Em busca de um novo paradigma da investigação em Portugal

Ecossistema de Transportes na FCUL

Camião de longo curso em via rápida
iStockphoto

A FCUL organizou e acolheu recentemente uma importante iniciativa dupla, denominada "Transportes Inteligentes e Sustentáveis: o Futuro da Mobilidade".

A sessão realizada no passado dia 12 de outubro incorporou, como referido, dois eventos. De manhã teve lugar a reunião plenária do Ecossistema de Transportes, enquanto que à tarde realizou-se a sessão pública do evento, promovida pela Associação para o Desenvolvimento da Mobilidade e Transportes Sustentáveis, também designada ITS Portugal, e organizada, em parceria com a FCUL, pela BTEN - Business Talent Enterprise Network.

O Ecossistema de Transportes, utilizando como contexto o sector que lhe confere a designação, ambiciona transformar Portugal num polo de referência da valorização do conhecimento, dinamizando projetos em inovação aberta e, através dessa postura, fazer com que se passe para uma economia com maior robustez de valor acrescentado. Esta visão, para uma maior capacidade económica do mercado nacional, consolida-se no reinvestimento e na sustentabilidade. O Ecossistema, para além de empresas operadoras e reguladoras no sector dos transportes, acolhe também empresas fornecedoras de tecnologia e instituições do Sistema Científico e Tecnológico Nacional. É como membro deste último conjunto que a FCUL integra o Ecossistema de Transportes.

Camiões de longo curso em via rápidaFonte: iStockphoto
Legenda: A iniciativa ocorrida em outubro passado foi promovida pela ITS Portugal e organizada pela BTEN - Business Talent Enterprise Network

Foi, no contexto descrito, que a FCUL recebeu com imenso entusiasmo a possibilidade de acolher o evento ITS. Nas reuniões regulares do Ecossistema, tem sido possível observar uma enorme vontade deste cluster no sentido de potenciar a economia baseada no conhecimento, e dinamizar processos de valorização económica do conhecimento. Essa via permite rentabilizar a enorme capacidade instalada no Sistema Científico e Tecnológico Nacional, fruto de uma formação de excelência pelas instituições portuguesas, mas para o qual o investimento não tem eficientemente servido como alavanca para o desenvolvimento económico. O Ecossistema seria até só por esse facto um importante exercício da urgente redefinição de paradigma que é necessária na investigação científica, longe porém de se esgotar nesse objetivo.

Na sessão da manhã do evento, e após um conjunto de intervenções de docentes da FCUL, subordinado ao tema "Parcerias e potencial de valorização económica do conhecimento no âmbito do Ecossistema de Transportes", decorreram sessões paralelas de cinco grupos de trabalho identificados pelo Ecossistema: Ambiente, Sustentabilidade e novos Modelos de Negócio; Gestão e Controlo de Tráfego; Mobilidade de Pessoas (segura e facilitada); Transportes de Mercadorias e Logística; Serviços LBS, Localização e Telemática. Docentes da FCUL, especificamente convidados para o evento, puderam participar nas sessões de trabalho onde foi utilizado um reputado método de brainstorming. Esse processo permitiu desenvolver ideias prospetivas de roadmapping estratégico. Na sessão da tarde, aberta ao público em geral, foram apresentadas as conclusões de cada grupo de trabalho.

Campus da FCULFonte: FCUL
Legenda: A FCUL foi a entidade parceira do evento "Transportes Inteligentes e Sustentáveis: o Futuro da Mobilidade" ocorrida nas instalações do Campo Grande

No final, o presidente da Direcção do ITS Portugal, o engenheiro Rui Camolino, teve a oportunidade de felicitar a FCUL pela organização do evento e, sobretudo, pela visão abrangente que forneceu ao cluster. Por seu turno, o diretor da FCUL, o professor J. M. Pinto Paixão, enfatizou o empenho da instituição em fortalecer o seu relacionamento com o tecido empresarial e a sua aposta em contribuir, também por essa via, para o incremento do nível e qualidade de vida dos residentes no país. Ficou reconhecido o avanço que foi conseguido na perceção do modelo de relação entre a investigação, sediada nos polos universitários, e a indústria.
 

João Telhada, professor do Departamento de Estatística e Investigação Operacional da FCUL
Branca Edmée Marques, cientista alumna de CIÊNCIAS

Branca Edmée Marques, alumna de CIÊNCIAS, será homenageada no dia 20 de junho pelos Museus da Universidade de Lisboa

Vanessa Fonseca, Catarina Frazão Santos, Rita Cardoso, Cláudio Gomes, Ana Duarte Rodrigues e Paulo J. Costa posam com os prémios para uma foto numas escadas

A faculdade conseguiu obter o segundo lugar entre as Escolas da Universidade de Lisboa mais galardoadas.

