Workshop

Restaurar o Funcionamento dos Ecossistemas: Soluções Inovadoras baseadas na Natureza

Crostas Biológicas do Solo - O caso de estudo das albufeiras de Salamonde e Caniçada

Auditório EDP, Porto

Este workshop surge do interesse e utilidade em divulgar o trabalho de investigação inovador que o Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (cE3c), da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), tem vindo a desenvolver, com o apoio da EDP Produção, no âmbito do Reforço de Potência do Aproveitamento de Salamonde - Salamonde II, envolvendo as albufeiras de Salamonde e Caniçada. Este projeto surgiu da necessidade de dar cumprimento à Declaração de Impacte Ambiental (DIA) da referida obra, que, entre o conjunto de diversas medidas de minimização, preconizou o recurso a soluções de engenharia natural, para controlar a erosão nas faixas interníveis das duas albufeiras - Salamonde e Caniçada - em zonas piloto. As soluções clássicas não seriam facilmente aplicadas às margens das albufeiras sujeitas a oscilações diárias de nível e uma solução inovadora e sustentável era necessária, tendo sido este o desafio colocado à FCUL. Com este seminário pretende apresentar-se os primeiros resultados desta investigação inovadora, baseada na utilização das crostas biológicas do solo, partilhando-a e pondo-a à discussão com um auditório alargado direta ou indiretamente ligado ao tema, incluindo investigadores que trabalham também na área das soluções baseadas na natureza, objetivando a resolução sustentável dos inúmeros e diversos problemas que têm vindo a colocar-se no restauro de ecossistemas degradados.

Porquê as soluções baseadas na natureza?

A natureza executa muitas funções e presta múltiplos serviços essenciais ao Homem. Por vezes, um olhar menos atento pode levar a desvalorizar essas funções, que os ecossistemas nos prestam de forma gratuita. Quantificar os bens e serviços fornecidos pelos ecossistemas é essencial para podermos fazer uma gestão racional e sustentável dos recursos. Nem sempre é possível manter a integridade dos ecossistemas e, com frequência, os impactes humanos levam à destruição de componentes dos ecossistemas, alterando o seu funcionamento, perdendo-se, consequentemente, os serviços fornecidos por estes. A forma mais sustentável, economicamente, de restaurar essas funções é voltar a colocar a natureza a executá-las. Para tal, é necessário identificar organismos chave no funcionamento dos ecossistemas, entender o melhor possível os seus mecanismos de ação e repor a estrutura e a biodiversidade que permitam restaurar essas funções no ecossistema. É isso que se propõe fazer neste seminário: atrair a atenção sobre as múltiplas possibilidades que a própria natureza oferece e apresentar diversos casos de estudo, onde soluções inovadoras, baseadas na natureza, demonstram a possibilidade de repor a funcionalidade do ecossistema, mantendo uma relação custo-benefício atrativa e sustentável.

Inscrições até 18 de março de 2016, para o e-mail paula.braga@edp.pt.

EDP Produção / cE3c - Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais

Objectives: To introduce participants to the details of communicating science to non-specialized audiences, including, but not exclusive to, public and private stakeholders, students and teachers, and media professionals.

Evolutionary theory provides a framework for understanding all living systems. Nevertheless, throughout the 20th century, with a few exceptions, evolutionary biologists have “avoided” using evolution to address problems related to our own species.

Under the general framework of Global Change Ecology, the goal of this course is to provide the participants with the most recent and practical knowledge on the use of Functional Diversity.

During recent decades we have witnessed a great development of bioinformatics that has led to the accumulation of a huge amount of biological information.

The objective of this course is to introduce participants to the details of communication and writing scientific publications. The main emphasis is on the most common form, the “primary scientific paper”, but other forms will be covered.

Phylogenetics is one of the scientific areas of Biology that has grown fast and evolved in methodological terms in the last years.

Lack of fertile land to feed the exponentially growing population, insufficient water availability and quality, changes in the flow of nutrients through the bio-geo-cycles (especially N and P) and climate and land use changes are impacting ecosystems and their capacity to deliv

On completion of the course, the students shall have acquired the following knowledge and understanding:

The continuous urban development associated with the growth of the world population has become one of the most important challenges of the present time. Today, cities accommodate more than 54% of the world's population, a proportion that is expected to increase to 70% by 2050.

This course is designed for students with research interests in sustainable transition and participatory techniques.

The conference aims to create a bridge between quarry restoration projects around the world.

Nature-based approach to Design solutions for a more resilient future aims to support societies address a variety of environmental, social and economic challenges in sustainable ways. This approach relies on actions that are inspired by, supported by or copied from Nature.

Currently, climate changes or alterations are known to be reflected on the stable isotope ratios of Hydrogen, Nitrogen, Carbon, Oxygen and Sulphur present in atmospheric gas forms, fresh or ocean water, as well as in plants and animals and organic matter in the soil.

Phylogeography is one of the recent scientific areas emergent from the dissemination of highthrouput technologies of sequencing starting in the 90’s of the XXth century, with the consequent development of intra-specific genetic variance analysis and its geographic distribution.

This is a mostly practical course offering an overview on different community ecology and macroecological methods and software.

Páginas