Relatório ECOLISE

United by Nature, Guided by Science

Permacultura

Os próximos passos da equipa passam pela criação de uma comunidade de investigação/ação participativa que tenha como base a plataforma online - wiki.ecolise.eu - por forma a diversificar e aprofundar os temas que este primeiro relatório aborda

ECOLISE

A rede europeia ECOLISE publicou este mês um novo relatório sobre a eficácia das ações de sustentabilidade e mudança climática realizadas pelas comunidades locais. O investigador de Ciências ULisboa, Gil Penha-Lopes, líder deste projeto, espera que daqui a dois anos haja um novo relatório e que a plataforma online - wiki.ecolise.eu - suporte uma comunidade ainda mais dinâmica e saudável.

De acordo com o comunicado de imprensa emitido pela Rede o envolvimento dos cidadãos possibilita mudanças transformadoras.

“Este relatório compila, sumariza e reflete sobre a situação geográfica destes projetos, mostra a evidência destas iniciativas comunitárias para promover uma sustentabilidade integrada e com uma compreensão holística da solução, assim como sugere caminhos ancorados em evidência científica e empírica sobre o potencial destas iniciativas na regeneração dos ecossistemas naturais, ou seja, que integrem as comunidades humanas e sistemas ecológicos”, conta Gil Penha-Lopes, investigador do Departamento de Biologia Vegetal de Ciências ULisboa e do grupo CCIAM do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (cE3c).

“O meu mote pessoal é ‘United by Nature, Guided by Science’ e isso reflete-se não apenas no que faço, mas como o faço.”
Gil Penha-Lopes

Os autores do relatório que contou também com a colaboração dos investigadores do polo de Ciências ULisboa do CCIAM-cE3c,  Inês Campos e Pedro Macedo, esperam que as iniciativas de base comunitária ganhem um lugar de destaque na implementação da Agenda 2030 – Desenvolvimento Sustentável – promovida pelas Nações Unidas. Para Gil Penha-Lopes é necessário mostrar que a ciência pode ser feita de uma forma participativa, transparente, convidando os cidadãos a refletir sobre estas temáticas tendo em vista a implementação de uma sociedade verdadeiramente sustentável.

Os próximos passos da equipa passam pela criação de uma comunidade de investigação/ação participativa que tenha como base a plataforma online - wiki.ecolise.eu - por forma a diversificar e aprofundar os temas que este primeiro relatório aborda. “Durante 2019 e 2020 iremos facilitar vários eventos em Bruxelas e por toda a Europa por forma a elaborar recomendações políticas que promovam e apoiem de uma forma construtiva as iniciativas de base comunitária que criem uma realidade sustentável”, conclui Gil Penha-Lopes.

Capa do relatório
relatório sugere caminhos ancorados em evidência científica e empírica
Fonte ECOLISE

Ana Subtil Simões, Área de Comunicação e Imagem Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt