Comunicados - Direção de Ciências

Despacho D/16/2020 (27/03/2020)

Na sequência da declaração, em 18 de março p.p., do “Estado de Emergência”, do regime legal vigente e do meu Despacho D/14/2020, de 10 de março, determino:

  1. As provas académicas de Mestrado e de Doutoramento, desde que exista e fique registado o acordo mútuo entre o júri e o respetivo candidato e estejam reunidas as condições técnicas para a realização pública da prova, passam a ser realizadas por videoconferência. Da marcação das provas, das condições de acesso do público à sala virtual em que decorrerão as provas e do respetivo resultado deve ser dada publicitação no sítio da internet de Ciências (https://ciencias.ulisboa.pt/) e da ULisboa (www.ulisboa.pt).
  2. As provas para atribuição do título académico de Agregado e do título de Especialista, desde que exista e fique registado o acordo mútuo entre o júri e o respetivo candidato e estejam reunidas as condições técnicas para a realização pública da prova, passam a ser realizadas por videoconferência. Da marcação das provas, das condições de acesso do público à sala virtual em que decorrerão as provas e do respetivo resultado deve ser dada publicitação no sítio da internet de Ciências (https://ciencias.ulisboa.pt/) e da ULisboa (www.ulisboa.pt).
  3. As reuniões de júri de concursos de recrutamento de Pessoal Docente ou Investigador passam a ser realizadas com recurso a meios telemáticos, designadamente vídeo ou teleconferência. Ao procedimento de assinatura das atas aplica-se o estabelecido no n.º 2 do Despacho n.º 98/2020 do Reitor da ULisboa, datado de 23 de março de 2020.
  4. As reuniões de júri de concursos de recrutamento de Pessoal Não Docente e Não Investigador passam a ser realizadas com recurso a meios telemáticos, designadamente vídeo ou teleconferência. Ao procedimento de assinatura das atas aplica-se o estabelecido no n.º 2 do Despacho n.º 98/2020 do Reitor da ULisboa, datado de 23 de março de 2020.
  5. Que se mantém a pausa letiva (férias da Páscoa) prevista no calendário escolar 2019/2020.
  6. Que se mantêm os serviços de atendimento presencial sem marcação, no Núcleo de Expediente (C5) e na Portaria do C8, para a receção e entrega de encomendas e outro correio.
  7. Mantém-se em vigor o Despacho D/14/2020, de 10 de março, com exceção das normas que disponham em sentido diverso do consagrado no presente despacho.
  8. Estas medidas vigoram até ao dia 9 de abril e serão ajustadas conforme a necessidade e a evolução da situação. 

Faculdade de Ciências, 27 de março de 2020

Luís Carriço

Diretor

COVID-19 | Informação (20/03/2020)

Constrangimentos e alterações em Ciências ULisboa

Alertamos a comunidade de Ciências que, até nova informação, se mantém em vigor o Despacho do Diretor D/14/2020 e que, adicionalmente, devem considerar a seguinte informação relevante nesta fase de exceção relacionada com a COVID-19:

Gestão de emergências

Face às medidas de promoção do teletrabalho e às restrições de acesso às instalações da Faculdade, a eficácia das respostas em situação de emergência está condicionada devido à redução substancial do número de elementos das equipas de emergência. Assim:

  1. Em caso de emergência, deve colocar-se em segurança, ligar para o número de emergência em Ciências (ext. 20000 ou +351 217 500 600), indicar o tipo de ocorrência e local exato e seguir as instruções das equipas de emergência ou, na sua ausência, dos seguranças. Quando se justifique, e enquanto aguarda a chegada das equipas de emergência ou dos seguranças, deve ligar para o 112 e seguir as instruções. Não se esqueça que se forem ativados meios de socorro, é indispensável acautelar o correto encaminhamento, pelo que deve sempre fazer a comunicação da ocorrência para o número de emergência.
  2. Em caso de alarme de incêndio num edifício, logo que toque o alarme, deve abandonar o edifício, seguir as instruções de evacuação e orientar-se pela sinalização afixada ao longo dos caminhos de evacuação, nunca utilizando os elevadores e nunca voltando atrás. Cumpra as indicações das equipas de emergência ou dos seguranças. Logo que se encontre em segurança no exterior do edifício, comunique a ocorrência através do número de emergência em Ciências (ext. 20000 ou +351 217 500 600) e siga as instruções do ponto 1.

