Conferências CIUHCT

"Tecnologismo": tecnologia e religião durante a Regeneração

FCT-UNL, Sala MIT (Ed. VII), Caparica

Na segunda metade do século XIX, Portugal investiu em diversas soluções tecnológicas para modernizar diferentes setores da sociedade, sendo o caminho-de-ferro uma das mais imponentes inovações. Além dos benefícios materiais que trouxe em termos de velocidade e capacidade de transporte, a ferrovia desempenhou ainda um importante papel simbólico, como representação indisputada de modernidade, progresso e civilização. Neste artigo, pretendo demonstrar que o sentimento de sublime provocado pela locomotiva vapor assumiu igualmente contornos religiosos, de religião implícita (tecnologismo), que contribuíram para cimentar a implementação da ferrovia e dos seus principais agentes tecnológicos na sociedade nacional.

Palavras-chave: tecnologismo, religião implícita, technical fix, determinismo tecnológico, sublime tecnológico


"Technologism": technology and religion in the Regeneração

On the second half of the 19th century, Portugal invested in different technological solutions to modernize some of the sectors of Portuguese society. The railway was one of the most visible innovations. Besides the material improvements in terms of speed and freight capacity, the railway took a leading symbolic role as representative of modernization, civilization and overall progress. In this paper I argue that the feeling of technological sublime brought about by the steam locomotive was also characterized by religious traits of an implicit religion (technologism), which contributed to the process of implementation of the railroad itself, and also to enhance the relevance of its technological agents in the Portuguese society.

Keywords: technologism, implicit religion, technical fix, technological determinism, technological sublime

Short bio: Hugo Silveira Pereira, post-doctoral researcher at the Interuniversity Research Centre for the History of Science and Technology (University NOVA of Lisbon) and the Institute of Railway Studies (University of York) and former Visiting Scholar at History Department of the Massachusetts Institute of Technology. He concluded his PhD in 2012 with a dissertation about the Portuguese national railway policy in the second half of the 19th century. He presented and published several papers about Portugal’s mainland and colonial railways. His current academic interests include the decision-making process of building railways in the Portuguese former colonies of Angola, Mozambique, Goa, and Macao.

13h00
CIUHCT - Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia
CIUHCT

A Escola de Verão de Matemática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa é dedicada a todos os alunos do primeiro ciclo, ou início do segundo, que têm um gosto especial pela matemática e que pretendem decidir a continuação dos seus estudos.

Francisco Ferreira Cunha defende a dissertação "Desenvolvimento de um Software para Alinhamento Virtual de Lâminas Integralmente Digitalizadas de Anatomia Patológica".

Por Luísa Canto e Castro Loura (Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência, Portugal).

Por Giovanni de Lellis (University of Naples Federico II).

Candidaturas ao Programa de Estágios de Verão FCUL

A Faculdade de Ciências vai implementar este ano, pela primeira vez, um programa de estágios de verão.

A iniciativa conta com a participação de vários membros da Faculdade de Ciências da ULisboa: Ana Cristina Figueiredo, José Barroso, Elsa Gonçalves e Catarina Leal.

Por Ana Cristina Reis (PhD student, cE3c).

Conferências CIUHCT "Um museu dos plásticos? Para quem?"

No âmbito do projeto “O Triunfo da Baquelite - Contribuições para uma História dos Plásticos em Portugal” (Ref .: PTDC / IVC-HFC / 5174/2014), desenvolvido no Centro Interuniversitário de História das Ciê

Seminário Permanente de Astronomia Antiga - 21 junho 2018

Este novo seminário, organizado pelo CIUHCT e pelo Departamento de História e Filosofia das Ciências (FCUL), é dedicado à história da astronomia antiga, estendendo o conceito aos aspectos históricos da disciplina, ou de outras que com ela se relacionaram, até ao século XIX.

The Workshop in Integrative Approaches in Neurodegeneration is organized in the frame of the FlySMALS consortium, funded by the 2013 JPND Transnational call for “European research projects for Cross-Disease Analysis of Pathways related to Neurodegenerative Diseases”, which come

Gestão e Ecologia do Fogo: uma solução Contra os Incêndios?

O Fogo é apresentado nas suas vertentes menos conhecidas. As espécies florestais portuguesas e as suas adaptações ecológicas ao fogo. Será o Fogo uma surpresa para os nossos ecossistemas? O Pinheiro, o Eucalipto e o Sobreiro. O que conhecemos da sua ecologia?

A sessão final da mais recente edição da cadeira Projeto Empresarial terá lugar no dia 22 de junho.

Ângela Duarte Henriques apresenta o trabalho de projeto "Cash Back Program".

Logótipo da redeAGRO

As alterações climáticas são um dos maiores desafios que a humanidade enfrenta.

Oficina Ciência e Império na Era da Descolonização

O Ciência e Império de 2017-2018 irá concluir com um dia inteiro de conferências e debates, no ICS. Para participar, inscreva-se através do e-mail cienciaimperio@gmail.com.

Cursos Avançados cE3c 2017/2018

This course offers an overview of the different ways to measure biodiversity, and provides tips for the stratification of primary biodiversity data and the construction of variables that describe its various facets.

Por Aymeric Baradat (École Polytechnique, Paris).

Diogo Loureiro Caetano defende a dissertação "Linear stability for differential equations with infinite delay via semigroup theory".

Encontro dirigido a profissionais e utilizadores de Estatística, académicos, investigadores e estudantes. 
 

Por Vinicius Bastazini (Post doctoral research fellow at CNRS Theoretical and Experimental Ecology Station, Moulis, France).

Por Luisa Fiorot (Università degli Studi di Padova).

Ciência 2018 - Encontro com a Ciência e Tecnologia em Portugal

A iniciativa procura debater os principais temas e desafios da agenda científica, estimulando a participação e a interação entre investigadores, setor empresarial e público em geral.

Verão na ULisboa 2018

A edição de 2018 da iniciativa Verão na ULisboa decorre nas semanas de 02 a 06 de julho (alunos do 10.º,11.º e 12.º ano) e de 9 a 13 de julho (alunos do 7.º, 8.º e 9.º ano).

Por Marco Masoero (Université Paris-Dauphine).

Páginas