O Muhnac no Dia Internacional dos Museus

Muhnac
Muhnac

O Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa associa-se às comemorações do Dia Internacional dos Museus, nos dias 17 e 18 de maio, sob o tema “Museum collections make connections”.

No sábado, das 18h00 às 22h00, o Museu abre à noite, com uma atuação do Coro Scherzo (maestrina Sofia Norton), música, bebidas e visitas. A entrada é livre.
Logotipo da iniciativa

No sábado e domingo, entre as 10h00 e as 17h00, terão lugar cinco passeios temáticos guiados, com início no Museu, em que os participantes são convidados a seguir as Rotas da Biodiver-Cidade, da Ciência e da Cidadania, das Pedrarias, da Geodiver-Cidade e da Cotovia (Jesuítas), dirigindo-se a outros jardins, museus e locais da cidade, como o Jardim do Príncipe Real e da Praça da Alegria, o Museu da Farmácia, a Fundação Medeiros e Almeida, o Miradouro de São Pedro de Alcântara, o Museu Arqueológico do Carmo, a Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva, a Igreja de São Mamede e a Igreja e Museu de São Roque.

Venha conhecer as rotas do conhecimento que ligam o Muhnac a outros museus e locais da cidade. Venha com os seus amigos conhecer um ambiente noturno único na zona do Príncipe Real. As coleções criam ligações – também entre pessoas. O programa completo pode ser visto em:http://www.mnhnc.ulisboa.pt/ ou na página do facebook do museu em: https://www.facebook.com/MUHNAC.

Gabinete de Informação e Imagem do Muhnac

O DM está na Futurália

Para Duarte Flor, presidente da associação académica e aluno do 12.º ano em Ciências, é importante que os candidatos ao ensino superior visitem as instalações de uma faculdade.

Desenho de uma figura masculina

“Existe um espaço onde o sentimento de pertença a uma escola pode ser reavivado", afirma Miguel Ramos.

Aluna junto a uma das colunas do átrio do C6

A mostra pictórica da atividade científica da FCUL é inaugurada a 13 de março. Conheça as razões pelas quais deve visitar a exposição.

O que são líquidos iónicos? Num dos primeiros programas do ano, o Com Ciência entrevistou o professor e investigador da FCUL, Carlos Nieto de Castro sobre esta classe de solventes.

Desenho de uma figura masculina

A data de lançamento do livro ainda não é pública, mas o evento deverá ocorrer brevemente, na Faculdade de Belas-Artes da UL.

Ontem evocou-se o Dia das Doenças Raras. A fibrose quística é um desses males incomuns. A investigação científica é importante em todos os setores, mas ganha especial sentido em áreas como esta.

Cerca de 20 professores de Ciências da Natureza e Ciências Naturais de nove concelhos portugueses participam na atividade promovida pelo MNHNC-UL a decorrer até abril.

Imagem de um folheto promocional

A FCUL volta a marcar presença no evento, juntamente com outras unidades orgânicas da UL.

Fotografia com pontos de interrogação

Alunos finalistas aconselham Engenharia da Energia e do Ambiente. Testemunhos de Guilherme Gaspar e Ricardo Leandro.

Fotografia de mesa com cinco pessoas sentadas, na Reitoria da UL

A rede pretende formalizar colégios doutorais em áreas transversais. Opinião de Maria Amélia Martins-Loução.

Fotografia de pessoas sentadas num dos anfiteatros da FCUL

A iniciativa acontece a 17 de março e é organizada pelos Departamentos de Física e de Informática.

Fotografia de Dois voluntários, sentados junto a uma banca no átrio do C5

Em fevereiro estão abertas inscrições para a admissão de novos voluntários.

A FCUL participa em "Programa de Estudos Avançados" com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras.

Vale a pena recordar a iniciativa do Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional da FCUL.

Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

Outra forma de fazer turismo.

Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25.Artigo de investigadores do CeGUL e docentes do GeoFCUL no Top 25

O Encontro decorreu em Junho no GeoFCUL.

Páginas