Utilização de elevadores

Os elevadores mantêm-se em funcionamento para possibilitar o transporte de material pesado e/ou volumoso. Contudo, desaconselha-se a sua utilização, exceto em situações devidamente justificadas.

Fornecimento de azoto líquido

O fornecimento de azoto líquido será realizado semanalmente, às quartas-feiras às 11h.

Resíduos perigosos

As entregas de resíduos perigosos serão efetuadas quinzenalmente (26 mar, 9 abr, 23 abr, etc.), nos horários e pontos de recolha habituais (informação disponível em http://www.ciencias.ulisboa.pt/residuos).

Faculdade de Ciências, 20 de março de 2020

Guida Carvalheiro

Administradora

 

Despacho D/14/2020 (10/03/2020)

Na sequência dos últimos acontecimentos relacionados com a propagação do novo coronavírus, determino:

Suspensão de atividades

  1. A suspensão, até nova comunicação, de todos os eventos públicos, incluindo congressos e reuniões nacionais e internacionais. Encontram-se suspensas também novas exposições, visitas de Ciências a outras escolas, bem como as visitas de outras escolas a Ciências.
  2. A suspensão de todas as atividades letivas presenciais, procedendo-se à sua substituição, sempre que possível, por outros meios de ensino, nomeadamente através de instrumentos de ensino a distância. Para o efeito, será divulgada informação acerca dos procedimentos a adotar de modo a permitir, a partir do próximo dia 16 de março, com a maior brevidade possível, a realização de aulas por videoconferência, ou outra solução equivalente, nas quais os alunos deverão preferencialmente participar a partir dos seus domicílios.
  3. Que serão permitidas adaptações dos conteúdos programáticos e dos métodos de avaliação de unidades curriculares de 1º e 2º ciclo à nova realidade de ensino mencionada em 2, em termos que serão objeto de despacho específico.

Restrições

  1. A restrição ao atendimento público presencial. Em todos os serviços, e até nova informação, o atendimento passa a ser feito por meios de comunicação não presenciais utilizando os contactos divulgados na página institucional de Ciências. O atendimento presencial mantém-se exclusivamente para entrega de documentos obrigatórios e urgentes e/ou entrega de material informático e ativação de cartões, mediante marcação prévia para o serviço respetivo. Excecionalmente, mantêm-se serviços de atendimento presencial no Núcleo de Expediente (C5), nos Núcleos de Apoio Administrativo e nas Portarias do C8 e do Tec Labs, para a receção e entrega de encomendas e outro correio.
  2. Que as deslocações em serviço são restringidas às imprescindíveis e inadiáveis, expressamente autorizadas pelo Diretor, no seguimento de pedido devidamente fundamentado junto dos Presidentes dos Departamentos ou dos Dirigentes dos Serviços.
  3. Que a vinda de visitantes externos à ULisboa, incluindo estudantes, é restringida à participação em atos que não possam ser realizados por videoconferência e a interações imprescindíveis e inadiáveis, expressamente autorizadas pelo Diretor.
  4. Que todas as reuniões sejam preferencialmente realizadas por videoconferência.

Provas académicas

  1. Que a participação de elementos externos a Ciências em provas académicas de Mestrado e Doutoramento passa a ser realizada por videoconferência. Mediante despacho Reitoral que o autorize, este tipo de participação poderá ser alargado aos restantes membros do Júri, com exceção do Presidente que, tal como o candidato, terá necessariamente que estar presente na sala onde se realiza a prova. Caso o Presidente do Júri ou o candidato estejam em período de quarentena a prova será necessariamente adiada.
  2. Que o número de membros da assistência presencial nas provas académicas referidas no número anterior seja limitado até um máximo de 10% da lotação da sala onde ocorrer o ato.
  3. Que as provas de Agregação e as reuniões de Júris de Procedimentos Concursais que envolvam membros externos a Ciências, por não poderem legalmente envolver nenhuma participação por videoconferência, se encontram suspensas.

