Exposição resulta de uma parceria entre município de Leiria e CIUHCT

Plasticidade premiada pela SHOT em Itália

Maria Elvira Callapez e Vânia Carvalho, do Museu de Leiria, recebem o prémio das mãos de Thomas Misa, presidente da SHOT e Arwen Mohun, presidente eleita da SHOT

Imagem cedida por MEC

O Dibner Award for Excellence in Museum Exhibits existe desde 1985 e visa premiar museus e exposições temporárias que contribuam para a divulgação dos feitos da história da tecnologia, indústria e engenharia.

A exposição “Plasticidade – uma História dos Plásticos em Portugal” - em exibição no Museu de Leiria - ganhou em outubro passado, em Milão, Itália, o Dibner Award for Excellence in Museum Exhibits, atribuído pela Society for the History of Technology (SHOT).

A exposição premiada é uma das metas do projeto “O Triunfo da Baquelite – Contributos para uma História dos Plásticos em Portugal”, coordenado por Maria Elvira Callapez, investigadora do polo da Ciências ULisboa do Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia (CIUHCT) e resulta de uma parceria entre o município de Leiria e o CIUHCT. Este projeto sobre os aspetos da história dos plásticos em Portugal, começou em 2016 e terminou o ano passado. Maria Elvira Callapez consolidou a investigação financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia em estudos técnicos/científicos, industriais, históricos, sociais, de história da ciência e da tecnologia e de cultura material. Segundo comunicado de imprensa emitido pela Faculdade, esta é a Era do Plástico. Em maio passado ocorreu em Portugal "Plastics Heritage – History, Limits and Possibilities", um evento que visou abordar a história e a herança do plástico e alcançar uma compreensão mais profunda sobre os materiais poliméricos históricos nas suas várias representações e funções na sociedade. O congresso internacional realizou-se no âmbito deste projeto e integrou uma visita guiada à exposição.

Scripta mament. O que se escreve, fica, permanece.

Programação relacionada com a “Plasticidade – uma História dos Plásticos em Portugal”

  • 15 novembro a 6 de janeiro | Exposição temporária Plástico de Brincar. Brinquedos de plástico produzidos na região de Leiria.  
  • 15 novembro pelas 18h30 | Visita à exposição Plasticidade, com ênfase na nova mostra de brinquedos de plástico produzidos na região de Leiria, Plástico de Brincar. Com o colecionador Carlos Anjos. Aniversário do Museu de Leiria
  • 16 de novembro pelas 17h30 | Conversa com o artista plástico Nuno Sousa Vieira, artista convidado da exposição Plasticidade, em torno da sua obra Migrações. Aniversário do Museu de Leiria
  • 24 de novembro pelas 15h30 | Dia Nacional da Cultura Científica. Visita orientada à Plasticidade com Susana Sá, Departamento de Conservação e Restauro da FCT | UNL.
  • 5 e 12 de dezembro | Oficinas Sons em Movimento, uma criação SAMP - Sociedade Artística Musical dos Pousos.
  • 10, 15 e 18 de dezembro | Visitas guiadas à exposição Plasticidade, no âmbito de "Leiria, Cidade de Natal", para público escolar.

Desde a sua abertura em abril deste ano, a exposição “Plasticidade – uma História dos Plásticos em Portugal” já foi visitada por mais de nove mil pessoas. A mostra estará patente no Museu de Leiria até dezembro de 2020. As peças em exibição resultam de um vasto processo colaborativo, que envolveu a comunidade daquela região, pioneira na indústria transformadora de plástico em Portugal, e que se estendeu a todo o país, tendo o acervo sido cedido por particulares, museus, centros de investigação e empresas do sector.

Desde que foi inaugurado em 2015, o Museu de Leiria já recebeu vários prémios e outras distinções atribuídas pela Associação Portuguesa de Museologia, European Museum Forum e Instituto Nacional para a Reabilitação.

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem Ciências ULisboa com CML e CIUHCT
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt