Em busca de um novo paradigma da investigação em Portugal

Ecossistema de Transportes na FCUL

Camião de longo curso em via rápida
iStockphoto

A FCUL organizou e acolheu recentemente uma importante iniciativa dupla, denominada "Transportes Inteligentes e Sustentáveis: o Futuro da Mobilidade".

A sessão realizada no passado dia 12 de outubro incorporou, como referido, dois eventos. De manhã teve lugar a reunião plenária do Ecossistema de Transportes, enquanto que à tarde realizou-se a sessão pública do evento, promovida pela Associação para o Desenvolvimento da Mobilidade e Transportes Sustentáveis, também designada ITS Portugal, e organizada, em parceria com a FCUL, pela BTEN - Business Talent Enterprise Network.

O Ecossistema de Transportes, utilizando como contexto o sector que lhe confere a designação, ambiciona transformar Portugal num polo de referência da valorização do conhecimento, dinamizando projetos em inovação aberta e, através dessa postura, fazer com que se passe para uma economia com maior robustez de valor acrescentado. Esta visão, para uma maior capacidade económica do mercado nacional, consolida-se no reinvestimento e na sustentabilidade. O Ecossistema, para além de empresas operadoras e reguladoras no sector dos transportes, acolhe também empresas fornecedoras de tecnologia e instituições do Sistema Científico e Tecnológico Nacional. É como membro deste último conjunto que a FCUL integra o Ecossistema de Transportes.

Camiões de longo curso em via rápidaFonte: iStockphoto
Legenda: A iniciativa ocorrida em outubro passado foi promovida pela ITS Portugal e organizada pela BTEN - Business Talent Enterprise Network

Foi, no contexto descrito, que a FCUL recebeu com imenso entusiasmo a possibilidade de acolher o evento ITS. Nas reuniões regulares do Ecossistema, tem sido possível observar uma enorme vontade deste cluster no sentido de potenciar a economia baseada no conhecimento, e dinamizar processos de valorização económica do conhecimento. Essa via permite rentabilizar a enorme capacidade instalada no Sistema Científico e Tecnológico Nacional, fruto de uma formação de excelência pelas instituições portuguesas, mas para o qual o investimento não tem eficientemente servido como alavanca para o desenvolvimento económico. O Ecossistema seria até só por esse facto um importante exercício da urgente redefinição de paradigma que é necessária na investigação científica, longe porém de se esgotar nesse objetivo.

Na sessão da manhã do evento, e após um conjunto de intervenções de docentes da FCUL, subordinado ao tema "Parcerias e potencial de valorização económica do conhecimento no âmbito do Ecossistema de Transportes", decorreram sessões paralelas de cinco grupos de trabalho identificados pelo Ecossistema: Ambiente, Sustentabilidade e novos Modelos de Negócio; Gestão e Controlo de Tráfego; Mobilidade de Pessoas (segura e facilitada); Transportes de Mercadorias e Logística; Serviços LBS, Localização e Telemática. Docentes da FCUL, especificamente convidados para o evento, puderam participar nas sessões de trabalho onde foi utilizado um reputado método de brainstorming. Esse processo permitiu desenvolver ideias prospetivas de roadmapping estratégico. Na sessão da tarde, aberta ao público em geral, foram apresentadas as conclusões de cada grupo de trabalho.

Campus da FCULFonte: FCUL
Legenda: A FCUL foi a entidade parceira do evento "Transportes Inteligentes e Sustentáveis: o Futuro da Mobilidade" ocorrida nas instalações do Campo Grande

No final, o presidente da Direcção do ITS Portugal, o engenheiro Rui Camolino, teve a oportunidade de felicitar a FCUL pela organização do evento e, sobretudo, pela visão abrangente que forneceu ao cluster. Por seu turno, o diretor da FCUL, o professor J. M. Pinto Paixão, enfatizou o empenho da instituição em fortalecer o seu relacionamento com o tecido empresarial e a sua aposta em contribuir, também por essa via, para o incremento do nível e qualidade de vida dos residentes no país. Ficou reconhecido o avanço que foi conseguido na perceção do modelo de relação entre a investigação, sediada nos polos universitários, e a indústria.
 

João Telhada, professor do Departamento de Estatística e Investigação Operacional da FCUL

Para pesquisa de ofertas de emprego na área de Estatística consultar site:www.statjob.com

 

Nos termos previstos no Regulamento das Bolsas de Investigação do IHMT, informa-se que se encontra publicitado nos sites da FCT e do IHMT, o Edital do concurso para atribuição de uma

A FCUL vai ser representada pelas equipas Bytech e StackTracers compostas por alunos do segundo ano da licenciatura em Engenharia Informática.

