Comemorações do Dia do Microrganismo

Pavilhão do Conhecimento, Lisboa

A Sociedade Portuguesa de Microbiologia, a Ordem dos Biólogos, a Agência Ciência Viva e a Comissão Nacional da UNESCO propõem, pela primeira vez, a instituição do Dia do Microrganismo a 17 de setembro. O dia escolhido corresponde à data (do ano de 1683) de uma das cartas enviadas à Royal Society of London por Anton van Leeuwenhoek, onde descreve rigorosamente a primeira observação, devidamente ilustrada com desenhos, de bactérias vivas presentes na placa dentária.

A proposta de lançamento deste dia é acompanhada com um conjunto de atividades a ocorrer no Pavilhão do Conhecimento, das 11h00 às 19h00, com entrada livre.

As atividades incluem performances, mostras interativas, workshops, instalações, projeções e outras.


Porquê esta proposta?
Viver no século XXI é ter o privilégio de olhar à volta e perceber que o mundo é muito mais do que se vê! No entanto, há um mundo invisível formado por uma multidão de microrganismos que é o nosso suporte de vida. Uma multidão da qual dependemos! Descobrir, reconhecer e explorar a importância dos microrganismos é um longo caminho que não é apreciado por todos.
O conhecimento dos microrganismos está muito associado a doenças infeciosas, mas nem todos são maus e patogénicos. Pelo contrário, há muita diversidade, da ordem dos milhares de milhão, por conhecer e identificar. São uma multidão espalhada por todos os habitats e o estudo biológico e ecológico está longe de estar completo. 
E se é importante compreender e alertar para o perigo das infeções, é igualmente útil mostrar que a base da vida são estes microrganismos, que estabelecem interações complexas com diferentes organismos vivos, desde plantas a animais, Homem incluído, contribuindo  para a sustentabilidade da vida na Terra. 
O estudo dos microrganismos é crucial para a compreensão dos mecanismos fundamentais da vida e sua evolução. Os microrganismos (fábricas celulares) são essenciais para a resolução dos problemas mais prementes da sociedade em direção a uma Bioeconomia, considerada prioritária para a Europa. Esta atividade económica, que assenta no uso de recursos renováveis é, por essência, uma economia circular pois, idealmente, todos os elementos usados na criação de um produto são reutilizados ou reciclados. Permite ainda reduzir o consumo de combustíveis fósseis.

Como se enquadra?
A proposta de lançamento de um dia do microrganismo tem o alto patrocínio da Comissão Nacional da UNESCO (United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization) e o apoio da SPECO (Sociedade Portuguesa de Ecologia) e está inserido na Década da Biodiversidade.

11h00-19h00

Pedro Miguel Martins Assis defende a dissertação "Desenvolvimento de uma Solução de Business Intelligence".

Tipo de Evento Portas abertas/Visitas a laboratórios

Público Alvo Estudantes universitários

Tipo de Evento Tertúlias/Café de Ciência

Público Alvo Público em Geral

Emanuele Frittaion
CMAFCIO, Universidade de Lisboa

Tipo de Evento Workshop

Público Alvo Professores

A Springer Protocols é a maior base de dados de métodos experimentais para as Ciências da Vida. Oferece informação pormenorizada sobre as técnicas e procedimentos necessários para repetir experiências laboratoriais.

João José Maia Martinsdefende a tese "Métodos eficientes de simulação e otimização em problemas de segurança portuária".

Tipo de Evento Workshop

Público Alvo Público em Geral

Tipo de Evento Palestras/Conferências/Colóquios

Público Alvo Público em Geral

Miguel Cortes Rodrigues defende o trabalho de projeto "Fatores determinantes do rating soberano português".

Tipo de Evento Portas abertas/Visitas a laboratórios

Público Alvo Público em Geral

Fábio Alexandre Canada Ferreiradefende a dissertação "Automatic Tests Generation for Restful Apis".

Estes cursos breves, dirigidos aos alunos de licenciatura (e mestrado) em Biologia da FCUL, têm como objetivo complementar o seu plano curricular e a oferta já existente para este público-alvo, e decorrem sobretudo aos fins de semana e feriados para evitar sobreposição com

Por Tiago Campante (IA - Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço)

Pedro Alexandre Reis de Sá Costa defende a tese "Dependable mapreduce in a Cloud-of-Clouds".

Vera Alexandra Fernandes Colaço defende a dissertação "Evaluation of left Ventricle Strains by applying SPAMM cardiac MRI techniques".

Ana Seabra Gomes Domingosdefende a dissertação "Bringing portal dosimetry for radiotherapy into the clinic".

HiTech is a training Program that supports researchers’ translating cutting-edge technology and scientific discoveries into business opportunities.

Por Liliana Apolinário (LIP).

Por Tom Reynkens (Research Centre Insurance – Leuven - Belgium).

Arthur Freitas Vieiradefende a dissertação "Desenho e Conceção de um Microscópio de Força Atómica".

Tatiana Cristina Soares Garção defende a dissertação "Avaliação empírica do risco de mercado: Estimação do Value-at-risk pela teoria dos valores extremos".

As inscrições nos workshops são efetuadas em http://oficinaenergias.eventbrite.com/.

Durante o mês de novembro, o GAPsi vai organizar o ciclo Palestras no Outono, disponibilizando palestras com temáticas na área das Competências Transversais.

As inscrições nos workshops são efetuadas em http://oficinaenergias.eventbrite.com/.

Páginas