Margarida Fortes, docente do Departamento de Biologia Vegetal de CIÊNCIAS dá uma aula em frente a um quadro com uma projeção imagética

Margarida Fortes, professora de CIÊNCIAS, visitou a Escola Secundária de Carcavelos para dar uma aula acerca da edição genética.

Um grupo de membros de Instituições do Ensino Superior, onde se inclui CIÊNCIAS, está reunido em frente a um jardim, em visita à Siemens

 A iniciativa teve como objetivo aproximar a academia do tecido empresarial.

Nuno Gonçalves alcança o segundo lugar na competição 3MT ULisboa.

Nuno Gonçalves foi distinguido com o segundo lugar, na final da competição ‘Três Minutos de Tese – 3MT ULisboa’, que se realizou esta quint

Inês Ventura

Inês Ventura, a desenvolver o seu doutoramento no Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) e no Instituto de Biossistemas e Ciências Integrativas (

Universidade de Lisboa

A Universidade de Lisboa alcança a 260ª posição no QS World University Rankings (SUR) 2025, tornando-se na universidade portuguesa mais bem classificada neste ranking.

Signatários do acordo

Dia 5 de junho foi assinado o acordo para a construção do espectrógrafo ANDES (ArmazoNes high Dispersion Echelle Spectrograph – Espectrógrafo Echelle de alta dispersão do Armazones), entre o Observatório Europeu do Sul (

 Luís Carriço, Diretor de CIÊNCIAS, e David Gonçalves, Dean do Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ) assinam acordo sentados a uma mesa

CIÊNCIAS assinou no dia 5 de junho um acordo de cooperação com o Instituto da Ciência e do Ambiente da Universidade de São José (USJ)

Equipa do projeto 'Ciências em Harmonia'

Esta terça-feira, 28 de maio, o projeto ‘Ciências em Harmonia’ assinalou o seu primeiro ano de atividades: um marco comemorado com um convívio informal com a comunidade, que

António Branco

António Branco, docente do Departamento de Informática de CIÊNCIAS, foi um dos oradores convidados da conferência que

Sabemos que no futuro um sismo de magnitude significativa voltará a atingir Lisboa. Não sabemos é quando. E se o pudéssemos prever? E se existisse uma probabilidade forte de ser já em 2027?

Ana Santos, finalista 3MT ULisboa

Ao longo dos próximos dias, daremos a conhecer os quatro finalistas de CIÊNCIAS que irão participar na final da competição

Painel e sessão de Perguntas & Respostas | Estreia de documentário

Perto de 120 pessoas assistiram este sábado, 25 de maio, à estreia do documentário ‘O que se esconde na luz? A ciência da missão espacial Euclid’, produzido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

Investigadores do Instituto Dom Luiz, de CIÊNCIAS, instalaram um sismómetro na Escola Básica Professor Delfim Santos, que se encontra a menos de um quilómetro do Estádio da Luz, em Lisboa, onde vão ter lugar os concertos.

Banner Bênção de Finalistas & Queima das Fitas 2024

Este fim de semana a Alameda da Universidade de Lisboa vai voltar a encher-se de finalistas de CIÊNCIAS e de tantas outras faculdades e universidades. A cerimónia de Bênção de Finalistas decorre amanhã dia 25 de maio, a partir das 11h30.

 

3MT ULisboa 2024

Quatro dos doze finalistas da competição ‘Três Minutos de Tese – Universidade de Lisboa’ são de CIÊNCIAS.

Pinguins-de-adélia

Num artigo agora publicado na Science, investigadores de instituições de renome a nível mundial propõem uma estratégia para envolver todas as partes interessadas na governança do Oceano Antártico através de um processo de ordenamento do espaço marinho (OEM) inteligente do ponto de vista climático.

Impressão artística da missão Euclides no espaço.

A 25 de maio (sábado), às 21h00, vamos ver e compreender as novas imagens de entre as maiores alguma vez feitas do Universo, no Grande Auditório de CIÊNCIAS (Edifício C3). A entrada é livre.

Redes Doutorais Marie Curie Projeto PROMOTE

CIÊNCIAS vai participar numa das propostas vencedoras do concurso 2023 das Redes Doutorais de Ações Marie Skłodowska-Curie (MSCA DN).

Foto de entrega de prémio aos vencedores

No âmbito do projeto Invasives e como atividade inserida na

Dia Nacional dos Cientistas - 16 de maio

O Dia Nacional dos Cientistas foi instituído em 2016 por Resolução da Assembleia da República com o objetivo de reconhecer e celebrar a contribuição vital dos cientistas para o progresso da sociedade.

Pages