Acesso às instalações

  1. Que o acesso a todos os edifícios do campus passa a efetuar-se exclusivamente através da utilização de cartão, ou autorização, exceto no caso do edifício C3, que será encerrado, encerrando-se igualmente todas as Bibliotecas e espaços-estudante.
  2. Que a autorização referida no número anterior a alunos de 2º e 3º ciclos será dada pelo Diretor sob proposta dos Presidentes de Departamento, para a realização de trabalhos de Tese ou Dissertação que manifestamente necessitem de acesso a laboratórios ou outras infraestruturas de investigação, incluindo de cálculo, estando revogadas, a partir da presente data, todas as autorizações de acesso a edifícios anteriormente concedidas.

Promoção do teletrabalho

  1. Que os Dirigentes das Unidades de Serviço, os Presidentes de Departamento e os Coordenadores das Unidades de Investigação, identifiquem os trabalhadores/ colaboradores docentes, não docentes, investigadores e bolseiros, cujas funções possam ser desempenhadas em regime de teletrabalho e, após o acordo dos mesmos, proponham à Direção um plano de passagem temporária a este regime.
  2. Que ficará suspensa a obrigação de picagem de ponto para o conjunto de trabalhadores em regime de teletrabalho, sem perda de direitos relativos ao abono de subsídio de refeição.

Estas medidas vigoram até ao dia 27 de março e serão ajustadas conforme a necessidade e a evolução da situação.

Faculdade de Ciências, 10 de março de 2020

Luís Carriço

Diretor

 

COVID-19 | Suspensão de aulas e medidas adicionais (09/03/2020)

A toda a comunidade de Ciências,

A direção de Ciências está neste momento a estudar a melhor forma de transpor para a realidade da escola as medidas anunciadas hoje, 9 de março, pela Universidade de Lisboa (ver aqui). A implementação destas medidas será alvo de novo comunicado, estando até lá suspensas todas as aulas, a partir de amanhã dia 10 de março.

Faculdade de Ciências, 9 de março de 2020

Luís Carriço

Diretor

 

Comunicado (09/03/2020)

Aos membros da Comunidade de Ciências:

Na sequência dos últimos acontecimentos relacionados com a propagação do novo coronavírus, a Direção complementa as informações já prestadas determinando e recomendando o seguinte:

