Visita à FCUL

Experimentar a Física

+ Sobre esta passagem pela FCUL

“Achei interessante porque é uma aplicação daquilo que aprendemos nas aulas e é uma maneira diferente de ver a teoria”, David Alexandre, aluno do 12.º ano da Escola Secundária Vergílio Ferreira

“Este tipo de iniciativas é importante, antes de mais, para que a sociedade encare as instituições de ensino - sejam universitárias, escolas, infantários, -, como entidades importantes e que estão ao seu serviço. O facto de abrirmos as portas para fazer esse tipo de atividades, é chamar a sociedade para dentro das instituições e perceber o que é que nós aqui fazemos e de que maneira é que estamos ao seu serviço. Por outro lado, tem a componente formativa e informativa: formativa para os alunos, informativa para os pais”, Teresa Amorim, professora do Departamento de Física

“Achei bastante interessante, mostram-nos como se utiliza aquilo que aprendemos nas aulas na vida prático e para nós é muito importante aprender isso mesmo. Queria seguir Engenharia Mecânica. Gostei de ver tudo!”, Daniel Fernandes, aluno do 12.º ano da Escola Secundária Vergílio Ferreira

“Em alguns laboratórios, eles vão ver coisas que são bastante mais avançadas do que aquilo que conseguem ver na escola secundária. Pensamos que é sempre um atrativo para eles, é um incentivo, e nós esperamos que pelo menos uma parte deles sejam cativados para as ciências”, Luís Peralta, professor do Departamento de Física

Experiências realizadas, curiosidades satisfeitas, dúvidas esclarecidas. Assim se faz o balanço da manhã de 11 de dezembro, passada na FCUL, com professores e investigadores da Faculdade e os alunos da Escola Secundária Vergílio Ferreira, à descoberta da Física.

No Departamento de Física, a “Sala dos Porquês” fez jus ao nome e foi um dos locais escolhidos para a difusão de conhecimento. Nela, os alunos foram divididos em três grupos para observar e aprender experiências relacionadas com propriedades elétricas e magnéticas da matéria e com ondas sonoras.

“No início, os alunos não quiseram fazer muitas perguntas mas depois quiseram mexer nas coisas. Isso é importante! Não devem ter uma atitude estática mas devem interagir. É esse o objetivo, [todas estas atividades] são para isso mesmo: mexer”, declarou a professora do Departamento de Física, a prestar apoio na visita, Teresa Amorim.

Para além desta sala, no laboratório de Física Nuclear e Radiações também se desmistificaram “porquês” em experiências ligadas ao tema das radiações e radioatividade.

André Aves, aluno do 12.º ano da Escola Secundária Vergílio Ferreira, já conhecia a FCUL. No ano passado, visitou um dos departamentos de Biologia e ficou satisfeito com o que aí viu e aprendeu. Este ano, aceitou o convite e veio descobrir o Departamento de Física. André não tem dúvidas quanto à relevância destas atividades para a tomada de decisões futuras: “estas experiências, não só por serem a aplicação prática daquilo que damos nas aulas, mas também por nos mostrarem mais opções para o futuro, são bastante boas pois ajudam-nos a esclarecer alguns assuntos [e, assim, ajudam-nos] a construir as nossas decisões”.

Para André Vitorino esta experiência aproximou-o da área: “gostei mais da atividade dos ímanes. Acho que é importante participar porque eu, por exemplo, não sou muito bom a Física nem gosto muito da disciplina mas assim acho que fico a gostar mais, fico mais interessado”.

A FCUL abre as portas aos alunos, professores e pais com interesse ou curiosidade pela ciência, para mostrar como funcionam os laboratórios, quem são os cientistas, que materiais estão à disposição de quem aqui estuda e investiga.

Neste ano letivo, contabilizam-se cinco visitas de escolas à FCUL, sob a coordenação do Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL (GCIC-FCUL). No ano anterior, registaram-se 14 visitas. Em nenhuma destas contabilizações entra o número de escolas que visitam a FCUL através do Dia Aberto - dia dedicado exclusivamente à receção e ao acompanhamento de escolas às instalações da Faculdade -,e das visitas organizadas diretamente pelos professores dos departamentos da Faculdade.


Na "Sala dos Porquês" os alunos observaram e realizaram experiências relacionadas com propriedades elétricas e magnéticas da matéria e com ondas sonoras
Fonte GCIC-FCUL

“Os professores e alunos mais velhos da Faculdade têm um papel fundamental, pois para além das aulas e da investigação, são eles que dão a cara, explicam, tiram dúvidas, mostram a casa, falam sobre os seus sonhos como cientistas e sobre a realidade da ciência em Portugal e lá fora”. A declaração é de Miguel Gonçalves, coordenador do GCIC-FCUL, que salienta a importância destes contactos diretos.

