Federação Europeia de Ecologia

Cristina Máguas eleita presidente da FEE

Tomada de posse ocorre em janeiro de 2019

Última Revisão —

A presidência de Cristina Máguas irá coincidir com a 15ª Conferência da EEF, que se irá realizar no campus de Ciências ULisboa, entre 29 de julho e 2 de agosto de 2019

Rúben Oliveira

“A Federação Europeia de Ecologia (FEE) tem objetivos muito claros – um deles é o de alargar o conhecimento ecológico à Europa”, diz Cristina Máguas, a primeira portuguesa a ser eleita presidente da FEE.

Cristina Máguas, docente do Departamento de Biologia Vegetal de Ciências ULisboa e coordenadora científica do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (cE3c), foi eleita por unanimidade a 30 de outubro passado, por ocasião da Reunião do Conselho da FEE, em Bucareste, na Roménia, na qual estiveram presentes 18 sociedades de Ecologia, representantes de 20 países.

Cristina Máguas toma posse a 1 de janeiro de 2019 e irá conciliar a coordenação da rede europeia de ecólogos, num mandato de quatro anos, com a vice-presidência da Sociedade Portuguesa de Ecologia, a coordenação do cE3c; assim como com a docência e a investigação científica na área da Ecofisiologia de ecossistemas mediterrânicos e tropicais.

Enquanto presidente da FEE, Cristina Máguas irá procurar difundir os resultados da investigação realizada no seio das universidades. “O grande desafio e sabendo nós que estamos numa era da sustentabilidade, e que a Ecologia e o conhecimento ecológicos são tão importantes, é realmente passar da teoria à ação, e isto num plano europeu”, conclui.

Cristina Máguas sucede o presidente da FEE desde 2015 - Alberto Basset - presidente da Sociedade Italiana de Ecologia e professor da Universidade de Salento, em Itália.

A presidência de Cristina Máguas irá coincidir com a 15ª Conferência da FEE que se irá realizar no campus de Ciências ULisboa, entre 29 de julho e 2 de agosto de 2019.

 

 

Marta Daniela Santos, do cE3c, com ACI Ciências ULisboa
info.ciencias@ciencias.ulisboa.pt