  • Número de emergência em Ciências: qualquer membro de Ciências que se encontre na Faculdade e que apresente sintomas e ligação epidemiológica (compatíveis com a definição de caso suspeito de COVID-19), deve contactar o número de emergência em Ciências (extensão interna 20000 ou número direto 217 500 600).
  • covid19@ciencias.ulisboa.pt: o contacto preferencial para todas as comunicações e informações relativas ao coronavírus/COVID-19 é o e-mail covid19@ciencias.ulisboa.pt.
  • Informação atualizada: as informações relacionadas com a COVID-19 estão em permanente atualização no site da Direção-Geral da Saúde, em https://www.dgs.pt/corona-virus e no portal de Ciências, em https://ciencias.ulisboa.pt/saude.
  • Suspensão de todos os eventos públicos: De acordo com o e-mail da Direção, de 3 de março de 2020, encontram-se suspensos, até nova comunicação, todos os eventos públicos não essenciais, incluindo congressos e reuniões internacionais. Encontram-se suspensas também novas exposições, visitas de Ciências a outras escolas, bem como as visitas de outras escolas a Ciências.
  • Restrições ao atendimento presencial na Direção Académica: A partir de 10 de março e até nova informação, o atendimento na Direção Académica será feito por telefone ou por e-mail. O atendimento presencial será mantido exclusivamente para entrega de documentos obrigatórios e urgentes (Dissertações e Teses), e será feito com marcação prévia, por e-mail ou telefone para o serviço respetivo:
    • 1.º Ciclo e 1.º Ciclo de Mestrado Integrado:
      - Email: ua@ciencias.ulisboa.pt
      - Telefones: 217500502 / 217500503 / 217500311
      - Horário: dias úteis das 10h às 13h.
    • 2.º Ciclo, 2.º Ciclo de Mestrado Integrado e Cursos Não conferentes de Grau:
      - Email: gepg@ciencias.ulisboa.pt
      - Telefones: 217500549 / 217500240 / 217500791
      - Horário: dias úteis das 10h às 13h.
    • 3.º Ciclo:
      - Email: doutoramentos@ciencias.ulisboa.pt
      - Telefones: 217500240 / 217500791 / 217500549
      - Horário: dias úteis das 10h às 13h.
    • Questões relacionadas com o Gabinete de Organização Pedagógica:
      - Email: gop@ciencias.ulisboa.pt
      - Telefones: 217500102
      - Horário: dias úteis das 10h às 13h.
    • Questões relativas a pagamentos:
      - Email: receita@ciencias.ulisboa.pt
      - Telefones: 217 500 000 / ext. 25140 / 217 500 983
      - Horário: dias úteis das 10h às 13h.
  • Restrições ao atendimento presencial na Direção de Serviços Informáticos: A partir de 10 de março e até nova informação, o atendimento na Direção de Serviços Informáticos será feito por telefone ou por e-mail. O atendimento presencial será mantido exclusivamente para levantamento/entrega de material e ativação de cartões, e será feito com marcação prévia, por e-mail ou telefone para:
    Email: suporte@ciencias.ulisboa.pt
    Telefones: 217 500 067 / ext. 21248
    Horário: dias úteis das 9h às 17h.
  • Provas académicas com júris internacionais ou provenientes de distritos de Portugal com casos confirmados: Sempre que possível, as provas académicas com júris internacionais ou provenientes de distritos de Portugal com casos confirmados devem decorrer com recurso a videoconferência, para o que poderão consultar a página https://ciencias.ulisboa.pt/pt/videoconferencia.
  • Cancelamento de deslocações institucionais ao estrangeiro ou a distritos de Portugal com casos confirmados: as viagens ao estrangeiro ou a distritos de Portugal com casos confirmados devem ser restringidas às imprescindíveis e inadiáveis. Consideram-se como imprescindíveis e inadiáveis as deslocações expressamente autorizadas, caso a caso, pelo Diretor de Ciências, no seguimento de pedido devidamente fundamentado junto dos Presidentes dos Departamentos, no qual deve constar o plano de substituição, recuperação ou alternativa de execução das atividades previstas para os dias de saída e para os 14 dias subsequentes ao regresso. Em caso de realização da deslocação, os trabalhadores devem obrigatoriamente respeitar um período de quarentena de 14 dias após o seu regresso. Além disso, a marcação de viagem e alojamento deve ser feita com possibilidade de alteração da data ou cancelamento, sempre que possível.
  • Restrições a visitantes do estrangeiro ou de distritos de Portugal com casos confirmados: A vinda de investigadores do estrangeiro ou de distritos de Portugal com casos confirmados deve ser também evitada e restringida a interações imprescindíveis e inadiáveis e que não possam ser feitas por videoconferência. Considerando que a aplicação de um período de quarentena torna, na maioria dos casos, a vinda do visitante totalmente inútil, estas visitas deverão ser canceladas.
  • Viagens a título pessoal: a todos os membros da comunidade de Ciências, incluindo alunos, que se desloquem ao estrangeiro ou a distritos de Portugal com casos confirmados, a título pessoal, solicita-se que deem conhecimento dessa deslocação aos serviços da Faculdade, através do envio de mensagem eletrónica, indicando o nome completo, n.º de funcionário/aluno e data de regresso a Portugal, para o endereço covid19@ciencias.ulisboa.pt. Solicita-se que, nestes casos, os viajantes respeitem o período de quarentena de 14 dias após o seu regresso.
  • Períodos de quarentena: qualquer membro de Ciências, incluindo alunos que, por razões imprescindíveis e inadiáveis, tenha regressado do estrangeiro ou de distritos de Portugal com casos confirmados devem respeitar um período de quarentena de 14 dias após o seu regresso, garantindo a atividade possível em regime de teletrabalho. Caso o regresso da viagem tenha ocorrido nos últimos 14 dias, a indicação anterior aplica-se ao período remanescente desde o dia de regresso, solicitando-se envio de mensagem eletrónica, indicando o nome completo, n.º de funcionário/aluno e data de regresso a Portugal, para o endereço covid19@ciencias.ulisboa.pt. Caso o regresso da viagem tenha ocorrido nos últimos 14 dias, a indicação anterior aplica-se ao período remanescente desde o dia de regresso. Durante o período de quarentena devem ainda:
    • Prestar atenção ao aparecimento de febre, tosse ou dificuldade respiratória;
    • Medir a temperatura corporal duas vezes por dia e registar os valores;
    • Verificar se alguma das pessoas com quem convive de perto, desenvolvem sintomas (febre, tosse ou dificuldade respiratória);
    • Caso apareça algum dos sintomas referidos (no próprio ou nos seus conviventes), não se deslocarem de imediato aos serviços de saúde, ficarem em casa, e contactar a linha SNS24 (808 24 24 24) e seguir as suas orientações;
    • Logo que possível, informar a Faculdade através do e-mail covid19@ciencias.ulisboa.pt;
    • Nos 14 dias após o regresso promover um distanciamento social responsável e tranquilo, nomeadamente, não permanecendo sem necessidade em locais muito frequentados e fechados.
  • Mobilidades Erasmus+:
    • Mobilidades a serem executadas por membros de Ciências: no caso das mobilidades ainda não iniciadas e ainda não contratualizadas, é suspensa a sua contratualização, não devendo estas ser realizadas, podendo, em função da evolução da epidemia COVID-19, vir a ter lugar em data posterior. No caso das mobilidades ainda não iniciadas, mas já contratualizadas, os estudantes, docentes e funcionários são aconselhados a, em função do risco que considerem vir a estar sujeitos, suspenderem-nas por decisão própria, podendo vir a realizar essas deslocações em período posterior.
    • Mobilidades em curso de membros de Ciências: no caso das mobilidades já em curso, deverão os estudantes, docentes e funcionários, em função do risco que considerarem estar a correr nas suas regiões de destino, ponderar a suspensão das mesmas e o seu regresso antecipado a Portugal. No regresso, os membros de Ciências deverão respeitar o período de quarentena de 14 dias após o regresso, dando conta dessa informação para o e-mail covid19@ciencias.ulisboa.pt.
    • Mobilidades a executar para Ciências: recomenda-se aos estudantes, docentes e funcionários que prevejam executar mobilidades para Ciências, que as adiem. Caso optem por não suspender estas mobilidades, deverão os estudantes, docentes e funcionários respeitar o período de quarentena de 14 dias após a chegada, dando conta dessa informação para o e-mail covid19@ciencias.ulisboa.pt.
    • Mobilidades em curso em Ciências: caberá a cada um dos estudantes, docentes e funcionários que já se encontram em mobilidade em Ciências decidir, tendo em conta a sua avaliação do risco, se pretendem suspender essa mobilidade.
       
