Entrevista com Margarida Amaral

“Para avançar é necessário inovar!”

Nos dias 29 e 31 de outubro de 2014, a EMBO organiza uma reunião em Heildelberg, na Alemanha, com o objetivo de apresentar os 106 novos membros ao EMBO Council, entre eles, Margarida Amaral, professora do Departamento de Química e Bioquímica e coordenadora do BioISI - BioSystems & Integrative Sciences Institute, uma nova unidade de investigação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Desde que foi eleita tem recebido o apoio de muitos colegas. Como têm sido as reações dos seus pares?

Margarida Amaral (MA) - Tenho recebido excelente feedback dos meus pares, mas na realidade, este tem sido mais entusiástico a partir dos colegas do estrangeiro, pois acham que na atual situação em que o país está e o pouco apoio que é dado à investigação em Portugal, é de facto notável conseguir-se fazer ciência ao mesmo nível da que se faz nos melhores lugares do mundo.

Quais são as funções de um membro da EMBO?

MA - Um membro da EMBO deverá procurar estender as boas práticas científicas aos membros da sua instituição/país de origem, de forma a ajudar a melhorar o respetivo nível científico e a criar uma cultura de ciência de excelência. A par disso, há também funções específicas dentro da própria organização EMBO que os seus membros podem desempenhar, por exemplo, participarem nos comités que selecionam os cursos/ workshops que a EMBO apoia financeiramente anualmente ou selecionarem os candidatos às bolsas EMBO, etc..

Quais são as expetativas da reunião?

MA - A reunião serve principalmente dois fins: 1) para nos atualizarmos em relação aos últimos avanços científicos na área da Biologia Molecular (pois afinal estes novos membros da EMBO são cientistas de topo nesta área na Europa e não só!); e 2) para nos conhecermos uns aos outros a nível profissional e pessoal, ou seja fazer networking, hoje em dia essencial em ciência.

Quer deixar alguma mensagem?

MA - Sim, gostaria de deixar três mensagens! A primeira é um apelo aos nossos governantes com responsabilidades na ciência para implementarem um digno financiamento da ciência em Portugal, pois para avançar é necessário inovar! A segunda é aos dirigentes das nossas instituições onde se faz investigação (por exemplo as universidades) para que saibam encontrar meios de evitar a estagnação e para premiar o mérito dos seus melhores membros. Por fim, a terceira mensagem é aos jovens que querem prosseguir uma carreira na ciência, incentivo-os a aprenderem com os melhores e a não desistirem, pois os sucessos fazem-se com muitas quedas, é preciso: “sonhar, planear e TRABALHAR!”

Ana Subtil Simões, Gabinete de Comunicação Imagem e Cultura
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt

Pode a eficiência energética induzir práticas que levam a um aumento do consumo de energia por parte das famílias?

Henrique Costa

Henrique Regateiro Machado e Costa faleceu no passado dia 14 de Fevereiro.

Secção Autonoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL

Hasok Chang, Prémio Fernando Gil

A RIGC – Rede de Informação da Indústria do Grande Consumo, empresa de consultores especializada na realização de trabalhos de consultoria n

Consulte as ofertas de emprego do Departamento de Estatística e Investigação Operacional.

A empresa Grupo Actuarial oferece estágios remunerados na área da Estatística/Probabilidades ou Matemática.

Para mais informações consultar:

RIGC – Rede de Informação da Indústria do Grande Consumo, empresa de consultores especializada na realização de trabalhos de consultoria na área de do Grande Consumo procura Analista de Dados Júnior(m/f).

Maksen é uma multinacional organizada em unidades de negócios, a fim de prestar serviços de consultoria em estratégia e redes de negócios, sistemas de informação, engenharia e comunicação e neste momento procura

Das 121 candidaturas admitidas para avaliação no âmbito do concurso para a criação do Rnie, somente 54 foram recomendadas a integrar o roteiro, dez delas incluem a presença de Ciências, sendo que cinco são lideradas por investigadores da faculdade.

Maria Helena Florêncio, Jorge Miguel Miranda, Henrique Cabral e António Branco apresentam infraestruturas de investigação de interesse estratégico para Portugal.

Gonçalo Costa Gomes Amaral

"Não se deve deixar que a sua memória seja esquecida, pois é através de tudo o que ele passou e viveu entre nós que vai continuar a viver e a iluminar tudo aquilo que fizermos", declararam em comunicado a AEFCL e o Conselho de Veteranos de Biologia.

A empresa Grupo Actuarial oferece estágios remunerados na área da Estatística/Probabilidades ou Matemática.

Mapa

A recomendação de inclusão da Clarin Portugal no Roteiro Nacional de Infraestruturas de Investigação de Interesse Estratégico (Rnie) representa um passo da maior importância para a internacionalização da língua portuguesa e para a sua preparação para a era digital. 

O Seminário Diagonal realiza-se dia 17 de março, pelas 18h00, na FCUL, no anfiteatro 6.2.53.

Henrique Cabral

Investigadores de seis universidades portuguesas criam novo centro de investigação em ciências marinhas: o Mare.

Candidaturas decorrem até 21 de março de 2014.

Após as audiências pública e privada dos candidatos a diretor, o Conselho de Escola elegeu com maioria absoluta, no dia 26 de fevereiro, a candidatura do professor do Departamento de Química e Bioquímica, frisando na ocasião “o empenho de ambos os candidatos no enriquecimento da discussão e definição dos problemas e desafios que a FCUL enfrenta”.

Jornadas e-Planning

“O objetivo das jornadas é refletir e debater as grandes prioridades e desafios societais que enfrentamos”, diz Pedro Ferraz de Abreu, dinamizador da iniciativa.

Filipe Duarte Santos aceitou coordenar a equipa que vai avaliar a estratégia de gestão da zona costeira nacional, “porque é um serviço para o meu país numa área em que tenho algum conhecimento e experiência”, na sequência do convite feito pelo ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva.

Ciências em Movimento - Laboratório Biologia Animal

“Não conhecia a Faculdade e estou a gostar. Nunca tinha aberto um peixe! Acho que é importante fazer parte deste tipo de iniciativas para que quem queira seguir [a área das ciências], tenha contacto com a realidade antes de fazer a sua escolha”, declarou Alexandra Monteiro, aluna do 12.º ano de Biologia da Escola Secundária Dona Filipa de Lencastre.

O Departamento de Estatística e Investigação Operacional apresenta uma oferta de emprego.

O artigo científico com o título "Chord-based Correction for Multitouch Braille Input" recebeu o prémio de Melhor Artigo Científico na Conferência CHI 2014.

O Prof. Nuno Neves é o novo prof. Associado com Agregação do Departamento de Informática da FCUL.

Pages