AI 4 COVID-19: Ciência dos Dados e Inteligência Artificial na Administração Pública

Título da iniciativa, acompanhado das respetivas datas e de uma imagem ilustrativa

FCT: Concurso para projetos de I&D a decorrer de 31 de março a 28 de maio de 2020.

Trata-se da 3.ª edição de um programa de concursos anuais direcionado para a investigação em Ciência dos Dados e Inteligência Artificial aplicada à Administração Pública, que este ano é exclusivamente orientado para processamento de dados no âmbito da atual pandemia do novo coronavírus SARS CoV2 e da doença COVID-19 e no contexto da situação de crescente incerteza e alarme social em que vivemos.

O objetivo do concurso AI 4 COVID-19 é apoiar projetos e iniciativas de investigação científica e desenvolvimento tecnológico (IC&DT) que possam contribuir para respostas a esta e a futuras pandemias através da ciência dos dados e de inteligência artificial, desenvolvidos em parceria entre a administração pública e as instituições de I&D, com ênfase no apoio aos cidadãos e aos serviços e entidades prestadoras de cuidados de saúde.

Os avanços de técnicas de computação e inteligência artificial permitem analisar os diferentes conjuntos de microdados de forma cada vez mais complexa, combinando-os para retirar conhecimento antes inacessível. A comunidade científica é essencial para desenvolver um modelo de administração pública baseado em métodos de análise avançada que permitam tirar todo o potencial dos dados existentes.

Este concurso vem complementar a linha de apoio recentemente lançada pela FCT “Research 4 Covid-19” para apoiar atividades de I&D orientadas para aplicações imediatas de combate à Covid 19, sendo agora focado especificamente no estímulo ao desenvolvimento de formas e sistemas de processamento de dados.

Os projetos poderão ter uma duração de 24 a 36 meses, com um financiamento até 240 mil euros por projeto. A dotação para esta linha de financiamento agora lançada será de 3 milhões de euros.

Toda a informação sobre o processo de candidatura a este novo concurso AI 4 COVID-19 está disponível em https://www.fct.pt/apoios/projectos/concursos/datascience/index.phtml.pt, estando as candidaturas abertas de 31 de março a 28 de maio de 2020.

Recentemente a FCT produziu uma brochura de apresentação dos projetos de IC&DT no âmbito do programa de concursos de investigação em Ciência dos Dados e Inteligência Artificial, referente às edições de 2018 e 2019, que pode ser consultada aqui. Nessas edições foram aprovados para financiamento 28 projetos, sobre temas tão diversos como a saúde, os transportes públicos, a gestão dos recursos hídricos ou a utilização de dados do sistema IPSentinel da Agência Espacial Europeia. Este programa está enquadrado na Iniciativa Nacional Competências Digitais e.2030 (Portugal INCoDe.2030) com dotação global de 10 M€.

O evento pretende juntar técnicos, investigadores, estudantes, produtores, industriais e demais agentes da fileira, contribuindo para a atualização de dados sobre o setor e a partilha de conhecimentos sobre as potencialidades da flora portuguesa, para além, das condições edafoclimáticas nacionais que potenciam produtos de elevada qualidade.

This course introduces the field of island biogeography, a discipline that has long influenced other research areas such as macroecology, community ecology, evolution and conservation biology.

Scientists, as the main actors in the production of scientific knowledge, have the responsibility of having an active voice in communicating this knowledge – and that can be achieved for example by a conscious use of the communication tools at their disposal and a better articulation with journalists, among other means.

This course aims at providing students with basic knowledge of R programming, allowing them to manipulate and visualize data with R.

This course aims at providing students with statistical knowledge and tools to manipulate, analyze and visualize biological data with R. It also includes an introduction to modeling, simulations and Bayesian statistics.

Under the general framework of Global Change Ecology, the goal of this course is to provide the participants with the most recent and practical knowledge on the use of Functional Diversity.

The course provides essential skills and knowledge that enable the participants to develop climate change adaptation strategies.

The objective of this course is to provide participants with basic knowledge on a) the fundamental aspects of experimental design and b) workflows, platforms and tools to increase reproducibility at all scientific levels.

This is a mostly practical course offering an overview on different community ecology and macroecological methods and software. These will include all steps of a research project, from the optimal sampling of communities to process inference from large-scale patterns of taxon, phylogenetic and functional diversity.

This course aims to walk through the grounds of modern botany studies, covering subjects that have been excluded from most academic curricula.

The course aims at enabling the participants to use different methods to measure the impacts of pollutants on ecosystems. Basic knowledge will be provided through theoretical and practical lessons on how to select and use the most suitable metrics based on the analysis of multiple compartments of the ecosystems.

This course offers an overview of the different ways to measure biodiversity, and provides tips for the stratification of primary biodiversity data and the construction of variables that describe its various facets. It also includes an in-depth review of the different types of data used to measure biodiversity and their problems and limitations.

Páginas