Crónicas em Ciências

O BioBlitz do projeto +Biodiversidade @CIÊNCIAS

Dua jovens observam espécies no campus da Faculdade

No caso do BioBlitz que decorreu na Faculdade, aos professores e investigadores juntaram-se alunos e cidadãos que já contribuíam com dados para o projeto +Biodiversidade @CIÊNCIAS

GICD Ciências ULisboa
 Patricia Tiago e Sergio Chozas
Patrícia Tiago e Sergio Chozas
Imagens cedidas pelos autores

O projeto +Biodiversidade @CIÊNCIAS dinamizou um BioBlitz no campus da Faculdade. O BioBlitz é uma metodologia para realizar uma avaliação rápida da biodiversidade de um local num determinado período de tempo, representando uma ferramenta poderosa na criação de alicerces para a promoção da importância da biodiversidade e da sua conservação, apoiada nos cidadãos.

Durante um BioBlitz, cidadãos, cientistas e naturalistas trabalham em conjunto para registar o maior número de espécies. Estes eventos podem incidir sobre um determinado grupo de espécies ou sobre a biodiversidade geral de um local.

Recorde o álbum publicado no Facebook.

No caso do BioBlitz que decorreu na Faculdade, aos professores e investigadores juntaram-se alunos e cidadãos que já contribuíam com dados para o projeto +Biodiversidade @CIÊNCIAS. Entre as 8h30 e as 18h00 de dia 26 de maio de 2022 foram registadas espécies de aves, insetos, líquenes, anfíbios, peixes, répteis e plantas. No total foram registados no projeto, alojado na plataforma de ciência cidadã BioDiversity4All, 357 observações, de 197 espécies feitas por 18 observadores.

O Encontro Extraordinário dos Membros da Rede Campus Sustentável realiza-se esta sexta-feira, dia 1 julho na Ciências ULisboa e tem como objetivo promover uma reflexão coletiva alargada sobre o futuro da Rede Campus Sustentável (RCS). Para além do debate sobre a estratégia e próximas ações da RCS, o programa dinâmico e interativo prevê discussões em grupos pequenos e em plenário e ainda uma visita guiada a alguns dos projetos da Ciências ULisboa: FCULresta,  Permalab e +Biodiversidade @Ciências. A participação no encontro é gratuita, mas as inscrições são obrigatórias.

Estas observações foram também adicionadas ao projeto +Biodiversidade @CIÊNCIAS que no início de junho contava com 7431 observações, de 1076 espécies, feitas por 317 observadores e validadas por 705 identificadores. Das 1076 espécies registadas no projeto, cerca da metade são plantas (49,2%), seguidas dos insetos (25,8%), fungos (13.2%) e aves (4,7%). Estas espécies apresentam um marcado carácter urbano estando, portanto, adaptadas à presença humana e à nossa gestão dos espaços verdes.

Continuem a participar e aumentem o conhecimento da biodiversidade presente no nosso campus!

Patrícia Tiago e Sergio Chozas, coordenadores do +Biodiversidade @CIÊNCIAS e investigadores do investigadores do cE3c Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt