SAHFC-Pedro Nunes,Mercator e a Carta de Latitudes Crescidas

Conferências de Historia e Filosofia das Ciências

FCUL, Edifício C8, Sala 8.2.04
SAHFC

Por: Joaquim Gaspar (Pós-Doc, CIUHCT), Henrique Leitão, (SAHFC/FCUL)

Pedro Nunes, Gerard Mercator e a Carta de Latitudes Crescidas"

Resumo:

O método utilizado por Gerard Mercator para calcular a sua famosa projecção, no mapa-mundo de 1569 ―Nova et aucta orbis terrae descriptio ad usum navigantium emendate accomodata ―, iludiu os historiadores da Cartografia durante mais de um século. Em dois artigos recentes publicados na prestigiada revista Imago Mundi, Joaquim Gaspar e Henrique Leitão (CIUHCT) mostraram que a chave do enigma está na utilização das tabelas de rumo discutidas por Pedro Nunes c. 1540. Não só o método proposto é historicamente plausível e de uma simplicidade desconcertante mas também reproduz, como nenhum outro, a quadrícula original de Mercator. A solução do enigma passa, como é frequente em história da ciência, por conseguir recriar as circunstâncias históricas específicas que moldavam o problema técnico enfrentado pelo cartógrafo flamengo em 1569. Para tal, teve de se recuar ao ano de 1537, quando Pedro Nunes explicou pela primeira vez a diferença entre o arco de círculo máximo e a curva loxodrómica, e revisitar o aceso debate que este teve com um desconhecido bacharel português, o qual criticou o seu trabalho e calculou a mais antiga tabela de rumos que se conhece. Em seguida, houve que realizar uma análise cartométrica minuciosa da quadrícula original de Mercator e comparar os seus erros com aqueles que resultam do emprego dos vários métodos propostos na literatura, incluindo o uso de tabelas de rumos. O resultado parece indiscutível: Mercator utilizou uma certa tabela de rumos, precisamente aquela que é historicamente a mais plausível,  para construir a sua famosa projecção.

14h - 16h
Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências

Por Pedro Figueira (IA - Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço).

Desde a deteção do inóspito 51 Peg b descobrimos mais de 3600 exoplanetas, com propriedades que desafiam tanto a imaginação como várias teorias científicas.

This course offers an overview of the different ways to measure biodiversity, and provides tips for the stratification of primary biodiversity data and the construction of variables that describe its various facets.

A sessão irá refletir sobre as cidades do futuro, um tema recorrente nos media pela incerteza da sua evolução.

Hugo Miguel Gil Campaniço apresenta a tese "Ventilated Passive Cooling: Climating Cooling Potential and Cooling Demand Savings - Analysis at a large spatiotemporal scale".

Por Júlio Pereira (Department of Environmental Science, Federal University of São Carlos - Brasil).

Por Alain Haraux (Labo. J.-L. Lions and Univ. Pierre et Marie Curie).

Fernando Goulart da Silva apresenta a tese "Evolutionary online behaviour learning and adaptation in Robotics Systems".

Por Rui Alberto Pimenta Rodrigues (Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa).

Um evento destinado especialmente a estudantes, jovens empreendedores e interessados em inovação e empreendedorismo nas áreas de medtech, biotech e digital health, possibilitando o contacto com programas de formação e financiamento para o empreen

A b-on disponibiliza aos seus membros, e até 30 de junho de 2017, um conjunto de trials que permitem aceder às seguintes bases de dados:

Por João Gouveia (Universidade de Coimbra).

Taking the opportunity of the “Aerosol and Cloud experiments in the Eastern North Atlantic (ACE_ENA)” campaign, which is bringing to the Azores a group of scientists to study processes in the maritime atmosphere, the University of the Azores (through IITAA at the Faculty of Agr

A edição de 2017 da iniciativa 'Verão na ULisboa' irá decorrer nas semanas de 03 a 07 de julho (alunos do 10.º, 11.º e 12.º ano) e de 10 a 14 de julho (alunos do 7.º, 8.º e 9.º ano).

Phylogeography is one of the recent scientific areas emergent from the dissemination of highthrouput technologies of sequencing starting in the 90’s of the XXth century, with the consequent development of intra-specific genetic variance analysis and its geographic distribution.

Imagina que era possível experimentar um curso universitário antes de concorreres ao ensino superior?

Pedro Miguel Ribeiro de Sousa apresenta a tese "Northern Hemisphere blockings and their impacts over the European continent - historical overview and associated mechanisms".

A iniciativa, a decorrer de 10 a 12 de julho de 2017, irá reunir professores interessados no ensino das Ciências (incluindo a Matemática e as Tecnologias da Informação) no ensino básico e secundário.

During recent decades we have witnessed a great development of bioinformatics that has led to the accumulation of a huge amount of biological information.

With this course, we aim at providing the participants with the basics of lichen biology and ecology, biomonitoring and data analysis methods to allow the use of lichens for the interpretation of the environmental conditions and the development of a responsible scientific-based

O workshop destina-se a dar uma visão de alguns tópicos de investigação em Física de Partículas e Astropartículas a alunos de licenciatura ou mestrado em Física ou Engenharia Física Tecnológica.

Programa de Formação Contínua de Professores do Ensino Básico (3.º ciclo) e Secundário, grupos 420 e 520.

O Mestrado em Biotecnologia para a Sustentabilidade prepara os alunos para lidar com os novos desafios societais em Bioeconomia e Sustentabilidade, com uma consciência das suas responsabilidades para com o planeta e para com as gerações futuras.

New application deadline: 09th June 2017!

Páginas