Lançamento do Programa ERASMUS+ 21|27

Viana do Castelo
Imagem ilustrativa do programa, acompanhada do logótipo da Comissão Europeia
Erasmus+ Factsheet

A conferência de lançamento do novo programa Erasmus+ 21|27 decorre em Viana do Castelo, no dia 18 de junho de 2021.


A Comissão Europeia lançou no fim de março o novo programa Erasmus+ 21|27 no qual Portugal pretende reforçar a sua participação, designadamente em termos das seguintes metas

1. triplicar os estudantes em mobilidade até 2027, com mais e melhores acordos institucionais a nível europeu, de uma forma que reforce a evolução das últimas décadas do número de estudantes do Ensino Superior em Portugal em mobilidade (i.e., menos de dois mil e quinhentos estudantes no ano 2000, cinco mil em 2014 e dez mil em 2019/20). Representa o evoluir do nível atual de mobilidade, em que cerca de 10% dos estudantes que terminam o ensino superior têm uma experiência de mobilidade Erasmus, para que esse nível em 2030 atinja cerca de 1/3 dos estudantes que terminam a formação inicial no ensino superior. 

2. promover a efetiva inserção das instituições de Ensino Superior portuguesas, politécnicas e universitárias, públicas e privadas, em Redes Europeias de instituições de ensino superior, reforçando graus conjuntos e processos conjuntos de recrutamento de docentes e investigadores, assim como a mobilidade de docentes e investigadores e uma melhor e mais adequada articulação com atividades de investigação e inovação, assim como com empregadores europeus. 

3. modernizar e reestruturar completamente a atual Agência Erasmus +, de forma a evoluir para uma agência multipolar e em rede com as instituições de ensino superior e escolas secundárias e profissionais, garantindo instalar, até ao final de 2021, polos/delegações em todas as instituições de ensino superior e em muitas escolas secundárias e profissionais, assim como incluir: 

i) a criação de uma rede de mecenas, privados e públicos, com influência na gestão e governança da agência, designadamente ao nível de um Conselho Superior de Estratégia Erasmus; e 

ii) a implementação do Observatório Erasmus, através de um processo permanente de avaliação, monitorização, reporte e discussão pública dos dados nacionais e europeus. 

O Erasmus+ 21|27 foi apresentado formalmente em termos nacionais quarta-feira, dia 14 de abril, mas tratou-se da primeira de um conjunto de sessões de apresentação do novo programa Erasmus+ 2021|27 que conta com um orçamento de mais de 26 mil milhões de euros, complementado com cerca de 2 200 milhões de euros provenientes dos instrumentos externos à União Europeia. 

A nova fase conta com um reforço significativo de financiamento (14 700 milhões de euros foi o financiamento para o período de 2014-2020) pretendendo ser um programa mais inclusivo, digital e sustentável. 

Para além de apoiar projetos de mobilidade para fins de aprendizagem e de cooperação dentro e fora da União Europeia, o Erasmus+ 21|27 capacitará projetos centrados na inclusão e nas transições ecológica e digital, como previsto no Espaço Europeu da Educação, no Pacto Ecológico Europeu e no Plano de Ação para a Educação Digital, e projetos impulsionadores da resiliência dos sistemas de educação e formação face à pandemia. 

Imagem alusiva ao evento

The training program will provide industry and academia the technological and scientific pathways required for deployment of sustainable cost-effective large scale energy storage and conversion powered by renewable energies.

Logótipo dos Prémios, sobre um fundo azul escuro

Candidaturas a decorrer até 15 de dezembro de 2021.

Conferência do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, por Céline Paillette (Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne).

Logótipo do ENBE XVII, sobre um fundo branco

This meeting is a forum for scientists of all academic levels, (from master to principal investigators), to present their work and discuss, fostering new ideas and collaborations. We invite researchers from all over the world to participate and submit their work.

Desde o início de 2020 que somos bombardeados, através da comunicação social, com informações sobre o novo coronavírus humano - SARS-CoV-2 - que provoca a síndrome respiratória aguda grave. Nunca se comunicou tanto, em tempo real, um tema científico, mas será que já vimos todas as nossas perguntas sobre este tema respondidas?

Pormenor de mapa do continente europeu

Candidaturas online de 01 a 31 de dezembro de 2021.

At the end of this course, participants will be able to predict the three-dimensional structure of nucleic acid and proteins from their sequence and use the acquired knowledge to improve or create new methodologies in molecular biology research and diagnostics.

The course SoilEco aims at introducing attendants to an updated state of the art of diversity of the soil biota and the functional roles played by soil organisms in key ecological processes.

In this course, we promote a multidisciplinary approach presenting the most recent findings on the topic and challenging the traditional way of considering symbiotic associations as exceptions and not as the rule.

The goal of this course is to provide to the participants with current and practical knowledge on urban ecology, including ecological and social aspects.

This course aims to explore ways of communicating science to non-specialized audiences, such as policy makers, industry, general public (including students and teachers), through their engagement and participation in citizen science activities.

O evento pretende juntar técnicos, investigadores, estudantes, produtores, industriais e demais agentes da fileira, contribuindo para a atualização de dados sobre o setor e a partilha de conhecimentos sobre as potencialidades da flora portuguesa, para além, das condições edafoclimáticas nacionais que potenciam produtos de elevada qualidade.

This course introduces the field of island biogeography, a discipline that has long influenced other research areas such as macroecology, community ecology, evolution and conservation biology.

Scientists, as the main actors in the production of scientific knowledge, have the responsibility of having an active voice in communicating this knowledge – and that can be achieved for example by a conscious use of the communication tools at their disposal and a better articulation with journalists, among other means.

This course aims at providing students with basic knowledge of R programming, allowing them to manipulate and visualize data with R.

This course aims at providing students with statistical knowledge and tools to manipulate, analyze and visualize biological data with R. It also includes an introduction to modeling, simulations and Bayesian statistics.

Under the general framework of Global Change Ecology, the goal of this course is to provide the participants with the most recent and practical knowledge on the use of Functional Diversity.

The course provides essential skills and knowledge that enable the participants to develop climate change adaptation strategies.

The objective of this course is to provide participants with basic knowledge on a) the fundamental aspects of experimental design and b) workflows, platforms and tools to increase reproducibility at all scientific levels.

This is a mostly practical course offering an overview on different community ecology and macroecological methods and software. These will include all steps of a research project, from the optimal sampling of communities to process inference from large-scale patterns of taxon, phylogenetic and functional diversity.

This course aims to walk through the grounds of modern botany studies, covering subjects that have been excluded from most academic curricula.

The course aims at enabling the participants to use different methods to measure the impacts of pollutants on ecosystems. Basic knowledge will be provided through theoretical and practical lessons on how to select and use the most suitable metrics based on the analysis of multiple compartments of the ecosystems.

This course offers an overview of the different ways to measure biodiversity, and provides tips for the stratification of primary biodiversity data and the construction of variables that describe its various facets. It also includes an in-depth review of the different types of data used to measure biodiversity and their problems and limitations.

Páginas