Encontro nacional ocorre no grande auditório da Ciências ULisboa

Investigação em alterações climáticas

O acontecimento visa debater a melhor investigação em alterações climáticas que é realizada em Portugal

CML

O programa integra oito sessões temáticas e uma sessão de posters, com 47 trabalhos
Fonte Octávio Pinto

Sessões Temáticas 17 fevereiro 2020

Alterações climáticas: observações, processos e modelação
Oceanos e a mudança climática
Futuro dos recursos hídricos
Transição energética

Sessões Temáticas 18 fevereiro 2020

Cidades e uso do solo no contexto da mudança climática
Impactos na agricultura, floresta e biodiversidade
Impactos na saúde e na economia
Decisão política no contexto das alterações climáticas

O Encontro Nacional sobre Investigação em Alterações Climáticas realiza-se nos dias 17 e 18 de fevereiro, no grande auditório da Ciências ULisboa.

Mais de 500 pessoas inscreveram-se neste acontecimento organizado pela Ciências ULisboa em parceria com o Instituto Dom Luiz (IDL) e a Câmara Municipal de Lisboa (CML), no âmbito da Lisboa Capital Verde Europeia 2020.

A sessão de abertura será presidida por Luís Carriço, diretor da Faculdade, José Sá Fernandes, vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Lisboa, Inês Santos Costa, secretária de estado do Ambiente e Manuel Heitor, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; já o encerramento contará também com a presença de Ricardo Serrão Santos, ministro do Mar.

De acordo com o comunicado de imprensa emitido recentemente pela Faculdade, esta iniciativa visa juntar cientistas, agentes económicos, decisores políticos e diferentes stakeholders com o objetivo de debater a melhor investigação em alterações climáticas que é realizada em Portugal. O programa integra oito sessões temáticas e uma sessão de posters.

A comunidade científica foi convidada a apresentar os resultados das suas investigações sob a forma de posters, tendo sido aprovados pela organização do evento 47 trabalhos.

"O desafio que a CML, através do vereador José Sá Fernandes, lançou a Ciências enquanto escola da ULisboa no sentido de organizar um encontro que reunisse a comunidade científica nacional, que investiga os processos e impactos das alterações climáticas, é sem dúvida o reconhecimento da investigação de excelência que aqui é realizada e que tem impacto tanto a nível nacional como internacional", comenta Margarida Santos-Reis, subdiretora da Faculdade, professora do Departamento de Biologia Animal e investigadora do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, a propósito deste acontecimento. "Ter membros das várias unidades de investigação nacionais reunidos durante dois dias, para trocar conhecimento e estimular o debate e a cooperação, é sem dúvida o aspeto mais positivo deste encontro e que esperamos venha a potenciar a atuação futura no sentido de encontrar soluções que mitiguem os efeitos deste problema societal", conclui.

Para Ricardo Trigo, diretor do IDL e professor do Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia da Ciências ULisboa, “a enorme adesão da comunidade científica ao evento traduz a natural curiosidade que os temas abordados suscitam num contexto de um significativo aumento dos extremos climáticos com origem antropogénica; e espelha a maturidade da investigação em Portugal, nomeadamente na Faculdade, traduzida pela crescente participação em grandes projetos internacionais e em número de publicações nas melhores revistas da especialidade”.

ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt