Opinião

1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso - 2017

Em 2017 elegeram a nossa instituição em 1.ª opção 857 candidatos, um aumento de 15% em relação ao ano passado

ACI Ciências

Rebeca Atouguia
Fonte ACI Ciências

Ciências preencheu 99,9% das suas vagas na 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA) ao ensino superior, a taxa mais elevada desde que há registo.

Nesta fase inicial foram colocados 924 novos alunos em Ciências, o que corresponde a um aumento de 3,7% em relação à mesma fase do concurso de 2016 (em que foram colocados 891 estudantes). Dos 16 cursos de Ciências, 15 tiveram uma taxa de ocupação de 100%.

No que diz respeito à oferta, Ciências disponibilizou 925 vagas (um acréscimo de 20 vagas em relação ao ano letivo anterior) para ingresso nos seus ciclos de estudos de formação inicial (13 licenciaturas e três mestrados integrados). Destas vagas, 815 eram para cursos de licenciatura (88%) e 110 para mestrados integrados (12%).

Em termos de procura, candidataram-se a Ciências 5423 estudantes na 1.ª fase do CNA, o que representa um acréscimo de 13% em relação ao ano anterior (4813 candidatos). Elegeram a nossa instituição em 1.ª opção 857 candidatos, um aumento de 15% em relação a 2016.

Por último, em relação aos alunos colocados, cerca de 65% escolheram Ciências em 1.ª ou 2.ª opção, 54% são do género masculino e 56% provenientes do distrito de Lisboa. No que diz respeito à nota de candidatura dos últimos colocados pelo contingente geral, verifica-se um aumento desta classificação em 15 dos 16 cursos de formação inicial de Ciências.

Nota: A análise mais detalhada pode ser consultada, mediante autenticação, em Ensino > Estudos Pedagógicos.


Ciências preencheu 99,9% das suas vagas na 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso, a taxa mais elevada desde que há registo
Fonte AEPQ Ciências

 

Rebeca Atouguia, chefe de divisão da Área de Estudos, Planeamento e Qualidade de Ciências
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt