Seminário Ciência e Império

O casamento como laboratório civilizacional: a promoção da mulher africana entre a família consuetudinária e o idílio conjugal

Sala 8.2.02, FCUL, Lisboa
Ciência e Império

Este seminário destina-se à apresentação de trabalhos em curso sobre as inter-relações entre conhecimento científico, tecnologia e formações imperiais. O seminário convoca historiadores, antropólogos e cientistas sociais em geral para uma reflexão conjunta e interdisciplinar sobre a ciência e o fenómeno colonial.

Realiza-se nas segundas quartas-feiras de cada mês, das 12.30h às 13.30h, alternadamente na Faculdade de Ciências e no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

As sessões são abertas à comunidade académica e não académica, apelando à participação de investigadores nacionais e estrangeiros, de diferentes instituições.

Resumo: Em contexto colonial, a condição da mulher africana foi aferida, as mais das vezes, à luz de práticas locais que envolviam a troca de prestações matrimoniais. Interpretadas no quadro da codificação internacional das formas de escravatura, tais práticas foram discutidas no escopo da política colonial pela relação entre as funções do parentesco africano e a produção e tráfico de pessoas com estatuto servil. Enquanto isso, a relação ambígua da administração colonial com as configurações matrimoniais consuetudinárias abria campo para a ascensão do idílio conjugal como solução de reorganização social. Com âncora no caso da Guiné dos anos 1950, esta apresentação interroga os tempos e as geografias do processo que isolou o casamento como marcador da diferença indígena e, em simultâneo, o constituiu como alvo tanto da etnologia que se interessava sobre os usos e costumes que a caracterizavam, como dos agentes coloniais que sobre eles intervinham a pretexto da salvaguarda da dignidade da mulher africana.

12h30
CIUHCT - Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia

Neste evento, de cariz interdisciplinar, serão abordados os impactos das alterações climáticas nos recursos marinhos, bem como a identificação de medidas de adaptação para os diferentes setores produtivos.

Imagem incluindo a designação do concurso, sobre um fundo de cor terracota

Decorrem de 30 de janeiro a 26 de fevereiro de 2020 (17h00, hora de Lisboa) as candidaturas ao Concurso FCT "Estímulo ao Emprego Científico Individual" (3.ª Edição).

Beatriz Franco Roque defende a dissertação "O Pedestrianismo nas levadas e veredas da Ilha da Madeira: Um ensaio de caraterização".

Júri das provas:

Logótipo do Prémio Universidade de Lisboa 2019, sobre um fundo azul

Prorrogação do prazo de candidaturas até 28 de fevereiro de 2020.

Ana Catarina Guerreiro Leal defende a dissertação "Analysis of the breathing apparatus of the cerambycid species that colonizes pines infected by the pine wood nematode, Bursaphelenchus xylophilus (Steiner and Buhrer, 1934) Nickle, 1970, with special emphasis to the insect-vector

João Miguel Cardoso Dias defende a tese "Smooth representations of Groups associated with Algebras defined over non-archimedean fields".

Ana Rita da Costa Garcia defende a dissertação "Blood-brain barrier: role in brain metastasization of breast cancer".

Por Ana Cristina Casimiro (Universidade Nova de Lisboa).

Speaker: Kristin Laidre (Associate Professor at the School of Aquatic and Fishery Sciences; Polar Science Center, Applied Physics Laboratory, University of Washington).

Fotografia de placa de identificação de zona de plantação de vinha

Candidaturas até 28 de fevereiro de 2020.

Imagem ilustrativa do evento, acompanhada de várias informações (título, orador, dia, hora e local)

Parte do Nobel da Física de 2019 foi atribuído à descoberta do primeiro planeta a orbitar uma estrela semelhante ao Sol. Desde 1995, o número de planetas extra-solares descobertos tem vindo a crescer de forma impressionante, sendo já mais de 4000.

André Sousa Nunes defende a tese "Dynamics of mixtures under confinement".

Por Jean-Hugues Barthélémy (Diretor do Centre International des Études Simondoniennes; Investigador Associado Université de Paris Ouest - Nanterre La Défense).

Organização: Olga Pombo (CFCUL, PIT).

Logótipo das Jornadas Doutorais, sobre um fundo azul

Evento aberto à comunidade académica de Ciências, onde os estudantes de doutoramento dos ramos de Física, Eng.ª Física, Eng.ª Biomédica e Astronomia e Astrofísica expõem os seus projetos de doutoramento.

Imagem ilustrativa do prémio (fotografia de rosto de um jovem, metade humana e metade "computorizada", acompanhada do título da iniciativa e do slogan "Um Milhão para a Inovação"

O prémio IN3+ destina-se a todos os investigadores pertencentes às entidades que integram a Rede Inovação INCM.

Imagens alusivas às exposições

Ciclo de conferências associadas às exposições The Eagle has Landed e 

Representação de um mapa antigo

A história global está no centro de algumas das discussões historiográficas mais recentes e estimulantes.

Logótipo do Dia Dia Internacional da Matemática, sobre um fundo branco

E que tal escrever os testes, fichas, apontamentos e tudo o que precisamos para trabalhar com um software livre, elegante e gratuito?

Logótipos da Deloitte e do Programa SISE, sobre um fundo escuro

O SISE é a oportunidade para pessoas com background em engenharias “não informáticas” desenvolverem as competências técnicas necessárias para iniciarem uma carreira em Consultoria Tecnológica na Deloitte. Mais detalhes sobre o programa seguem em anexo.

Rodrigo Amaro e Silva defende a tese "Spatio-temporal solar forecasting".

Imagem ilustrativa do evento, acompanhada de informações diversas (título, dia, hora, local, instituições associadas)

Concerto e conferência pela Orquestra Metropolitana de Lisboa - inscreva-se já.

Título "Colégios da ULisboa" sobre um fundo escuro

Apresentação e lançamento oficial dos Colégios Tropical e Ciências Polares e Ambientes Extremos.

Logótipo da iniciativa, sobre um fundo branco

4.ª edição do evento Física Fora da Academia, no qual os estudantes e outros interessados terão a oportunidade de saber um pouco mais sobre o que as áreas de Física e Engenharia Física têm para oferecer.

Fotografia a preto e branco de membros do TUT - Teatro Académico da ULisboa

INSUBMISSAS é uma peça de teatro sobre as mulheres na ciência, mas também sobre as suas intervenções na sociedade e os seus dramas pessoais e familiares.

No contexto académico existem naturalmente situações que podem despoletar maiores níveis de ansiedade, como as avaliações, as apresentações de trabalhos ou novas relações interpessoais.

Páginas