o profissional que passa os seus dias no laboratório? E quem se dedica a resolver equações ou a estudar animais e plantas? Cinquenta alunos da associação EPIS descobriram as respostas a estas e a outras questões.

Servidor da FCUL

O projeto de reestruturação do Centro de Dados da FCUL, iniciado em junho, deverá estar concluído no próximo mês de setembro.

Duas pessoas fazem uma experiência no laboratório

A Faculdade de Ciências abre as portas dos seus laboratórios a 50 jovens, vindos de diferentes pontos do País, para mais uma edição da “Rota das Vocações de Futuro” da EPIS.

Apesar de ser uma das áreas mais recentes da FCUL, atualmente é uma vertente da ciência portuguesa em franca expansão.

“Um trabalho que reflita sobre o passado de uma instituição, ou o passado da ciência em Lisboa ou em Portugal, é sempre algo de muito importante para repensarmos o nosso trajeto”. A afirmação feita pela historiadora das ciências, Ana Simões, a propósito de um dos muitos projetos em curso é reveladora da importância, que a preservação do património científico tem na sua vida.

Kostas Gavroglu e Ana Simões assinam o primeiro livro “Neither Physics nor Chemistry: A History of Quantum Chemistry” sobre a emergência da disciplina Química Quântica, o pretexto ideal para conversar com a autora portuguesa.

Páginas