  • Medidas gerais de higiene e etiqueta respiratória: a comunidade de Ciências deve reforçar as medidas gerais de higiene e etiqueta respiratória:
    • Lave frequentemente as mãos, com água e sabão, esfregando-as bem durante pelo menos 20 segundo (se estes não estiverem disponíveis utilize um desinfetante para as mãos que tenha pelo menos 70% de álcool, cobrindo todas as superfícies das mãos e esfregando-as até ficarem secas; contudo, o sabão e água devem ser usados preferencialmente se as mãos estiverem visivelmente sujas);
    • Reforce a lavagem das mãos antes e após a preparação de alimentos, após o uso da casa de banho e sempre que as mãos lhe pareçam sujas;
    • Pode também usar em alternativa, para higiene das mãos, uma solução à base de álcool;
    • Use lenços de papel (de utilização única) para se assoar;
    • Deite os lenços usados num caixote do lixo e lave de seguida as mãos;
    • Tussa ou espirre para o braço com o cotovelo fletido, e não para as mãos;
    • Evite tocar nos olhos, no nariz e na boca com as mãos sujas ou contaminadas com secreções respiratórias.

Guida Carvalheiro

Administradora

 

Despacho D/12/2020 (04/03/2020)

Na sequência da reunião do Conselho Coordenador da ULisboa ocorrida hoje, cuja ordem de trabalhos foi sobre a importância do reforço das medidas de prevenção relativamente ao novo Coronavírus (COVID-19), a Direção de Ciências reforça a mensagem anteriormente veiculada de que apenas  deverão ser realizadas deslocações ao estrangeiro imprescindíveis e inadiáveis.
Delibero ainda que todos os funcionários que naquelas condições decidam realizar as deslocações devem obrigatoriamente respeitar um período de quarentena de 14 dias após o seu regresso. Durante este período de quarentena deverá ser mantida a atividade possível em regime de teletrabalho e, no caso dos membros do corpo docente, ativada a substituição prevista no pedido de deslocação.