Collapse Caldera Systems

Conferência no dia 28 de Outubro, 17h00, Edifício C6, FCUL, Campo Grande, Lisboa.

Teresa Chambel

“Multisensory Mixed Reality with Smell and Taste” é o título da palestra do orador convidado Adrian Cheok, professor de Pervasive Computing, na City University London, no Reino Unido.

A Corda Pelo Botânico

O encontro estava marcado para sábado, 19 de Outubro, pelas 16h para começar a esticar mais de 1 km de corda desde a Praça da Alegria e do jardim do Príncipe Real até ao Jardim Botânico.

A instalação de iluminação solar nas escolas remotas nas ilhas de São Tomé e Príncipe, perto do equador, na África Ocidental foi um dos objetivos deste projeto, que pretendeu contribuir para o aparecimento de um mercado local na área da energia solar fotovoltaica.

O modelo foi aplicado ao campus da FCUL mostrando que o aproveitamento da radiação solar nas fachadas dos edifícios permite duplicar o seu potencial solar.

A Qmetrics, SA, empresa de consultoria nas áreas de gestão, estudos de mercado e relacionamento com o cliente, oferece estágio profissional. O candidato deverá apresentar grau académico em

Apesar de já existir há dois anos e meio, numa altura do ano em que chegam à FCUL mais algumas centenas de novos alunos, é importante divulgar a existência do Sistema de Impressão da FCUL para alunos.

No âmbito da avaliação de unidades promovida em 2013 pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, o Centro de Matemática, Aplicações Fundamentais e

Oportunidades além-fronteiras

No decorrer do encontro entre a FCUL e o Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o professor João Graciano Mendonça Filho, responsável por este centro, em jeito de “convite” alertou: “O Brasil precisa de geólogos. Há falta de especialistas desta área no nosso país!”.

No dia 6 de Janeiro de 2014 a FCUL associa-se ao seu Departamento de Matemática para prestar homenagem à memória de Miguel Ramos, matemático e professor desta casa.

Concurso Externo - Estágios Profissionais Remunerados de Recém-Licenciados para Técnico Administrativo
REQUISITOS

Rita Zilhão

A participação interessada e com sucesso dos alunos, é um incentivo para a mobilidade académica de estudantes entre as duas universidades.

É já no próximo sábado mais uma Feira no Botânico. Não perca!

 

Para mais informações:

A principal missão do Departamento de Matemática é a da promoção do ensino e da investigação da Matemática, contribuindo para a criação e transmissão do conhecimento nesta área, bem como

Capa da Agenda FCUL 2012/2013

- Qual é coisa, qual é ela? É retangular e a cor varia normalmente todos os anos. Tem argolas e mais de 200 páginas. Pode-se usar todos os dias ou só em determinadas ocasiões. Sim, é fácil adivinhar! É a Agenda FCUL 2013/2014 e já “anda de mão em mão”…

Fórum Bolsas UL/FAD

“Numa época de crise e com falta de emprego, a solução por vezes é mais simples do que emigrar: criar o próprio emprego e gerar emprego. Este projeto "lançou-me" não só a nível académico (…) como profissional, estando neste momento a desenvolver uma empresa”, informou o antigo aluno do mestrado integrado em Engenharia Biomédica e Biofísica da FCUL, Ricardo Santos.

 Mestrados do DEIO 2013-14

“Com um simples azulejo” é uma iniciativa do Departamento de Matemática da FCUL dirigida a alunos do 1ºciclo e 2ºciclo do Ensino Básico e destinada a explorar transformações geométricas no plano.

A experiência profissional da cientista iniciou-se na casa que a formou, a FCUL, em 1999, enquanto doutoranda. Nessa altura, exercia funções de investigadora e supervisora de projetos de alunos de licenciatura. Atualmente, o percurso profissional, “continua dentro de casa”.

Trial do Journal of Visualized Experiments

“ (…) Pretendo fazer investigação aplicada, em particular na área da Biotecnologia Vegetal, que possa contribuir para a sociedade e para a economia do país”, refere a investigadora da FCUL que acaba de lançar um artigo na “Food Chemistry, Ana Margarida Fortes.

Isabel Fraga Alves

A Teoria dos Valores Extremos e a Inferência Estatística daí decorrente, têm vindo a invadir de forma transversal um largo espectro de áreas aplicadas e que vão desde ciências ambientais às financeiras, numa interface din&aci

Pages