Depois da manhã rica em conhecimento científico, na despedida, em jeito de convite, o professor do Departamento de Física, Luís Peralta, informou: “existem vários laboratórios [para os alunos visitarem], de acordo com a disponibilidade dos docentes. Entre as diversas temáticas abordadas temos, por exemplo, a Física da Matéria Condensada onde é mostrado o SQUID e os laboratórios de Engenharia Biomédica onde se podem ver robots. O Departamento tem sempre disponibilidade para receber estes alunos!”

Para ver alguns dos momentos da passagem destes alunos pela FCUL, consulte o álbum de fotografias no Facebook da Faculdade.


 A FCUL abre as portas aos alunos, professores e pais com interesse ou curiosidade pela ciência, para mostrar como funcionam os laboratórios
Fonte GCIC-FCUL

Raquel Salgueira Póvoas, Gabinete de Comunicação, Imagem e Cultura da FCUL
info.ciencias@fc.ul.pt

A Unidade de Informática informa que desde hoje, dia 13 de Novembro de 2012 às 9h00, o Portal da FCUL está em IPv6.

Estão a ser enviadas, desde o passado fim de semana (3/11), mensagens de correio eletrónico para alguns utilizadores de contas fc.ul.pt com solicitação de preenchimento de formulários web ou respostas via mail com dados pessoais dos utilizadores.

Devido ao numero excessivo de mensagens falsas que nos últimos tempos têm chegado às caixas de correio dos utilizadores da FCUL, algumas delas dando a entender que são enviadas de endereços internos, fomos obrigados a tomar medidas mais restritivas em relaç

Boletim da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) integra Portal RCAAP

Alunos brasileiros

A Faculdade de Ciências recebeu cerca de 70 alunos de mobilidade, vindos do Brasil.

Aula aberta - Mestrado em Biologia Molecular e Genética

7 de Novembro, 11:00, sala 2.4.16

 

INFORMAÇÃO

Recent years have witnessed the emergence of new sequencing technologies that are revolutionizing the approach to public health problems.

Na FCUL existe uma unidade curricular designada Projeto Empresarial. Esta “cadeira”, comum ao ISCTE-IUL, prepara os alunos para a realidade empresarial e tecnológica. No total, cerca de 300 alunos já a frequentaram.

Carlos Rafael Mendes

A tese do antigo aluno da FCUL, Carlos Rafael Borges Mendes e recentemente premiada, contou com a orientação conjunta das professoras Vanda Brotas e Virginia M. Tavano.

Web of Science Book Citation Index - Trial para todos os membros b-on

Estão abertas as inscrições para a disciplina que promove o empreendedorismo - Projeto Empresarial. Todos os alunos de mestrado ou nos dois últimos anos de mestrado integrado podem candidatar-se até dia 16 de novembro.

A FCUL, bem como toda a Universidade de Lisboa está sem acesso à Internet desde cerca das 11:45 da manhã.

Professora Olga Pombo, autora do livro "O Círculo dos Saberes"

“Estou convencida que a imagem do círculo constitui um arquétipo, uma determinação conceptual prévia a toda a investigação”, defende Olga Pombo, docente na FCUL e autora do livro “O Círculo dos Saberes”.

Imagem ilustrativa do livro "O Círculo dos Saberes"

“A apresentação do livro seguirá um formato sério e discreto. O professor Shahid Rahman fará uma apresentação e apreciação do livro e eu agradecerei todas as suas palavras, sejam elas elogiosas, sejam críticas", afirma a autora Olga Pombo.

Trial para todos os Membros da b-on.

Pessoas a correr junto ao Marquês de Pombal

A primeira Corrida da Ciência aconteceu o ano passado por ocasião das celebrações dos 100 anos da FCUL. A edição deste ano integra-se na 2.ª Edição do AmbientALL – Universidade em Movimento.

O concurso de programação destina-se a alunos universitários e este ano junta 16 equipas, oriundas de oito instituições universitárias portuguesas. A equipa da FCUL chama-se BigO(1).

Imagem da professora Maria José Boavida

“Colega amiga”, “orientadora empenhada e humanista” e “investigadora solidária”, assim se recorda Maria José Boavida (1948 – 2012).

Desenho do campus da FCUL

As tabelas e notas científicas, assim como as regras elementares de segurança em laboratórios são algumas das mais-valias deste “livro”.

A fim de cumprir com o estabelecido no Regulamento Eleitoral, o Caderno Eleitoral para a eleição do Presidente do Departamento de Estatística e Investigação Operacional está disponível para consulta.

 O projecto CAMPUS UL realizado pelos alunos de mestrado em Engenharia Geográfica no âmbito das disciplinas de Fotogrametria Analítica e de Produção Cartográfica ganhou o segundo prémio no concurso internacional de projectos com fins educativos

lâmpada

"Criar, transferir e valorizar economicamente o conhecimento científico" é a causa primária do renovado centro de inovação, situado no campus da FCUL.

Hoje, quarta-feira, dia 10 de Outubro de 2012, registou-se uma quebra no acesso à Internet pelas 17h00 por cerca de 5 minutos.

A causa foi externa à Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e ainda não fomos informados das suas causas.

Pages