Chama-se ainda a atenção para o facto de, a qualquer momento, poderem vir a ser emitidas pelas autoridades competentes, diretivas mais restritivas que impeçam a realização de qualquer viagem.

O Diretor

 

Coronavírus | Realização de eventos (03/03/2020)

Caros membros de Ciências,

Considerando os  desenvolvimentos dos últimos dias e a importância do reforço das medidas de prevenção relativamente ao novo Coronavírus (COVID-19), e de acordo com as orientações recebidas da Reitoria da ULisboa, a Direção de Ciências decidiu suspender, até nova comunicação, todos os eventos públicos não essenciais, incluindo congressos e reuniões internacionais.

Informações sobre o COVID-19 disponíveis no portal de Ciências, na página do G3S.

Com os melhores cumprimentos,

Jorge Maia Alves

Subdiretor

 

Coronavírus | Recomendações gerais e plano de contingência em Ciências (28/02/2020)

Na sequência dos desenvolvimentos dos últimos dias relativamente ao Coronavírus em Itália, a Direção-Geral da Saúde emitiu uma orientação para estabelecimento de um plano de contingência por parte das empresas. Ciências já elaborou e implementou os procedimentos de preparação definidos no plano de contingência, que pode ser consultado aqui (disponível para utilizadores com sessão iniciada no portal de Ciências).

Na página da Direção-Geral da Saúde, encontra-se toda a informação sobre o COVID-19, nomeadamente os documento oficiais, as áreas afetadas e a evolução da situação em Portugal.

Aconselha-se, a toda a comunidade de Ciências, o reforço das medidas gerais de higiene e de etiqueta respiratória:

• Lave frequentemente as mãos, com água e sabão, esfregando-as bem durante pelo menos 20 segundos;

• Reforce a lavagem das mãos antes e após a preparação de alimentos, após o uso da casa de banho e sempre que as mãos lhe pareçam sujas;

• Pode também usar em alternativa, para higiene das mãos, uma solução à base de álcool;

• Use lenços de papel (de utilização única) para se assoar;

• Deite os lenços usados num caixote do lixo e lave de seguida as mãos;

• Tussa ou espirre para o braço com o cotovelo fletido, e não para as mãos;

• Evite tocar nos olhos, no nariz e na boca com as mãos sujas ou contaminadas com secreções respiratórias.

Informa-se ainda que a Agência Nacional Erasmus+ emitiu comunicado a informar que serão invocadas situações de força-maior para as atividades de mobilidade para áreas afetadas (declaradas oficialmente pelas autoridades nacionais como regiões afetadas), pelo que todos os participantes estão a ser contactados diretamente pelos serviços da Faculdade, para verificar se pretendem adiar a ida ou regressar antecipadamente e solicitar que adotem as medidas de distanciamento social adequadas tendo em conta os riscos a que possam ter estado sujeitos.

Para pessoas que regressaram de uma área afetada, aconselha-se o cumprimento das medidas de higiene e etiqueta respiratória anteriormente referidas. Se apresentar febre, tosse e eventual dificuldade respiratória, não se desloque aos serviços de saúde, ligue para o 808 24 24 24, e siga as orientações que lhe forem dadas. Caso esses sintomas se manifestem num espaço de Ciências, deve ligar para o número de emergência em Ciências (ext. 20000; tlf. 217 500 600) para ser acionado o plano de contingência e seguir as instruções que lhe forem dadas.

Aconselha-se ainda que as viagens sejam restringidas ao estritamente essencial, especialmente para as zonas afetadas. Caso a deslocação seja considerada imprescindível, a marcação de viagem e alojamento deve ser feita com possibilidade de alteração da data ou cancelamento, sempre que possível.

O Gabinete de Segurança, Saúde e Sustentabilidade acompanha os comunicados da Direção-Geral da Saúde, disponibilizando a informação pertinente diretamente na página do G3S, nomeadamente a Informação n.º 005/2020 de 27/02/2020 dirigida a cidadãos regressados de uma área com transmissão comunitária ativa do novo coronavírus e a Informação n.º 003/2020 de 20/02/2020 - Recomendações para viajantes.

Em caso de dúvida, pode contactar diretamente a Coordenadora do G3S (Júlia Alves, ext. 24126, jmaalves@ciencias.ulisboa.pt, tlm. 914957401).

A Direção.