ERASMUS+ Recém-graduados

O que é o Erasmus +?

O Programa Erasmus é o novo programa da União Europeia para a Educação, Formação, Juventude e Desporto, de 2014 a 2020. Este programa vem substituir o antigo Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida que abrangia os subprogramas Comenius, Erasmus, Leonardo da Vinci e Grundtvig.

O Erasmus + integra três principais tipos de ações, nomeadamente:
KA1) Mobilidade de indivíduos para aprendizagem;
KA2) Cooperação para a inovação e a partilha de boas práticas;
KA3) Apoio à reforma política.

O Programa é gerido a nível comunitário, pela Comissão Europeia e a nível nacional pela Agência Nacional Erasmus+.

É no âmbito da ação KA1 que podem ocorrer as mobilidades de estudantes e recém graduados do Ensino Superior. Assim, os alunos e recém graduados da Faculdade de Ciências da ULisboa poderão, ao abrigo do programa Erasmus +, candidatar-se a dois tipos de Mobilidades para Estágio (SMT): Mobilidade de Alunos e Mobilidade de Recém-graduados. 

Em que consiste um estágio Erasmus + para recém-graduados?

O recém-graduado, candidata-se no último ano do seu curso, ainda enquanto aluno, e realiza um estágio numa entidade de acolhimento, durante um período mínimo de 2 meses (60 dias) e máximo de 12 meses, num dos países da União Europeia, até um ano após a conclusão do grau.

Os estágios não exigem acordos com universidades, até podem ser realizados em empresas, públicas ou privadas, em Instituições de Ensino Superior, Centros ou Institutos de investigação, Laboratórios, Organizações sem fins lucrativos, ONG's, etc. Cada estudante é responsável por encontrar o seu local de estágio e definir o programa de estágio em conjunto com um orientador interno (docente da Faculdade de Ciências) e externo (responsável na entidade de acolhimento). Este programa fica registado num Learning agreement for Traineeships, obrigatoriamente aprovado pelo orientador interno e pelo orientador externo.

Os estágios são voluntários ou extracurriculares pelo que não haverá creditação de nota nem de ECTS.